Dezembro 01 2015

1. Considerando as declarações e as condutas públicas, protagonizadas de forma reiterada ao longo da presente época desportiva por parte da «Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD», através dos seus dirigentes Bruno Miguel Azevedo Gaspar de Carvalho, presidente do conselho de administração, Jaime Marta Soares, presidente da mesa da assembleia geral do «Sporting Clube de Portugal” (accionista clube fundador da «Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD»), Octávio Joaquim Coelho Machado, director-geral de futebol da «Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD», e Jorge Fernando Pinheiro de Jesus, treinador principal da equipa da «Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD», o conselho de administração da «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» decidiu apresentar participações disciplinares junto da Comissão de Instrução e Inquéritos (CII) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

 

2. Com tais participações disciplinares, pretende a «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» que os órgãos jurisdicionais desportivamente competentes averiguem e apreciem tais condutas, no local próprio e em aplicação dos regulamentos aplicáveis.

 

3. Nessas participações constam comportamentos que se enquadram na prática de ilícitos disciplinares muito graves e/ou graves, tais como, entre outros, “exercício e abuso de influência”, “coacção sobre árbitros”, “declarações sobre arbitragem antes dos jogos”, “declarações sobre a organização das competições” e “lesão da honra e da reputação dos órgãos da estrutura desportiva e dos seus membros, árbitros e demais agentes”.

 

4. A «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» aguardará pela investigação e apreciação dos factos pelas entidades jurisdicionais competentes, sem prejuízo das providências a tomar em sede criminal, cível e contra-ordenacional.

 

5. A «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» informa que não tem intenção de emitir quaisquer outras declarações públicas sobre a matéria objecto de participação, de modo a preservar o bom nome e imagem das competições e de assegurar o respeito pelos agentes desportivos e pelos titulares dos órgãos desportivos competentes.

 

6. A «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» informa ainda que se reserva a faculdade de comunicar a sua conduta processual junto da CII da LPFP à Secretaria de Estado do Desporto e Juventude (para o efeito de aplicação do artigo 14º do Regime Jurídico das Federações Desportivas – DL n.º 248-B/2008, de 31 de Dezembro).

Lisboa, 01 de Dezembro de 2015

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 14:38

Junho 15 2015

A Benfica comunicou na CMVM que os direitos federativos do avançado Rodrigo estão agora na posse do Valência num negócio avaliado em 30 milhões de euros.


Comunicado:
A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo com a Valencia CF SAD para a alienação dos direitos federativos do atleta Rodrigo Moreno Machado pelo montante de € 30.000.000 (trinta milhões de euros).

Na sequência da alienação da totalidade dos direitos económicos do identificado atleta a 31 de Janeiro de 2014 à Sociedade Meriton Capital Limited, a Sport Lisboa e Benfica – Futebol SAD informa que a totalidade do valor obtido nesta alienação será, assim, transferido a favor dessa sociedade.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:53

Junho 15 2015

A SAD do Benfica comunicou à CMVM a contratação por três anos do treinador Rui Vitória (ex-Vitória de Guimarães).

Comunicado:
«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que acabou de formalizar o acordo para a contratação do treinador Rui Vitória ao abrigo de um contrato de trabalho para vigorar nas próximas três épocas desportivas.

O Conselho de Administração»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:46

Junho 12 2015

O Benfica confirmou esta sexta-feira à Comissão do Mercado de Valores Imobiliários (CMVM) a venda dos direitos federativos de André Gomes ao Valência por 15 milhões de euros.

Recorde-se que, em janeiro de 2014, o Benfica já tinha vendido também por 15 milhões de euros os direitos económicos do médio português à sociedade Meriton Capital Limited, do acionista maioritário do Valência Peter Lim.

O Benfica garante ainda 25 por cento da mais-valia numa futura transferência do jogador de 21 anos, que na última temporada já representou o Valência por empréstimo do clube lisboeta.

Leia o comunicado enviado pelo Benfica à CMVM:

A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo com a Valência CF SAD para a alienação
dos direitos federativos do atleta André Filipe Tavares Gomes
pelo montante de € 15.000.000 (quinze mil hões de euros).

Mais se informa que a Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD terá ainda direito a receber 25% do valor da mais-valia obtida numa futura transferência do referido atleta.

Na sequência da alienação da totalidade dos direitos económicos do identificado atleta a 31 de Janeiro de 2014 à Sociedade Meriton Capital Limited, a Sport Lisboa e Benfica – Futebol SAD informa que a totalidade do valor obtido nesta alienação será, assim, transferido a favor dessa sociedade.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:35

Junho 11 2015

capture-20150611-103209.png

A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo de princípio com o treinador Rui Vitória para a celebração de um contrato de trabalho desportivo para vigorar nas próximas três épocas desportivas.

O Conselho de Administração
11 de Junho de 2015

publicado por Benfica 73 às 10:34

Janeiro 16 2015

10383000_10154147408045716_5797078064980049569_n.p

Comunicado: Mercado fechou

Perante o continuo desfilar de nomes que a comunicação social insiste em associar ao Sport Lisboa e Benfica, a Benfica SAD informa que, com a chegada de Hany Mukhtar e com uma situação pendente relacionada com o jogador Jonathan Rodríguez, não haverá mais nenhuma contratação nesta janela de transferências. Todos os restantes nomes veiculados pela imprensa não têm fundamento por muita vontade que alguns agentes possam ter em valorizar os jogadores que representam.

publicado por Benfica 73 às 12:05

Maio 30 2014

Vamos assistir, na imprensa, nos próximos meses, a um interminável desfilar de nomes de jogadores que, supostamente, o SL Benfica já teria observado, contratado ou nos quais estaria interessado.

 

A especulação faz parte do trabalho dos jornalistas, e respeitamos isso. Mas o que a imprensa não pode ignorar é que neste processo há muitos empresários, dirigentes, familiares e investidores interessados em baralhar, confundir ou simplesmente inflacionar o valor dos seus representados.

 

Vem isto a propósito dos nomes esta sexta-feira publicados em dois jornais desportivos e nos quais o SL Benfica supostamente estaria interessado. Não está em causa o valor dos jogadores, apenas a verdade. Assim sendo, Van Wolfswinkel e Derley não fazem parte dos planos do Clube.

 

O Sport Lisboa e Benfica continuará a trabalhar dentro dos objectivos definidos e não em função daquilo que alguns agentes desportivos querem que o Benfica faça.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 12:28

Fevereiro 01 2014
Em comunicado enviado à CMVM, o Benfica anunciou a venda de 100 por cento dos direitos económicos do médio André Gomes e do avançado Rodrigo ao fundo Meriton Capital Limited. O negócio rende aos encarnados 45 milhões de euros (30 do hispano-brasileiro e 15 de André Gomes).

Tal como o negócio de André Gomes, também o de Rodrigo foi intermediado pelo empresário Jorge Mendes. Os dois jogadores ficam na Luz até final da época e nessa altura serão então conhecidos os clubes compradores.

Depois da venda de Matic ao Chelsea, por 25 milhões de euros, o Benfica termina a janela de inverno do mercado de transferências com um encaixe de 70 milhões de euros.

Leia o comunicado na íntegra:

«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo com a sociedade Meriton Capital Limited para a alienação de 100% dos direitos económicos dos atletas Rodrigo Moreno Machado e André Filipe Tavares Gomes, pelos montantes de € 30.000.000 (trinta milhões de euros) e € 15.000.000 (quinze milhões de euros), respetivamente.

Mais se informa que no acordo referente ao atleta Rodrigo Moreno Machado estão previstos valores adicionais num montante global de € 10.000.000 (dez milhões de euros) dependentes da performance desportiva do atleta e que a Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD terá ainda direito a receber 25% do valor da mais-valia obtida numa futura transferência do atleta André Filipe Tavares Gomes.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 07:33

Janeiro 07 2014

Os dois dias que vivemos desde a morte de Eusébio da Silva Ferreira demonstraram a sua dimensão universal e, embora referência do Sport Lisboa e Benfica, ele nunca foi nem o Benfica alguma vez o fez refém do Clube porque efectivamente Eusébio foi e continuará a ser referência do País e do Futebol mundial.

 

Verificaram-se durante a noite de hoje tentativas de vandalização de alguns cachecóis e outros materiais depositados junto à estátua de Eusébio. Actos mesquinhos perpetrados por um pequeno grupo de pessoas. Acções nas quais o Sport Lisboa e Benfica não se revê e condena.

 

Por isso, para salvaguarda de todas as ofertas depositadas junto à estátua de Eusébio e até à montagem da estrutura de protecção ontem anunciada, em entrevista, pelo presidente Luís Filipe Vieira, todos esses materiais susceptíveis de sofrerem indevida vandalização foram recolhidos, bem como muitos outros depositados na porta 1, incluindo ainda os cachecóis que foram atirados para o carro funerário. Em breve voltarão a ser depositados, devidamente protegidos, no seu local de origem.

 

Todas as insinuações publicadas nas redes sociais não fazem o menor sentido, principalmente depois de tudo quanto vivemos nos últimos dois dias. A universalidade de Eusébio será sempre preservada e esta Direcção do Sport Lisboa e Benfica faz questão que assim seja, como já o demonstrou.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 20:09

Novembro 12 2013
O Benfica reagiu, esta segunda-feira, em comunicado, às declarações da parte do Sporting sobre a arbitragem no derby do passado sábado, que terminou com a vitória dos encarnados por 4-3.
Para o clube da Luz, os lances duvidosos no jogo «repartiram-se», apontando críticas a quem aponta de forma parcial «prejuízos apenas para o Sporting». 

O papel dos responsáveis do clube de Alvalade não passa incólume e questiona-se o facto de o Sporting pedir o relatório elaborado pelo árbitro do jogo, Duarte Gomes, atirando-se que «seria coerente» pedirem também os relatórios dos jogos «com o Benfica em Alvalade, com a Académica em Coimbra, com o Olhanense no Algarve e com o Marítimo, também em Alvalade».

Referência também a Bruno de Carvalho, considerando-se que «não é admissível que o presidente do Sporting, pela segunda vez, se dirija da forma que se dirigiu ao treinador do Sport Lisboa e Benfica». «A liberdade de expressão tem fronteiras que devem ser respeitadas. Não é por gritar mais alto nem por insultar mais vezes que se ganha a razão», remata-se.

Eis o comunicado:

«Resistiu, até esta segunda-feira, o Sport Lisboa e Benfica a entrar numa discussão que entendeu ser natural num primeiro momento, mas que no tempo e no tom em que a mesma se está a prolongar é completamente absurda e merece repúdio.

Sejamos sérios. Há lances de dúvida no jogo? Claro que há, como há em todos os jogos com a intensidade em que decorreu o jogo do passado sábado. Os lances duvidosos repartiram-se, mas os reparos e acusações limitaram-se a apontar, de forma parcial, prejuízos apenas para o Sporting Clube de Portugal.

É claro que a omissão, por parte do operador televisivo, da linha virtual em alguns casos e da má colocação da mesma em outros também contribuiu para desvirtuar a análise de alguns lances.
A discussão faz parte do Futebol e por isso é legítimo que o Sporting peça os relatórios que entender sobre o jogo, e que disso dê publicidade nos jornais que entende, mas seria coerente que pedissem, com a mesma indignação que publicamente têm exibido, os relatórios do jogo com o Benfica em Alvalade, com a Académica em Coimbra, com o Olhanense no Algarve e com o Marítimo, também em Alvalade.

Não podemos reclamar apenas de algumas cenas do filme, temos de ser coerentes e ter memória do filme todo. Quando assim não acontece perdemos credibilidade e ficamos reféns da demagogia e do mais primário populismo.

Quantas vezes já vimos alguns directores, editores ou articulistas de jornais escreverem e condenarem o excesso de protagonismo que os dirigentes assumem em detrimento dos jogadores? E do absurdo de discutir as arbitragens da forma como se discutem em detrimento do jogo? 

Pois bem, os jornais e os seus directores têm toda a legitimidade de definir a linha editorial, os editores e opinadores têm todo o direito em assumir o que bem entenderem, mas uma vez percorrido este caminho não podem, no futuro, estes mesmos responsáveis voltar a cair na tentação hipócrita de criticar este tipo de comportamento por parte dos dirigentes desportivos, dada a forma como estão a dar eco de algumas declarações irresponsáveis.

Registe-se, ainda, que não houve da parte de nenhum dirigente do Benfica qualquer palavra desrespeitosa em relação a algum profissional do Sporting. Não é admissível, por isso, que o presidente do Sporting, pela segunda vez, se dirija da forma que se dirigiu ao treinador do Sport Lisboa e Benfica. A liberdade de expressão tem fronteiras que devem ser respeitadas. Não é por gritar mais alto nem por insultar mais vezes que se ganha a razão.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 08:54

Setembro 23 2013

A noite deste domingo e a manhã desta segunda-feira trouxeram uma visão clara da hipocrisia que varre alguns meios de comunicação deste País, nomeadamente daqueles que continuam a dar suporte ao “sistema”. No último jogo do Campeonato da época passada não vimos o Jornal de Notícias trazer à capa que o primeiro golo do jogo do título foi conseguido num penálti cuja falta tinha sido cometida fora da área. Nem vimos, já esta época, o Jornal de Notícias noticiar que o golo de Jackson Martinez contra o Paços de Ferreira foi precedido de uma falta clara.

 

Também poderia o Jornal de Notícias, já que tanta importância dá a erros de arbitragem, trazer na sua capa desta segunda-feira que ficou um penálti por assinalar a favor do Sport Lisboa e Benfica em Guimarães e que há um fora-de-jogo mal assinalado, quando Enzo Perez ficava isolado em posição frontal à baliza de Douglas.

 

Também o jornal O Jogo, na sua edição desta segunda-feira, começa a querer substituir-se às instâncias desportivas do País condenando Jorge Jesus por factos que carecem de apuramento.

 

Curioso que aqueles que mais querem “puxar” pelo comportamento de Jorge Jesus, este domingo em Guimarães, são os mesmos que sistematicamente ignoram as agressões e ameaças a jornalistas e jogadores que se passam nalguns campos deste País. A falta de imagens não iliba ninguém, mas a cobardia de calar diz muito do carácter desses jornais e jornalistas.

 

Curioso, ainda, que o treinador que este domingo apareceu a queixar-se de um penálti fora da área e das declarações de um colega que “supostamente” teriam condicionado vários jogos, é o mesmo treinador que o ano passado, no jogo que encerrou a época anterior, não abriu a boca num jogo em que a arbitragem mais desequilibrou, nem falou do condicionamento e das ameaças a que os jogadores da sua ex-equipa foram sujeitos antes desse jogo.

 

Resta-nos assinalar que Paulo Fonseca deve ter mudado de oftalmologista neste defeso, o que não viu no ano passado já consegue ver este ano. É sempre uma evolução.

 

Mais ainda, esqueceu-se Paulo Fonseca, agora em relação ao jogo deste domingo, de comentar uma expulsão que ficou por assinalar de um seu jogador, e da linha de fora-de-jogo mal colocada no segundo golo do Estoril em que o realizador da Sport TV se esqueceu de ver a colocação de Mangala.

 

Se a Sport TV puder, em próximos jogos, deslocar mais meios técnicos que permitam não esquecer a posição de nenhum jogador antes de colocar a linha de fora de jogo e poder filmar ou relatar o que se passa no camarote presidencial, o público agradece. Aguardamos também por informações futuras desse Administrador cujas notícias referem ter agredido o presidente da Associação de Futebol de Lisboa. Curioso que o jornal O Jogo que tão célere foi a consultar um especialista em Direito Desportivo para enquadrar as possíveis sanções em que Jesus pode incorrer, não fez o mesmo em relação às sanções em que este Administrador pode incorrer. Distracção ou esquecimento?

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 12:49

Agosto 01 2013
O Benfica oficializou a contratação de Pizzi junto da CMVM. O clube da Luz informa o regulador do mercado que adquiriu a título definitivo os direitos desportivos do jogador e 50 por cento dos direitos económicos, pagando seis milhões de euros ao Atlético de Madrid.
Pizzi assinou pelo Benfica até junho de 2019 e fica com uma cláusula de rescisão de 35 milhões de euros.

Comunicado do Benfica à CMVM:
«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários, vem informar que adquiriu a título definitivo os direitos desportivos e 50% dos direitos económicos do atleta Luis Miguel Afonso Fernandes (Pizzi) pelo montante de € 6.000.000 (seis milhões de euros) ao Club Atlético de Madrid SAD.
Mais se informa que foi celebrado com o referido atleta um contrato de trabalho desportivo para vigorar até 30 de Junho de 2019, o qual inclui uma cláusula de rescisão no valor de € 35.000.000 (trinta e cinco milhões de euros).
De referir que o atleta Luis Miguel Afonso Fernandes (Pizzi) foi cedido a título de empréstimo ao RCE Espanyol SAD até 30 de Junho de 2014».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:54

Julho 30 2013
Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD do Benfica confirmou que voltou a adquirir os direitos, quer desportivos quer económicos, do guarda-redes espanhol Roberto Jiménez, entretanto negociado com o Atlético Madrid por seis milhões de euros.
O comunicado da SAD encarnada surge depois de a CMVM ter pedido explicações ao clube sobre o anúncio feito na sexta-feira pelo Atlético de Madrid, referindo que tinha chegado a acordo com o Benfica para a transferência do guarda-redes espanhol. Em agosto de 2011, porém, as águias tinham anunciado a venda dos direitos do guarda-redes por 8,6 milhões de euros.
Agora, segundo pode ler-se no comunicado enviado à CMVM, o Benfica recuperou os direitos desportivos e económicos do jogador, devido a incumprimento da BE Plan, entidade que em agosto de 2011 adquiriu aos encarnados o guarda-redes.

Eis o comunicado na íntegra:
«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários, vem informar que face ao incumprimento da BE Plan, entidade que adquiriu os direitos económicos do atleta Roberto Jimenez Gago em Agosto de 2011, e tendo em conta as garantias que estavam associadas a essa cedência de direitos económicos, a Benfica SAD exerceu uma das garantias, recuperando quer os direitos desportivos, quer a totalidade dos direitos económicos do jogador Roberto Jimenez Gago por via de acordos celebrados com a Real Zaragoza SAD e a BE Plan.

Recuperada a titularidade dos direitos, foram os mesmos transferidos a título definitivo para o Club Atlético de Madrid SAD pelo montante de € 6.000.000 (seis milhões de euros), sendo a transferência dos direitos económicos com efeitos imediatos e a dos direitos federativos de forma diferida para 1 de Julho de 2014.
Assim, por acordo entre as partes e o Atleta, foi este último cedido a título de empréstimo, até 30 de Junho de 2014, ao Olympiacos FC.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 13:06

Julho 18 2013
O Benfica anunciou em comunicado que o canal de televisão do clube, a Benfica TV, chegou aos 80 mil assinantes.
Para o presidente dos encarnados Luís Filipe Vieira, os números são um indicador que o clube está a seguir «o caminho certo», pedindo a continuação de uma «adesão maciça».

Comunicado do Benfica:
«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa que a Benfica TV atingiu os 80 mil assinantes, decorridos 18 dias desde o início da emissão como canal premium em diversas plataformas. 

O presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira refere que “estes números são um bom indicador de que estamos no caminho certo e que com o empenho e vontade de todos os benfiquistas alcançaremos os objectivos que delineámos. Desejo que a nação benfiquista continue a aderir maciçamente demonstrando assim o carácter singular do nosso Clube”. 

A Benfica TV é canal premium desde o passado dia 01 de Julho, emitindo actualmente nas plataformas da PT, ZON e Cabovisão, em Portugal, assim como na Zap, para Angola e Moçambique.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 20:23

Junho 17 2013

Pelo segundo dia consecutivo, o Correio da Manhã insiste em contactos do SL Benfica pelo guarda-redes do Sporting Rui Patrício. Ou as fontes do jornal fumam substâncias proibidas ou, então, é o jornalista que assina a peça.

Não há, nem houve contactos por Rui Patrício. A notícia é falsa, mas as substâncias proibidas devem ser boas, dada a insistência do referido jornal diário na falsidade. Quanto a Fábio Coentrão, é bom recordar que o jogador foi vendido, há dois anos, ao Real Madrid por 30 milhões de euros.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 12:15

Junho 14 2013

Ao contrário do que o jornal Correio da Manhã anuncia na sua edição de hoje, de forma errada e com base numa “fonte” que seguramente deve no futuro ser substituída para garantir a veracidade da informação, o dinamarquês Bendtner não está nos planos do SL Benfica nem nunca foi opção discutida internamente.

Também o brasileiro Dória, por muito que o seu empresário se esforce, não faz nem nunca fez parte dos planos do Benfica para a próxima época.

Igualmente se informa que Óscar Cardozo é jogador do Benfica, não havendo, nesta altura, negociações com qualquer clube e que não houve qualquer contacto com o jogador Eliseu.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 12:58

Junho 11 2013

Novos nomes, velhos hábitos. Velhos nomes, os mesmos hábitos.

O Sport Lisboa e Benfica não está, nem esteve interessado no guarda-redes do Estudiantes de la Plata, de nome Rulli, e também não servirá para inflacionar qualquer tipo de negócio que o clube em causa ou o seu empresário pretendam fazer.

Também, e como já foi desmentido a 23 de Maio passado, Duvan Zapata não está nos planos do Sport Lisboa e Benfica.

Fonte: SLB

 

publicado por Benfica 73 às 17:25

Maio 28 2013
Três horas depois de ter sido publicada a notícia sobre uma reunião entre os responsáveis do clube da Luz, o Benfica desmentiu que tivesse programado algum tipo de encontro entre os dirigentes encarnados.

Eis o comunicado do Benfica:
«Ao contrário do que o jornal “A Bola” publica no seu site, não há nem nunca esteve prevista qualquer outra reunião da SAD para o dia de hoje.

Mais se informa, face às notícias publicadas esta terça-feira e que não correspondem à realidade, às matérias e ao modo dos temas discutidos na habitual reunião semanal da SAD, o Sport Lisboa e Benfica lamenta a publicação das mesmas, percebendo, no entanto, as motivações com que foram “plantadas”.

O Benfica não decide em função das matérias publicadas pelos jornais e lamenta alguns critérios editoriais onde a especulação contamina, e em alguns casos elimina, o rigor que deve orientar os jornalistas.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:58

Março 18 2013

Comunicado: Antena de “aluguer”

Ponto prévio a tudo quanto mais à frente vai ser exposto: o Sport Lisboa e Benfica condena, como sempre condenou, qualquer tipo de violência.

 

A SIC apresentou, no passado sábado, um “exclusivo” no seu principal bloco informativo. O exclusivo não resultou de qualquer trabalho jornalístico, resumiu-se apenas à transmissão de imagens que foram “entregues” a um jornalista da redacção da SIC no Porto. A SIC limitou-se a reproduzir imagens que alguém tinha interesse em que fossem difundidas.

 

Ao contrário do que mandam as normas deontológicas que regem a profissão, a SIC avançou com as imagens sem que de forma idónea pudesse constatar coisas tão básicas como se as imagens tinham sido previamente seleccionadas e editadas, o tempo e as circunstâncias das mesmas. Também teria ficado bem à SIC avisar os telespectadores que as imagens lhes tinham sido facultadas.

 

Foi pena a SIC não ter querido fazer um trabalho exaustivo sobre a violência nos campeonatos nacionais de futebol deste ano e o seu denominador comum: Braga B-LeixõesBraga B-BelenensesVitória de Guimarães B-Braga BBraga–Paços de Ferreira e, ainda este fim-de-semana, o Braga B-Sporting B.

 

Posto isto, fica claro para o Sport Lisboa e Benfica que:

a) A SIC prestou no sábado, de forma assumida, um serviço a alguém;

b) Que não quis fazer um trabalho sério sobre a violência no futebol português;

c) Que o Ministério Público deve investigar as imagens difundidas pela SIC em forma de antena de “aluguer”, as suas causas, o enquadramento em que tudo aquilo se verificou, mas também o crime que está por detrás da exibição dessas mesmas imagens.

Fonte: S L B

publicado por Benfica 73 às 19:40

Fevereiro 07 2013
O Benfica emitiu esta quarta-feira a contestar o procedimento do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, que remeteu para a Comissão de Instrução de Inquéritos da Liga uma denúncia anónima sobre alegada utilização irregular de jogadores encarnados no jogo com a Académica, a contar para a Taça da Liga.

Eis o comunicado:
«Decidiu o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol remeter para a Comissão de Instrução de Inquéritos da Liga uma denúncia anónima que, supostamente, relata a utilização irregular de jogadores do Benfica no jogo com a Académica de Coimbra, a contar para a Taça da Liga.

Situação bizarra esta, uma vez que o Conselho de Disciplina da FPF viola com esta actuação os regulamentos que deveria cuidar de fazer respeitar. Denúncias anónimas e sem fundamento devem ter um único tratamento por parte deste órgão disciplinar: lixo.

Em segundo lugar, no caso do Benfica, manifestamente quem tomou tal decisão, parece desconhecer a letra e o espírito do regulamento de competições.
Quem fez a denúncia tinha um único objectivo: confundir situações que não são comparáveis. Só se estranha a absurda decisão do CD da FPF.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 14:07

Outubro 16 2012

Tal como há três anos, os meios de comunicação do Sport Lisboa e Benfica estão completamente à margem da próxima disputa eleitoral. Nenhum profissional do jornal “O Benfica”, da Benfica TV ou do Sítio Oficial do Clube acompanhou, esta segunda-feira, o anúncio de candidatura do juiz Rui Rangel, em Lisboa, tal como ninguém acompanhou, no passado sábado, o anúncio de candidatura de Luís Filipe Vieira, na Bairrada, ou o jantar, realizado ontem com os elementos que integram a sua lista.

Fonte: SLB
publicado por Benfica 73 às 23:34

Setembro 01 2012
Num comunicado enviado à Comissão do Mercado e Valores Imobiliários (CMVM), o Benfica confirmou a venda, a título definitivo, da totalidade dos direitos desportivos e económicos do médio Javi García ao Manchester City por 20 milhões de euros.
Os encarnados, que ficam ainda com direito a 50 por cento das mais-valias numa futura transferência, poderão ainda encaixar mais três milhões de euros relativos a prémios de performance desportiva.
Recorde-se que Javi García foi contratado pelo Benfica ao Real Madrid em 2009 por sete milhões de euros.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 00:18

Julho 04 2012

Rigor

De forma especulativa e sem qualquer fundamento, a Antena 1 avançou, num dos seus espaços informativos, que estariam a decorrer negociações entre o Sport Lisboa e Benfica e o jogador Eliseu.

O jornalismo é uma profissão onde o rigor é uma das suas traves mestras. Estamos num tempo onde muitos interesses se movimentam, mas onde o jornalismo não pode abdicar desse mesmo rigor.

A notícia avançada pela Antena 1 não tem qualquer fundamento.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 16:41

Junho 17 2012

Futsal: Sem paz, nem verdade desportiva

Há clubes que dizem que não pactuam com determinado tipo de comportamento, mas são, precisamente, os primeiros a não fazerem o que dizem.

 

É que, se alguém quer condicionar a arbitragem, é o treinador da equipa de Futsal do Sporting e os seus dirigentes, algo que, aliás, é uma estratégia utilizada de forma contínua. É bom não esquecer as declarações proferidas pelo treinador Orlando Duarte sobre a arbitragem ao longo de toda a temporada.

 

A lamentar deste terceiro jogo há o comportamento completamente antidesportivo dos adeptos da equipa da casa, que provocaram e agarraram sistematicamente os jogadores do Benfica devido à proximidade entre a bancada e a linha lateral.

 

Os mesmos adeptos arremessaram objectos para dentro de campo, o que fez com que houvesse constantes paragens de jogo. Houve também vários lançamentos de petardos.

 

O pavilhão Paz e Amizade não registou quaisquer condições de segurança, tudo com a conivência da Federação Portuguesa de Futebol e da Polícia. 

A isto juntam-se constantes insultos provenientes da Tribuna, onde estavam vários elementos dos órgãos sociais do Sporting.

 

Perante estas situações, é mais um caso que vai ficar impune?

 É ainda de salientar que não houve qualquer agressão por parte de elementos do Benfica a quem quer fosse do adversário.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 10:26

Junho 16 2012

Em função das notícias publicadas no dia de hoje [sábado, dia 16 de Junho], em vários jornais, e do alinhamento das mesmas, o Sport Lisboa e Benfica vem esclarecer que não recebeu nenhuma proposta, até esta data, pelo jogador Witsel e que o mesmo tem uma cláusula de rescisão contratualmente estipulada.

 

Esclarece, ainda, que a notícia sobre o interesse em Dramé é pura ficção e só explicada pela necessidade do seu empresário valorizar o jogador, colocando-o na rota do Sport Lisboa e Benfica.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 13:55

Junho 15 2012

O Sport Lisboa e Benfica tomou conhecimento, esta sexta-feira, da decisão do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol em punir com um jogo de suspensão o jogador do Sporting Alex Martins. Algumas considerações sobre esta estranha deliberação:

 

- surpreende a decisão do Conselho de Disciplina, face ao critério que se percebeu após o jogo 2 da meia-final - Ricardinho foi suspenso com dois jogos, quando no lance em causa ainda tinha o guarda-redes entre o local da alegada falta e a baliza;

 

- no jogo 1 da final, no Pavilhão Império Bonança, o jogador Alex rasteirou em falta, sem qualquer margem para dúvidas, César Paulo, quando o atleta do Benfica tinha tudo para fazer o golo, sem qualquer outro adversário entre ele e a baliza do Sporting;

 

- bem tinha avisado Miguel Albuquerque, responsável do Sporting, sobre eventuais surpresas nas decisões do Conselho de Disciplina da FPF, referindo-se ao caso de Ricardinho: "O ser punido com dois jogos é uma situação normal, mas às vezes existem surpresas";

 

- Orlando Duarte deixou o receio, após o jogo 2, em conferência de imprensa, de ter menos jogadores disponíveis para os compromissos seguintes da final e o Conselho de Disciplina respondeu com simpatia, libertando mais um reforço para o treinador;

 

- por este andar, quando uma equipa de Futsal quiser ter uma atitude mais agressiva, beneficiando da bondade disciplinar federativa bastará lançar em campo um atleta com a camisola protectora de guarda-redes;

Apesar desta decisão, que certamente não surpreendeu Miguel Albuquerque, o Benfica tudo fará dentro das quatro linhas para conquistar o campeonato nacional da modalidade. De forma limpa, como se quer.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 23:07

Maio 25 2012

Com 48 horas de atraso, decidiu a Polícia de Segurança Pública do Porto entrar no “folclore” do jogo de Basquetebol da passada quarta-feira, no pavilhão Dragão Caixa.

Diz a PSP do Porto que vai “investigar os confrontos entre adeptos do FC Porto e do Benfica”. Poderá a PSP investigar muita coisa, mas confrontos entre adeptos é que garantidamente não poderá fazer, pela simples razão de que não havia adeptos do Sport Lisboa e Benfica para festejar o título de Campeão Nacional no Dragão Caixa, uma vez que o FC Porto recusou disponibilizar bilhetes para a equipa visitante.

Só podemos desejar à PSP boa sorte para esta investigação, seja ela qual for.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 22:56

Maio 25 2012

O Benfica emitiu esta sexta-feira um comunicado oficial onde acusa o FC Porto de manipular as imagens da reportagem dos incidentes no final do último jogo do campeonato nacional.

No final do encontro os jogadores encarnados celebraram a conquista do título em pleno Dragão, mas por pouco tempo pois os ânimos acabaram por se incendiar.

Entretanto, o Porto Canal passou uma entrevista ao jogador Nuno Marçal, acompanhada de imagens, que culpabiliza o técnico das águias, Carlos Lisboa, pelos incidentes ocorridos, devido aos gestos feitos para os adeptos portistas.

Essas imagens são agora alvo da crítica encarnada, garantindo que tudo não passa de uma mistura de imagens de dois jogos diferentes, frisando que a maior ofensa feita ao FC Porto foi o facto de terem perdido o título.

No entanto, nessa mesma peça, Marçal lembra que o gesto de Lisboa aconteceu no jogo 2 da final.

 

Comunicado:

Enganam alguns, algum tempo

 

A genética efectivamente define o carácter das pessoas. Mostrou ontem [dia 24] o Porto Canal a prova irrefutável que justificou toda a violência no Caixa Dragão. As “bárbaras” provocações de Carlos Lisboa foram exibidas e repetidas até à exaustão. Os restantes canais foram atrás, e reproduziram as “irrefutáveis” provas que as virgens ofendidas decidiram exibir, alguns com direito a lupa e ampliação. Esqueceram-se os responsáveis do Porto Canal de dizer uma coisa básica: que misturaram imagens do segundo jogo da Fase Final com imagens do quinto encontro. Imagens em que Carlos Lisboa reage ao maior provocador de todos, o treinador adjunto do FC Porto, com imagens dos festejos do título.

 

Mas a “provocação” do segundo jogo não deu em nada, o jogo acabou sem violência e sem reparo. Já a provocação do quinto jogo, essa sim é inadmissível de aceitar, porque afinal de contas representava a perda do título nacional. Esta é que foi a maior provocação de todas.

 

O mais incrível é que ninguém questionou ver nas imagens – supostamente do mesmo jogo – árbitros diferentes. Efectivamente quando não se sabe ser sério não se consegue jogar limpo em nada. Uma questão de genética.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 20:22

Abril 19 2012

Embalados por “fontes” de fraca idoneidade ou manifestamente por falta de assunto, alguns jornais têm dedicado algumas das suas páginas a especular com jogadores que interessam ao Sport Lisboa e Benfica.

 

Como alguém escrevia não há muito tempo atrás “o Benfica noticiado é aperitivo, prato principal e sobremesa”.

 

Que alguns queiram valorizar jogadores ou negócios é legítimo. Que o queiram fazer à conta do Benfica é pouco ético. Que os jornalistas se deixem levar de forma tão ligeira sem sequer cumprir o seu dever mais básico que é ouvir o Clube já nos parece pouco profissional, principalmente quando é notório que algumas dessas “notícias” são plantadas com um único objectivo: desviar atenções de factos graves que têm atingido o futebol português.

 

Mais um alerta: o Sport Lisboa e Benfica tem treinador com contrato válido e tudo o que se disser à volta disso é folclore com o único intuito de vender jornais.

 

Estas notícias não passam de tentativas vãs de perturbar a equipa e o treinador numa fase decisiva da época.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 12:31

Janeiro 13 2012

Em comunicado, o clube da Luz confirma que Enzo Pérez está sob alçada disciplinar mas garante que continua a cumprir com todas as obrigações com o médio argentino.
Eis o comunicado na integra:
Face a notícias publicadas esta quinta-feira na Argentina e reproduzidas nos meios nacionais, todas elas fundamentadas em eventuais declarações do senhor Miguel Pires, a Benfica Futebol – SAD vem esclarecer o seguinte:

a) O jogador Enzo Perez encontra-se sob alçada disciplinar por manifesta, notória e assumida violação dos seus deveres laborais;

b) Sem prejuízo deste facto, a Benfica Futebol – SAD até a conclusão do referido processo disciplinar continua a cumprir escrupulosamente com todas as suas obrigações, razão pela qual as declarações eventualmente produzidas pelo senhor Miguel Pires são totalmente falsas.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:15

BENFICA 73
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


comentários recentes
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...
Fosse eu a tratar deste assunto e se este está a d...
Semeaste muitos ventos ó nalguinhas! Agora, aguent...

contador visitante