Setembro 02 2015

A SAD do Benfica chegou a acordo com a Doyen para o adiamento do pagamento de 6 milhões de euros por 50 por cento do passe de Ola John, noticia A Bola esta quarta-feira.
Os encarnados estavam obrigados a liquidar aquele montante até ao fim de agosto, no âmbito do financiamento daquele grupo de investimento à contratação do extremo holandês ao Twente, em 2012.
O jogador, entretanto, foi emprestado ao Reading, clube do Championship (segunda Divisão de Inglaterra) que poderá exercer a opção de compra no final da época, por cerca de 6 milhões de euros.
A SAD encaixou 700 mil euros com o empréstimo.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:40

Julho 07 2015

Rúben Amorim não é o único alvo do Orlando City no plantel do Benfica. Relatos oriundos dos Estados Unidos dão conta do interesse do clube da Major League Soccer (MLS) em Ola John.

Ao contrário do médio português, o extremo de 23 anos está já às ordens de Rui Vitória no Seixal, integrado nos trabalhos de pré-época dos encarnados.

O Orlando City, porém, não será o único candidato à contratação de Ola John. Swansea, Crystal Palace e PSV Eindhoven também têm o internacional holandês debaixo de olho.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:07

Fevereiro 20 2015

O extremo holandês do Benfica está na «lista de compras» do Southampton.
Segundo o Mirror, o emblema inglês tem vindo a observar o jogador do Benfica e deve prepara uma proposta no próximo verão, que deverá rondar os sete milhões de euros.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:21

Outubro 08 2014

De regresso ao Benfica após ter passado a última parte da época passada emprestado ao Hamburgo, Ola John está disposto a trabalhar afincadamente para ter o seu espaço nas opções de Jorge Jesus.

«Não se pode ser demasiado apressado no futebol, pois tudo pode acontecer. Fiquei muito feliz quando soube do interesse do Benfica e foi um grande passo para mim», afirmou o jogador, em declarações prestadas ao jornal holandês De Telegraaf.

«Acabei de fazer 22 anos e tenho todo o tempo do mundo. O Benfica é um grande clube em Portugal e em toda a Europa. O futebol tem altos e baixos e ainda tenho de evoluir, trabalhando no duro todos os dias para isso», vincou, deixando uma frase bem demonstrativa do seu estado ‘paciente’:
«Não assinei a pensar que dentro de dois anos estaria no Real Madrid.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:53

Maio 24 2014
Terminada a aventura no Hamburgo, onde jogou por empréstimo do Benfica, Ola John aponta baterias para a próxima época que espera ser de afirmação de águia ao peito. 

«Preciso de olhar para a próxima época e tenho qualidades para jogar no Benfica, mas exijo a mim mesmo estar em forma. Na próxima época vou jogar no Benfica», disse o extremo holandês em declarações à publicação Helden Magazine.

Ola John manifestou ainda «o sonho de jogar em Inglaterra», de onde chegou algumas ofertas em janeiro, tendo preferido rumar ao Hamburgo para trabalhar com o compatriota Bert van Marwijk.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:26

Abril 27 2014

Ola John está emprestado pelo Benfica ao Hamburgo mas continua a acompanhar atentamente a época do clube da Luz. O extremo deixou mensagem de incentivo.

«Depois da vitória no campeonato, há mais três finais para ir. Mas primeiro a equipa precisa de lá chegar. Frente ao nosso rival FC Porto e na quinta-feira frente à Juventus, mostrem-lhes do que são feitos. Vamos lá equipa!, escreveu o holandês na sua página de Facebook.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:49

Abril 21 2014
Emprestado pelo Benfica ao Hamburgo, em janeiro, Ola John assistiu da Alemanha aos festejos do 33.º título do clube da Luz. O extremo holandês não esconde o desejo de voltar.

«Claro que vi a festa, sinto-me campeão. Fiquei triste por não estar presente. O ambiente era muito bom. Senti o título com os adeptos», disse em declarações à Renascença o holandês, que perspetiva «um final de época muito agradável» para o Benfica.

«Agora todos sabem que pode acontecer de tudo no futebol. Não começámos nada bem mas depois dessa fase fomos dos melhores clubes em toda a Europa e sem perder um ponto. A forma como jogaram e fizeram golos, com Rodrigo e Lima a jogarem bem, dá para perceber que tudo pode acontecer. Não podemos comparar com o que aconteceu na época passada. Esta temporada, temos a possibilidade de ganhar mais competições.»

Assegurado o título no campeonato, segue-se o duelo com a Juventus, para a Liga Europa: «Temos uma boa hipótese. Desta vez, há mais confiança porque foram campeões. Só têm de continuar a jogar como têm feito. Tudo é possível. Ninguém é invencível.»

Desejo de voltar
Ola John não esconde a ambição de voltar a jogar de águia ao peito. «Foi uma época complicada para mim mas aprendi com tudo o que aconteceu e estou mais forte. Se estiver mais concentrado e a jogar bem, acredito no meu valor e em regressar», atirou.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 18:53

Fevereiro 09 2014
O Hamburgo foi derrotado em casa pelo Hertha Berlim (0-3), permanecendo no penúltimo lugar da Bundesliga. Descontentes, mais de 200 adeptos esperaram em fúria a saída dos jogadores.
O carro de Ola John, extremo cedido pelo Benfica, foi fortemente pontapeado. O jogador voltou a atuar os 90 minutos, mas incapaz de evitar a série negativa do Hamburgo, mergulhado em seis derrotas consecutivas.
O internacional holandês Van der Vart, habitual capitão de equipa, ainda tentou falar com os adeptos presentes, mas acabou por ser fortemente insultado e até empurrado.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:29

Janeiro 16 2014
A imprensa alemã revela esta quinta-feira que o empresário de Ola John encontra-se na Alemanha a negociar o empréstimo do extremo holandês ao Hamburgo.
Depois de falhado o empréstimo ao Ajax, o futuro de Ola John deve mesmo passar pelo futebol alemão. 
O Hamburgo, atual 14.º classificado da Bundesliga, deverá receber o extremo até final da época, assegurando na totalidade os vencimentos do jogador.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 20:15

Janeiro 16 2014
O extremo holandês Ola John teve uma nova oportunidade no onze do Benfica, mas o treinador Jorge Jesus não ficou nada satisfeito com a exibição do jovem jogador.
O treinador do Benfica não escondeu o descontentamento para com a produção de Ola John frente ao Leixões, algo que já tinha acontecido anteriormente.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 13:54

Janeiro 07 2014
O Ajax subiu a parada por Ola John, numa demonstração inequívoca de que a contratação do jovem extremo holandês de 21 anos é prioritária para o clube de Amesterdão, treinado por Frank de Boer. 

Segundo o nosso jornal apurou, o campeão holandês em título e atual líder da Eredivisie (em igualdade pontual com o Vitesse), melhorou em €200 mil a oferta inicial de €400 mil, o que significa que neste momento estão em cima da mesa €600 mil pelo empréstimo de seis meses.

A palavra está agora do lado do Benfica, mas o acordo está mais próximo, já que a SAD encarnada tinha torcido o nariz à primeira proposta do Ajax, o que gerou um impasse nos últimos dias, apesar de as partes nunca terem deixado de conversar. Há ainda a questão salarial - o Benfica pretende que o Ajax assuma o pagamento integral do salário do jogador - mas também essa parece ultrapassável. 
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 14:49

Dezembro 27 2013
Ola John tem os dias contados na Luz, deve sair em janeiro, mas ainda não foi encontrada uma solução para o futuro imediato do extremo de 21 anos. O interesse do Ajax é público, já foi admitido pelo técnico Frank de Boer, e os dois clubes têm conversado sobre o assunto mas o acordo não se afigura fácil. 
Segundo A BOLA apurou, a oferta do clube de Amesterdão pelo empréstimo do jogador até final da época só terá chegado aos 400 mil euros euros, verba aquém do que o Benfica pretende. Além disso, até ao momento não existe também entendimento relativamente ao pagamento do salário de Ola John, que a SAD encarnada pretende que seja assumido na totalidade pelo Ajax.

Existem mais clubes interessados no empréstimo, como por exemplo o Liverpool e o Milan, mas sem a mesma firmeza do campeão holandês em título, que atualmente lidera também a Eredivisie, com os mesmos pontos que o Vitesse. As partes vão continuar a conversar e ainda existe esperança no acordo. Recorde-se que Ola John chegou a ter tudo acertado para ser cedido ao Ajax, no verão, mas as lesões de Salvio e Gaitán levaram ao cancelamento do negócio.

O processo de Ola John, que tem contrato até 2017 e cláusula de 45 milhões, exige grande cautela por parte da SAD, já que a questão financeira tem tremenda influência: as águias pagaram ao fundo de investimento Doyen Sports seis dos nove milhões da transferência, no verão de 2012, tendo ficado então acordado que teriam de pagar mais seis milhões caso não vendessem o jogador no espaço de três anos (até 2015) por mais de nove milhões. Ou seja, Ola John pode custar um total de 12 milhões, a menos que o Benfica o consiga valorizar no ano e meio que resta, face aos contornos da parceria estabelecida com o Doyen Sports.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 11:49

Novembro 28 2013

O grupo de investimento Doyen, detentor de 50 por cento dos direitos económicos do passe de Ola John, está a pressionar o Benfica para que o extremo seja emprestado ao Ajax em janeiro, avançou, ontem, a revista holandesa Voetbal Internacional.

Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:11

Novembro 25 2013
Sobe de tom o interesse do Ajax em repatriar Ola John na próxima abertura de mercado e já começam a ficar claras as características do negócio que aquele emblema vai propor ao Benfica para conseguir o contributo do extremo internacional holandês.
O treinador do clube de Amesterdão, Frank de Boer, explicou à Imprensa do seu país aquilo que deseja. «Sabemos muito bem o que queremos no inverno. Inicialmente, a ideia não é comprar. Ola John é uma boa opção para vir por empréstimo de seis meses. Temos a necessidade temporária de um ala direito», disse o técnico.
O jogador voltou a não ser opção no jogo com o SC Braga.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 10:54

Outubro 22 2013
Ola John, extremo holandês de 21 anos, mostrou em Cinfães, anteontem, em jogo respeitante à 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, que os encarnados venceram por 1-0, precisamente com um golo da sua autoria, que está vivo e preparado para regressar à ribalta do futebol benfiquista, depois de um início de temporada triste e apagado, situação, aliás, muito parecida com aquela que viveu na temporada passada. 

O golo que marcou, mas sobretudo a exibição, que, não sendo perfeita, foi enérgica e plena de irreverência, mesmo tratando-se de um adversário de menor valia, pode muito bem significar o renascimento do futebolista. 

Por conseguinte, Ola John está no direito de reclamar nova oportunidade a Jorge Jesus, treinador das águias, já na partida de quarta-feira, no Estádio da Luz, com o Olympiakos, respeitante à 3.ª jornada do Grupo C da Liga dos Campeões. 

O holandês é um dos candidatos a uma das linhas, dado que Salvio ainda recupera de uma cirurgia ao joelho direito e Lazar Markovic e Sulejmani não atravessam bons momentos de forma. 
Com Gaitán de um lado - essa parece ser uma das certezas para o encontro com os gregos - e Ola John do outro, o Benfica apresentaria uma dupla nos flancos que muitas alegrias deu a Jesus na temporada passada.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 09:03

Outubro 10 2013
Bastaram alguns meses para a vida dele mudar. De jogador influente, que marcava golos e fazia assistências, a elemento de segunda linha. Decorridos nove jogos (sete na Liga e dois na Champions), Ola John nunca foi titular. Participou em quatro partidas, mas sempre como suplente utilizado, à média de 36 minutos por desafio. 

Pouco, dirão os defensores do holandês de 21 anos, o suficiente para quem considere o extremo um flop. Mas, afinal, que caso estranho é este? Por aquilo que apurámos, não lhe foi apontada qualquer alteração comportamental no passado recente, pelo que o menor rendimento do internacional laranja estará na reação (ou ausência dela) à condição de jogador de segunda e, por vezes, terceira opção, depois das contratações de Markovic e Sulejmani e da manutenção de Gaitán e Salvio. 

«Se calhar o melhor é sair» 
«Se calhar o melhor é sair. Ou então o Benfica é demais pela ele», diz a A BOLA o ex-selecionador sub-21 da Holanda, Cor Pot, que conhece bem o jogador que tantas vezes convocou. Di-lo de forma muito desprendida, sem querer alongar-se, porque deixou os relvados e assumiu as funções de dirigente no Feyenoord: «Estou afastado do futebol puro e duro.» 
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:12

Setembro 02 2013
Adivinha-se dia agitado na SAD benfiquista tendo em conta o fecho do período de transferências nas principais praças europeias. 
Nas últimas horas várias situações concretas têm surgido na mesa de Luís Filipe Vieira, presidente encarnado, que terá hoje o telefone sob intensa atividade. 
Um dos últimos processos a chegar ao Estádio da Luz foi um pedido do Ajax para ceder o holandês Ola John por empréstimo. O extremo de 21 anos tem perdido espaço na equipa de Jorge Jesus depois de ter sido um dos jogadores mais influentes na época passada, e face à concorrência para o setor a saída seria cenário viável. Ainda assim, o negócio não se afigura de fácil concretização.
A proposta do Ajax passaria por um empréstimo de um ano com opção de compra fixado em sete milhões de euros. Números que, todavia, não convencem os responsáveis encarnados.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 16:27

Agosto 02 2013
O diretor-geral do clube italiano Ariedo Braida esclareceu, esta sexta-feira, que não estão negociar com o Benfica o passe do extremo holandês Ola John, como chegou a ser apontado pela Imprensa.
«Tenho boas relações com o Benfica mas neste momento não estamos interessados no Ola John», afirmou Ariedo Braida, em declarações à Antena 1.
O diretor geral do Milan também desmentiu que estejam interessados em Marco Rojo, do Sporting: «Não entendo como aparecem os nomes de Ola John e Marcos Rojo. São bons jogadores mas nunca houve interesse do Milan e eu conheço bem o futebol português e os plantéis do Sporting, FC Porto e Benfica. Sou amigo do Rui Costa e do Pinto da Costa mas na verdade neste momento todos os clubes atravessam uma situação financeira difícil».
publicado por Benfica 73 às 15:59

Junho 25 2013
Ola John, extremo holandês do Benfica, está em grande destaque na edição deste domingo do diário espanhol Mundo Deportivo. 
Refere o jornal catalão que a seleção sub-21 holandesa, eliminada nas meias-finais diante a Itália, deveria ter chegado à final da competição, que acabou por ser ganha pela Espanha.

«A sub-21 da laranja tinha nomes de reconhecida qualidade, titulares na Liga holandesa e na Bundesliga, como Adam Maher, Tonny Trindade de Vilhena, Luk de Jong, Giorginio Wijnaldum, Marco van Ginkel, Kevin Strootman ou Jordy Clasie. Talvez, a boa notícia seja a confirmação de Ola John, o potente e versátil extremo do Benfica, que foi uma das revelações do torneio, pela sua velocidade, capacidade em fazer assistências e golos. A história de Ola John não foi fácil», revela o Mundo Deportivo, recordando a infância difícil do jogador, que chegou à Holanda aos dois anos, fugindo da guerra civil que «assolou a Libéria, o mesmo país que viu nascer George Weah, o primeiro Bola de Ouro africano. O pai de Ola John foi assassinado durante o conflito. (...) não voltou a ir a África até 2009, quando foi com a Holanda para participar no Mundial sub-20», descreve, que destaca a importância que Co Adriaanse, antigo treinador do FC Porto, teve na evolução do extremo. 

«Ola John é um jogador a ter em conta num futuro imediato, porque, de certeza, Van Gaal vai continuar a com ele». 
Contratado na época transata ao Twente, por cerca de nove milhões de euros, Ola John tem mais quatro anos de contrato com as águias e uma cláusula de rescisão cifrada em 45 milhões d euros.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 09:03

Junho 06 2013

Ola John demorou algum tempo a carburar. O extremo holandês que o Benfica contratou ao Twente chegou à Luz em "estado selvagem" - como reconheceu Jorge Jesus - e foi trabalhado pelo técnico até aparecer com regularidade na equipa. Participou em 42 jogos e só lamenta a ausência de títulos. Em entrevista à "Voetbal International", fez um balanço positivo no plano individual e refere que não esperava um campeonato tão duro a nível físico; os adversários fustigaram-no com entradas que o atiraram ao relvado. "A liga portuguesa é muito mais dura que a holandesa. Os defesas são todos muito fortes e com grande poderio físico. Há defesas de topo e nunca levei tanta pancada como na última época, mas a minha mente é mais forte que o corpo. O cansaço é psicológico", afirmou o internacional holandês.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 18:05

Maio 28 2013
Incrédulo. Ola John não encontra palavras para descrever as últimas semanas do Benfica. 
Preterido por Jorge Jesus na final da Taça de Portugal, o jovem jogador holandês, que esta segunda-feira se juntou à seleção sub-21 do seu país tendo em vista a fase final do Campeonato da Europa da categoria, deu conta do que lhe vai na alma depois de uma época que prometia ser de sonho e acabou por transformar-se num pesadelo para as hostes encarnadas.

«Claro que me sinto doente com aquilo que aconteceu nas últimas duas semanas, mas tenho de mudar rapidamente o ´chip` e pensar no Europeu», disse Ola John à Imprensa holandesa.

Concluída a temporada em Portugal, o extremo aponta agora baterias ao certame que vai decorrer em Israel.
«Estou cansado, é natural. Mas o cansaço está principalmente na nossa cabeça. O Europeu é uma excelente competição para me mostrar e tenho as expectativas elevadas a nível individual. Estou ansioso por jogar futebol», revelou.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 09:04

Maio 17 2013
Desolado. Ola John, que aos 66 substituiu Melgarejo, foi um dos rostos da tristeza que invadiu a equipa do Benfica logo após o último apito de Bjorn Kuipers. O extremo holandês, que jogou em casa, dissecou a final da Liga Europa. 
«Fizemos uma primeira parte muito boa e não marcámos. O Chelsea teve algumas oportunidades no segundo tempo e marcou. Depois do 1-1 o jogo estava equilibrado e eles marcaram no último minuto. O que posso dizer? Penso que a vitória do Chelsea não teve nada a ver com experiência. Perdemos num lance de canto. Se o canto não tivesse ocorrido estava 1-1. Penso que foi mais sorte do que experiência por parte do Chelsea. Não tivemos sorte. Foi bom jogar na Holanda e ter a família aqui. Esse foi o único ponto positivo para mim», constatou o holandês, em declarações à UEFA.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 11:51

Maio 14 2013
Aos 20 anos, Ola John vive momento de sonho com a presença do Benfica na final da Liga Europa. Naturalmente nervoso na contagem decrescente para o jogo com o Chelsea, o jovem jogador holandês diz estar, acima de tudo, entusiasmado com a possibilidade de marcar presença nos grandes palcos europeus.
«Se estou nervoso? Sim, ainda sou jovem. As finais são sempre especiais, não apenas para mim mas para toda a equipa e para o clube. Estou mais entusiasmado que nervoso», respondeu Ola John aos jornalistas, depois de esclarecer que as águias já deitaram para trás das costas o desaire com o FC Porto e estão agora totalmente focadas na decisão de quarta-feira.

Responsável pela eliminação do Benfica da Liga dos Campeões na época transata, o Chelsea é agora «uma equipa diferente». «Saíram muitos jogadores, a equipa é mais jovem mas não estão mais fracos. Basta ver que chegaram à final», notou o holandês, rejeitando que a final da Liga Europa seja encarada como um ajuste de contas com os londrinos.
«O que aconteceu no passado nada tem que ver com o jogo de amanhã [quarta-feira]. Estamos prontos, muito entusiasmados e com muita vontade de ganhar», afiançou.

Desafiado a identificar os jogadores do Chelsea que deverão merecer maior atenção por parte do Benfica, Ola John não hesitou: «Frank Lampard. É um excelente jogador, pode mudar o jogo com as assistências que faz. É um jogador de topo. Mas temos de focar-nos em toda a equipa do Chelsea».
A cumprir a primeira época de águia ao peito, o extremo diz ter melhorado «física e mentalmente» desde que ingressou no Benfica.
«Aprendi muito com o treinador e com os meus companheiros, todos têm muita qualidade. É ótimo jogar com internacionais de vários países», sublinhou.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 17:41

Maio 13 2013
A derrota de sábado, no estádio do Dragão, ainda mexe. O extremo do Benfica Ola John usou a sua conta pessoal no twitter para se dirigir aos adeptos encarnados, ele que foi um dos jogadores mais criticados. O holandês lamenta o desaire e promete entrega máxima do que falta desta época.
«Ainda me sinto muito mal com aquilo que aconteceu ontem. Prometo que vou dar 100 por cento nos jogos que aí vêm», escreveu.
Com a derrota por 2-1 as águias perderam o primeiro lugar para os azuis e brancos, a uma jornada do fim do campeonato. Antes da última ronda o Benfica defronta o Chelsea, na final da Liga Europa. Em Amesterdão, Ola John vai estar em casa.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 08:38

Abril 12 2013
Faltam apenas dois jogos para Ola John regressar a casa. O extremo do Benfica conta as horas para ver as águias no Amesterdan Arena, palco da final de 15 de maio da Liga Europa.
«Fantástico. Amesterdão está próximo. Vamos», escreveu o jovem jogador na sua conta na rede social Facebook logo após o emblema da Luz ter eliminado o Newcastle e assegurando presença nas meias-finais da competição. 
Ola John foi titular em St. James Park e saiu aos 76 minutos dando o lugar a Rodrigo.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:02

Abril 04 2013
O internacional holandês quer coroar a boa época de estreia no Benfica com a conquista de títulos, admitindo que a final da Liga Europa é um dos principais objetivos da equipa orientada por Jorge Jesus.

«Estou contente com a forma como está a correr a minha primeira época em Portugal mas quero ganhar títulos. A Liga Europa é um sonho que temos e acreditamos que podemos chegar final mas, por agora, estamos concentrados na eliminatória com o Newcastle», disse em declarações à Sky Sports, descartando apontar o Benfica como favorito nestes quartos de final com os “magpies”: «Penso que há 50 por cento de hipótese para cada lado.»´

«Os jogos com equipas inglesas são sempre complicados. O objetivo é conseguir um bom resultado em Lisboa que nos permita lidar melhor com o jogo da segunda “mão”», atirou.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 16:25

Março 21 2013
Ao serviço da seleção principal da Holanda, onde se encontra pela segunda vez consecutiva, Ola John não esconde o bom momento que atravessa no Benfica, sob a orientação de Jorge Jesus. 

O jovem holandês, de 20 anos, quando desafiado a comparar o Twente, seu anterior clube, à equipa encarnada, não teve dúvidas em garantir que as razões para ter mudado estão «100 por cento justificadas». 

«Pelo Benfica participei em jogos contra grandes emblemas europeus como Barcelona, Sporting, FC Porto, Spartak Moscovo, Celtic... Temos de assumir diferentes posicionamentos no relvado, temos de pensar e agir rapidamente e isso, naturalmente, dá-nos uma grande experiência, com a qual aprendemos muito. Isso, por si só, justifica a 100 por cento a minha saída do Twente», disse o internacional holandês em declarações proferidas à imprensa local à chegada à concentração da seleção laranja. 

Em consequência dessa experiência, o extremo encarnado conclui, ainda, que está agora um jogador bastante mais sólido. «Até mesmo a nível tático estou hoje um jogador bem mais maduro», garantindo ainda que mantém contacto regular com vários ex-companheiros do Twente, entre eles Leroy Fer, médio que também já chegou a ser apontado como potencial alvo dos encarnados.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 08:50

Março 20 2013
Ola John, jogador que tem estado em destaque no Benfica, voltou a merecer a confiança da seleção da Holanda para os jogos com a Estónia e a Roménia tendo em vista o apuramento para o Mundial 2014. 
Depois da estreia como internacional, no particular de fevereiro com a Itália (1-1), o extremo, em entrevista ao site holandês Voetbalprimeur, espera agora ter um melhor rendimento.
«A primeira vez é sempre a melhor, mas também a mais difícil. Espero fazer melhor nesta oportunidade. Conhecia os jogadores, mas nunca tinha jogado com eles nesse jogo. Agora tenho oito ou nove dias para demonstrar o meu valor e aquilo que sei fazer. Espero mostrar o suficiente», finalizou.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 08:51

Março 15 2013
O extremo Ola John integra a lista final dos eleitos do selecionador holandês Van Gaal para dois jogos da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014.
Depois de se ter estreado na principal seleção holandesa com a Itália, num encontro de caráter particular, o jogador do Benfica foi confirmado pelo selecionador na lista definitiva para os jogos com Estónia e Roménia.

Eis a lista de convocados:
Guarda-redes:
 Maarten Stekelenburg (Roma), Kenneth Vermeer (Ajax), Michel Vorm (Swansea City).
Defesas: Daley Blind (Ajax), Daryl Janmaat, Joris Mathijsen, Stefan de Vrij, Bruno Martins Indi (Feyenoord), Ricardo van Rhijn (Ajax), Ron Vlaar (Aston Villa).
Médios: Jordy Clasie (Feyenoord), Kevin Strootman (PSV), Jonathan De Guzman (Swansea City), Siem de Jong (Ajax), Wesley Sneijder (Galatasaray), Rafael van der Vaart (Hamburgo), Tonny Vilhena (Feyenoord).
Avançados: Ola John (Benfica), Dirk Kuyt (Fenerbahçe), Robin van Persie (Manchester United), Arjen Robben (Bayern), Ruben Schaken (Feyenoord), Jeremain Lens (PSV).
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 20:34

Março 11 2013
Um diamante por lapidar. Contratado ao Twente com 19 anos de idade, Ola John chegou ao Benfica rotulado de craque mas tardou em impor-se de águia ao peito. «Era um jogador selvagem», justifica Jorge Jesus. 

«Ola John chegou com 19 anos. Sentimos que era um jogador com muito potencial técnico, mas depois também percebemos que era um jogador selvagem: quando tem a bola, só sabe jogar para ele e não para a equipa», apontou o treinador dos encarnados, esta segunda-feira, no colóquio ´Teoria e Prática no Futebol` organizado pela Faculdade de Motricidade Humana, explicando:

«Esta componente divide-se em dois princípios: o ofensivo e o defensivo. Mesmo no princípio ofensivo, sendo ele um criador e um jogador com muito talento, jogava pouco em relação à definição das jogadas da equipa».

«O que importa no jogo é que seja a equipa a definir. É verdade que haverá sempre um jogador a definir, o que faz o golo, mas o importante era tentar que ele tivesse o conhecimento de que as suas ações ofensivas e defensivas teriam de ser sempre em função do coletivo», referiu Jorge Jesus.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 23:25

BENFICA 73
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


comentários recentes
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...
Fosse eu a tratar deste assunto e se este está a d...

contador visitante