Abril 16 2014

O médio sérvio Fejsa não passou o derradeiro teste e ficou de fora da lista de convocados do Benfica para a partida, desta quarta-feira, frente ao FC Porto, às 20.45 horas, referente à segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Para além de Fejsa, o defesa-central Luisão e o médio Rúben Amorim também ficaram de fora, por lesão.

O mesmo sucede com o guarda-redes Oblak, que sofreu um traumatismo craniano na partida frente Arouca.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Artur Moraes e Paulo Lopes

Defesas: Garay, Jardel, André Almeida, Steven Vitória, Maxi Pereira e Siqueira

Médios: André Gomes, Djuricic, Gaitán, Salvio, Enzo Perez e Sulejmani

Avançados: Rodrigo, Lima, Markovic e Cardozo

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:39

Abril 15 2014
A PSP anunciou, esta terça-feira, que espera que se desloquem ao Estádio da Luz entre 40 a 45 mil adeptos para o jogo desta quarta-feira, da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, entre Benfica e FC Porto.
Na conferência de imprensa sobre a operação de segurança montada para o clássico, o subintendente do comando de Lisboa Pedro Pinho sublinhou que se trata de um jogo de risco elevado, apesar de não ter sido divulgado o número de efetivos destacados para a partida.

«Esperamos o ambiente normal de um Benfica-FC porto. É um jogo de risco elevado, independentemente da situação destas equipas no campeonato», disse.
O responsável adiantou que, apesar de, por norma, serem esperados entre dois mil a três mil adeptos portistas, para esta quarta-feira estima-se que o número de simpatizantes do FC Porto seja inferior.

Recorde-se que no jogo da primeira mão o FC Porto bateu o Benfica por 1-0, no Estádio do Dragão.
Noutro âmbito, a PSP e o Benfica estão em conversações sobre a possibilidade de este fim de semana os adeptos das águias festejarem a conquista do título no Marquês de Pombal, em Lisboa. Contudo, ainda não há nada definido.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:50

Abril 15 2014

A meia-final da Taça da Liga entre FC Porto e Benfica realiza-se no próximo dia 27 de abril, às 18.15 horas, anunciou a Liga.

Segundo o comunicado emitido esta terça-feira, a partida será transmitida na TVI.

Recorde-se que o Rio Ave é a outra equipa apurada para a final da Taça da Liga, que estava marcada para 26 de abril, em Leiria, depois de ter batido o SC Braga na meia-final, por 2-1. Ainda não há nova data para a final.

O jogo entre FC Porto e Benfica fora adiado devido a um processo disciplinar pela Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga aos azuis e brancos, na sequência do atraso do início do jogo da fase de grupos com o Marítimo, que os dragões venceram por 3-2.

O Sporting ficou pelo caminho, em igualdade pontual com o FC Porto, mas com menos golos marcados.

O Conselho de Disciplina da FPF confirmou, depois, a qualificação do FC Porto para a meia-final, mas o Sporting recorreu da decisão, tendo o Conselho de Justiça recusado os argumentos dos leões e confirmado a qualificação dos portistas.

O processo acabou por atrasar a realização da meia-final, que ficou agora agendada para daqui a duas semanas.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:43

Abril 14 2014

No segundo dia de venda dos bilhetes para o Benfica-Olhanense, marcado para domingo, às 18 horas, formou-se longa fila no Estádio da Luz.

A venda de ingressos continuará a ser exclusiva a sócios, só ficando disponível para qualquer outro adepto a partir de quinta-feira, dia 16, caso os bilhetes não esgotem.

O preço dos ingressos varia entre os 15 e os 50 euros para sócios, enquanto para o público em geral é entre os 22 e os 75 euros.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:12

Abril 14 2014

O Sport Lisboa e Benfica deslocou-se nesta tarde de domingo ao Estádio Municipal de Aveiro, onde disputou, frente ao FC Arouca, a 27.ª jornada do Campeonato Nacional. Rodrigo e Gaitán marcaram os golos de uma tarde de futebol espectáculo. Faltam três jornadas, estão nove pontos em disputa, o Benfica precisa de três para se sagrar Campeão Nacional pela 33.ª vez na sua História.

Manhã sombria, de nevoeiro; tarde solarenga, alegre, e de enorme calor benfiquista no Estádio Municipal de Aveiro, “à pinha”, para receber o Glorioso, numa das maiores enchentes de que há registo no recinto. A “onda vermelha” não brinca em serviço e sabe bem da importância do momento…

 

Frente a uma equipa à procura de pontos para conseguir manter-se no convívio dos Primodivisionários do Futebol Português, Jorge Jesus não contou com algumas das peças mais habituais do seu xadrez, no entanto, a equipa não se desequilibrou, pelo contrário, todas as peças mostraram que estão aptas para dar o seu contributo em prol do grupo.

Do outro lado da barricada, Pedro Emanuel montou uma equipa à sua imagem enquanto atleta, raçuda e a disputar todos os lances no limite. E a primeira parte espelhou precisamente isso: muita luta, muita garra, numa partida disputadíssima e com lances de alguma emoção… para ambos os lados.

O primeiro sinal veio dos “encarnados”, com Rodrigo, logo aos 5’, a testar os reflexos de Cássio. A resposta não tardou e, dois minutos volvidos, é Bruno Amaro, na conversão de um livre directo, a colocar Oblak em sentido.

Aos 22’ é a vez de Maxi Pereira subir bem na ala, flectir para zonas mais internas, e desferir um remate fortíssimo e colocado para a primeira grande defesa de Cássio. Partida equilibrada com a bola a rondar as duas balizas e é a passagem da meia hora que surge a mais flagrante oportunidade de golo para as Águias. Ressalto na pequena área, o esférico sobra para Lima que, isolado, permite ao guardião aveirense encher a baliza e defender; na recarga, Rodrigo dispara para fora.

Apesar do Benfica começar a mandar na partida, o Arouca não se encolheu, bem pelo contrário e, na resposta, teve perto, muito perto de provocar um calafrio nos cerca de 25 mil benfiquistas nas bancadas e nos milhões que acompanhavam a partida.

38 Minutos, Oblak lê mal o lance, Bruno Amaro, de pronto, remata para a baliza deserta, mas eis que surge um Super Maxi Pereira, a fazer um corte in extremis e a salvar as redes benfiquistas.

 

Delírio no Municipal de Aveiro

Quando já se aguardava pelo intervalo, em período do compensação, Rodrigo surge liberto no coração da área e, com frieza e raça, remata para fazer o primeiro golo da tarde e colocar o Benfica em vantagem. Um golo que colocou em delírio os benfiquistas e com uma dedicatória muito especial ao lesionado Sílvio.

No reatar, mais Benfica… e que Benfica! Ultrapassada a pressão inicial de marcar, surgiu então o futebol espectáculo, com os jogadores a mostrarem o que é vestir esta camisola e a rubricarem exibições merecedora de nota artística elevada.

Aos 54’, segundo golo da noite…. Markovic tira três do caminho e Gaitán conclui mais uma obra-prima: que golaço!

Até final, Benfica, Benfica, Benfica! Resultado lisonjeiro para o Arouca. Faltam três pontos…

Na próxima quarta-feira o chip muda, com outra importante frente a surgir. O Benfica recebe, no Estádio da Luz, o FC Porto, em partida relativa à 2.ª mão da Taça de Portugal. Rumo ao Jamor, é necessário dar a volta a uma eliminatória na qual os “encarnados” estão em desvantagem por um golo.

De regresso às emoções do Campeonato Nacional, o Estádio da Luz será, no próximo dia 20 de Abril, Domingo de Páscoa, o centro das atenções da Nação Benfica. Naquele que poderá ser o jogo do título, o Benfica recebe, pelas 18 horas, a formação do Olhanense. Todos à Catedral!

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Oblak (Artur Moraes, 69’); Maxi Pereira, Jardel, Garay e Siqueira; André Almeida, Enzo Perez, Markovic (Cardozo, 80’) e Gaitán; Lima e Rodrigo (Salvio, 74’).

Fonte: SLB

Ficha de Jogo: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=169844

Fotos: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10154016692165716&set=a.10154016681295716.1073742022.212504785715&type=1&theater

publicado por Benfica 73 às 10:22

Abril 11 2014
Os benfiquistas Luisão, Salvio e Rodrigo figuram no melhor onze dos quartos-de-final da Liga Europa, uma lista criada pelo site Goal.com.
O defesa brasileiro é elogiado por ter feito «duas exibições impressionantes» contra o AZ Alkmaar, enquanto Salvio é descrito como «o jogador em melhor forma dos play-off da Liga Europa, depois de ter atormentado a equipa holandesa» nas duas mãos.
Na frente de ataque desta equipa de luxo está Rodrigo, que figura na lista «após ter convertido as duas assistências de Salvio» no jogo de quinta-feira. 

Equipa dos quartos-de-final:
Guarda-redes: Yann Sommer (Basileia)
Defesas: Bonucci (Juventus), Luisão (Benfica), Federico Fazio (Sevilha)
MédiosSalvio (Benfica), Steed Malbranque (Lyon), Pirlo (Juventus), Matias Delgado (Basileia), Vitolo (Sevilha)
AvançadosRodrigo (Benfica) e Paco Alcácer (Valência)
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 20:13

Abril 11 2014
A equipa de juniores do Benfica venceu esta sexta-feira o Real Madrid, por 4-0, em Nyon, e está apurada para a final da Uefa Youth League.
A equipa encarnada adiantou-se no marcador logo aos nove minutos, por intermédio de Hildeberto Pereira. Quatro minutos depois, o Real Madrid viu-se reduzido a dez jogadores após grande penalidade cometida por Jaime e convertida por Nuno Santos.
Aos 16 minutos, o mesmo Nuno Santo voltou a colocar a bola no fundo da baliza, numa recarga após ter desperdiçado nova grande penalidade, desta vez cometida por F. Sáez.
O resultado final ficou estabelecido já na segunda parte, aos 55 minutos, num penalty à Panenka de Rochinha.
A final da Uefa Youth League realiza-se a 14 de abril e oporá o Benfica ao Barcelona.
publicado por Benfica 73 às 19:45

Abril 11 2014
O assessor para a área internacional do Benfica, Nuno Gomes, realçou que os encarnados querem superar a Juventus para alcançarem o sonho de estar pela segunda vez consecutiva na final da Liga Europa.
«Vamos tentar fazer o nosso melhor, como sempre. Nesta altura o mais importante é estar presente e não importa com quem seja o adversário, porque o objetivo é estar na final», afirmou Nuno Gomes no palco do sorteio.

Mais tarde, já aos jornalistas, o dirigente encarnado falou sobre as dificuldades que a Juventus colocará ao Benfica. «Se calhar era a equipa mais forte entre as possíveis, mas as equipas espanholas também são fortíssimas a jogar em casa. O mais importante é estar nas meias-finais pela terceira vez, a Juventus é histórico nas competições europeias, é campeã italiana, será um jogo complicado, mas temos 50 por cento de possibilidades», disse, admitindo que frente a frente estarão as duas equipas mais fortes da Liga Europa:

««Seria a final esperada, talvez. Mas não sei se seria mais fácil num jogo só... Não podemos ir pelo que achamos melhor, temos de jogar os dois encontros. Vamos trabalhar para estar presentes na final.»
A terminar, o desejo que esta época acabe de forma diferente da anterior. ««O objetivo é estar em todas as frentes até ao fim e vamos fazer tudo para festejarmos este ano», disse.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:38

Abril 11 2014
O Benfica irá defrontar o Juventus nas meias-finais da Liga Europa. A primeira mão irá decorrer no Estádio da Luz, no dia 24 de abril, estando o segundo jogo marcado para 1 de maio.
A outra meia-final será espanhola, com o Valência a receber o Sevilha, que afastou o FC Porto.
A final da Liga Europa está marcada para 14 de maio, em Turim.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:36

Abril 11 2014

O Estádio da Luz engalanou-se para receber mais uma noite europeia. À medida que a hora de jogo se aproximava, o corrupio de pessoas aumentou, visão típica de dia de jogo na Catedral. Equipados a rigor, os benfiquistas responderam “presente!”, deram um colorido bonito a umas bancadas bem compostas.

Tal dedicação não saiu defraudada, pois a superioridade benfiquista viu-se no relvado e no marcador, com um triunfo por 2-0, com golos de Rodrigo.

 

O Clube da casa começou a um bom ritmo e a explanar o seu futebol mais perto da área holandesa. À passagem do minuto oito, André Gomes “inventou” uma boa jogada individual, deixou para Cardozo que rematou de primeira, num misto de força e técnica, mas uma estirada de Esteban evitou o primeiro do jogo.

Com o decorrer dos minutos, o AZ Alkmaar equilibrou as contas no relvado, tentou levar perigo à baliza de Artur, mas de forma improfícua. Com espaço, os comandados por Jorge Jesus eram extremamente perigosos, como atentou o minuto 32. Triangulação entre Siqueira e Rodrigo, com o hispano-brasileiro a centrar para Cardozo, mas o remate do paraguaio voltou a esbarrar em Esteban.

Cheirava a golo na Luz e foi isso mesmo que aconteceu aos 39 minutos. Salvio arrancou um “slalom” pela direita, deixou três adversários pelo caminho num pleno de velocidade e técnica, assistiu Rodrigo com peso e medida para a primeira explosão de alegria nas bancadas da Catedral.

 

Animado pelo golo, o Benfica aumentou a velocidade da partida e Esteban voltou a estar em bom plano a um remate

de Salvio a poucos minutos do descanso. Na etapa complementar veio a confirmação daquilo que tinha ficado como suspeita da primeira parte, o AZ Alkmaar fez muito pouco para dar a volta à eliminatória. Com pouco poder de fogo, os holandeses acabaram por ser presa fácil.

Perante tamanhas facilidades, o Benfica decidiu resolver a eliminatória. Decorria o minuto 71, Salvio teve uma recepção de bola fenomenal, foi à linha de fundo centrar para Rodrigo bisar. Dick Advocaat desistia do jogo e as “águias” poderiam ter chegado à goleada com facilidade não fosse a displicência de Salvio e de Cardozo na altura de serem felizes.

O Benfica confirmou a presença nas meias-finais que lhe assentam que nem uma luva. O sorteio é na sexta-feira, em Nyon.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Artur Moraes; Sílvio (André Almeida, 3’), Luisão, Garay, Siqueira; Fejsa (Enzo Perez, 64’), André Gomes, Sulejmani (Markovic, 69’), Salvio; Rodrigo e Cardozo.

Fonte: SLB

Ficha de Jogo: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=188992

Fotos: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10154006453755716&set=a.10154006453525716.1073742019.212504785715&type=1&theater

publicado por Benfica 73 às 08:59

Abril 10 2014

As bilheteiras do Estádio Municipal Mário Duarte, em Aveiro, abriram às 14 horas e duas horas depois os bilhetes disponíveis para o Arouca-Benfica já tinham esgotado.
Os bilhetes à venda em Aveiro já esgotaram mas há uma boa notícia para quem quer ver o jogo ao vivo: mais bilhetes, ainda que poucos, estarão à venda esta quinta-feira em Arouca.
Com a mudança de estádio e segundo infirmações recolhidas por A BOLA, os arouquenses deverão embolsar cerca de 500 mil euros, o que representa cerca de um sexto do orçamento para toda a época.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:29

Abril 10 2014

O Benfica anunciou esta quarta-feira a lista de convocados para a receção ao AZ Alkmaar, a contar para a segunda mão dos quartos de final da Liga Europa.
A principal novidade prende-se com o regresso de Fejsa, que falhou, devido a lesão, o jogo da primeira mão, na Holanda, e o jogo do campeonato frente ao Rio Ave.
Ausente continua Rúben Amorim, que se lesionou precisamente em Alkmaar. Destaque também para a chamada do guarda-redes Paulo Lopes (Oblak não foi convocado).
De fora ficam os castigados Maxi Pereira e Gaitán.

Lista de convocados:
Guarda-redes – Artur Moraes e Paulo Lopes;
Defesas – Garay, Jardel, Sílvio, Siqueira e Luisão;
Médios – Fejsa, André Almeida, Djuricic, Enzo Perez, André Gomes e Salvio;
Avançados – Sulejmani, Cardozo, Markovic, Rodrigo e Lima.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:54

Abril 09 2014

O Benfica homenageou esta terça-feira, através de um texto publicado no seu site oficial, o adepto Arlindo Afonso, de 67 anos, que se sentiu mal no Estádio da Luz durante o jogo frente ao Rio Ave e que acabou por morrer.
«Aqueles que nos acompanham em cada jogo nas bancadas, que nos seguem dentro e fora das fronteiras de Portugal, que nos incentivam e nos apoiam sem condições e sem reservas, merecem o nosso respeito e admiração. Estão connosco por paixão, nos bons e nos maus momentos, percorrendo milhares de quilómetros, muitas vezes ao frio e à chuva. Temos para com todos eles uma dívida de gratidão que nunca conseguimos pagar porque ela renova-se em cada ano que passa. Ontem ficámos mais pobres porque um dos nossos partiu. À família de Arlindo Afonso a nossa palavra de solidariedade. Nunca o esqueceremos, porque não esquecemos os nossos», foi a sentida mensagem deixada pelo Benfica.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:25

Abril 09 2014

O jogo entre o Arouca e o Benfica, que se realizará no próximo domingo, e que poderá dar o título aos encarnados, deverá ter casa cheia no Municipal de Aveiro, palco emprestado da equipa de Pedro Emanuel.
O gabinete de informação do clube arouquense revelou que até às 20 horas desta terça-feira já tinham sido vendidos mais de 15 mil bilhetes. O estádio tem uma lotação de 30.127 lugares. As bilheteiras voltam a abrir esta quarta-feira a partir das 14 horas.
O Benfica pode ser campeão em Aveiro se vencer o Arouca e se o Sporting, na véspera, não ganhar ao Gil Vicente.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:21

Abril 08 2014

Fim de tarde de sol em Lisboa e uma moldura humana invejável foi o cenário que recebeu o líder da classificação para mais uma partida da Liga portuguesa. O Rio Ave foi o adversário, curiosamente o mesmo que jogou na Luz na última época em que o Benfica foi Campeão (2009/10) e saiu derrotado por 4-0, com todos os tentos a serem apontados com o pé esquerdo.

 

 

É sabido que na Luz, o Benfica apodera-se logo da bola, dos ritmos de jogo e impõe a sua lei. Diante do Rio Ave não foi excepção, até porque estamos a falar de uma equipa que sofre poucos golos fora de portas e alcança, inclusive, vários triunfos. Não permitir o efeito-surpresa era, portanto, fundamental. Dessa forma, o conjunto da casa incidiu no relvado uma pressão alta, a toda a largura do terreno e a jogar com elevada velocidade sobre a bola.

O futebol sufocante do Benfica resultou em golo aos 16 minutos depois de uma excelente jogada colectiva. Sílvio deixou para Gaitán que deixou um adversário para trás com uma simulação e assistiu Rodrigo que, frente a Ederson, atirou para o primeiro da partida. Mesmo na frente do marcador, os comandados por Jorge Jesus não tiraram o “pé do acelerador”, mantendo os últimos 30 metros de terreno ou mesmo a área vila-condense o habitat predilecto.

Não estranhou, portanto, ninguém quando chegou o 2-0. Rodrigo de novo na jogada, rematou, a bola embateu num defesa e ficou à mercê de Gaitán que, vindo de trás, disparou para o golo e cachecóis ao alto, outra vez, nas bancadas da Luz (28’).

 

Tal avalanche ofensiva deixava os vila-condenses sem norte e a desejarem o regresso aos balneários o mais rápido quanto possível. Não só não conseguiram parar o ataque benfiquista, como muito menos logravam lances de transição rápida até Oblak, que foi um mero espectador nos primeiros 45 minutos.

Ao intervalo, o vice-presidente, Rui Cunha, e o director do Caixa Futebol Campus, Armando Jorge Carneiro, entregaram as faixas de Campeões Distritais aos Benjamins B, que foram, muito justamente, aplaudidos pelo público presente. De regresso do intervalo, o Benfica manteve a intensidade e a qualidade futebolística, tentando várias vezes alvejar a baliza defendida por Ederson.

 

 

Mesmo que ténue, verdade seja dita que apareceu mais Rio Ave na etapa complementar, tendo como meta um golo que lhe desse uma injecção de esperança até ao empate. Tudo caiu por terra aos 75 minutos quando Braga derrubou Maxi Pereira na área após mais uma excelente jogada de envolvimento. Chamado a marcar, Cardozo não desperdiçou, voltando aos golos cinco meses depois do dérbi com o Sporting para a Taça de Portugal onde rubricou um “hat-trick” (76’). Matada a fome de golos, Cardozo bisou aos 90’+1 em nova grande penalidade, agora a castigar derrube sobre Enzo Perez.

Antes de receber o AZ Alkmaar, o Benfica rubricou uma exibição de “encher o olho” e passa a somar 67 pontos na classificação.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Oblak; Maxi Pereira, Garay, Luisão (Jardel, 83’) e Sílvio; André Almeida, Enzo Perez, Gaitán e Markovic; Lima (Cardozo, 65’) e Rodrigo (Djuricic, 78’).

Fonte: SLB

Fotos: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10153996524225716&set=a.10153996509685716.1073742017.212504785715&type=1&theater

Veja aqui a ficha do jogo

 
publicado por Benfica 73 às 10:25

Abril 07 2014
O título está a oito pontos - se o Sporting não escorregar antes disso -, mas este Benfica pode ainda igualar a melhor sequência de vitórias na Liga desde o início da era Jorge Jesus, repetindo a marca alcançada em 2009/2010.

Se vencer hoje na receção ao Rio Ave (20 horas), Jesus alcança o nono triunfo seguido na Liga (repetindo 2009/10 e 2012/13) e supera os oito de 2011/12 (a mais pequena das melhores séries das últimas cinco épocas).

Mas se vencer também os dois jogos seguintes, com Arouca e Olhanense, Jesus iguala a melhor sequência que conseguiu desde que chegou à Luz, repetindo o ciclo de 11 vitórias consecutivas que atingiu em 2010/11. O que significa que, nesta altura, Jesus pode vir ainda a fixar um novo máximo, de 12 vitórias, bastando, além de vencer Arouca e Olhanense, somar três pontos no jogo com o V. Setúbal, na Luz (penúltima jornada).
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:02

Abril 04 2014

O Sport Lisboa e Benfica defrontou esta noite de quinta-feira a formação holandesa do AZ Alkmaar, em partida alusiva à 1.ª mão dos quartos-de-final da Liga Europa. Salvio fez o único golo da vitória “encarnada”. 45 anos depois o Benfica venceu na Holanda, numa noite em que, em terra de Tulipas, foram as “Papoilas Saltitantes” quem dominaram.

 

Frente a frente duas formações com ambição mas a fazerem caminhadas distintas. Se, por um lado, o Benfica está na linha da frente de todas as competições que disputa, por outro lado, o AZ dá o tudo por tudo nesta Liga Europa, depois da eliminação na Taça e de um humilde 7.º lugar actual no Campeonato Holandês.

 

Na antevisão à partida, e face à hiperbolização de Dick Advocaat, conferindo total favoritismo e supremacia aos “encarnados”, Jorge Jesus não foi em cantigas e manteve-se firme no discurso de ambição, mas com prudência… e fê-lo muito bem!

Se dúvidas existiam, os primeiros quinze minutos da partida explicaram o porquê, com a equipa holandesa a entrar com tudo, a explanar o seu futebol de forma muito perigosa, trocando as voltas à estratégia benfiquista.

Quinze minutos volvidos e o Benfica estabilizou, começando então a pegar no jogo… e foi precisamente nesta conjuntura que surgiram dois dos lances mais perigosos do AZ, com o regressado Artur a fazer duas grandes defesas e a manter a baliza inviolada.

Até ao final da primeira metade, jogo morno, domínio repartido, com um par de boas ocasiões para cada lado, mas todas elas inconsequentes.

Nota ainda dos primeiros 45’ para a lesão de Ruben Amorim, aos 38’, obrigando a substituição, com André Almeida a saltar do banco.

 

Vantagem curta… para ampliar na Luz

No reatar foi o Benfica quem entrou dominante e os frutos dessa postura não tardariam… 48 minutos, jogada de entendimento, Cardozo remata forte,

Esteban defende de forma instintiva, com Salvio – na ressaca e com um pontapé de moinho – a fazer mexer pela primeira vez as redes adversárias.

 

O AZ reagiu, lutou, mas, face a um Benfica inteligente, mais pragmático e que sabe cada vez mais aquilo que quer e do que é capaz, pouco ou nada conseguiu fazer.

Até ao apito final, mais Benfica, com destaque para um remate poderosíssimo de Rodrigo (67’) que, por escassos centímetros, não fez mexer as redes holandesas pela segunda vez. Também Lima e André Gomes estiveram muito perto de dilatar a vantagem, mas Esteban mostrou-se à altura.

Vitória curta, por 0-1, mas muito importante. Há 45 anos que o Sport Lisboa e Benfica não vencia na Holanda, mas nesta noite, em terras de Tulipas, foram as “Papoilas Saltitantes” de Luís Piçarra que dominaram.

Na próxima segunda-feira todas as atenções tornam a centrar-se no Campeonato Nacional, com a recepção na Luz, pelas 20 horas, do Benfica ao Rio Ave, uma partida a contar para a 26.ª jornada da prova… mais uma final!

A Liga Europa regressa na próxima quinta-feira, dia 10 de Abril, com a realização da 2.ª mão dos quartos-de-final. Desta vez na Catedral, com apito inicial às 20h05, onde o apoio de todos os benfiquistas será determinante.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Artur; Maxi Pereira, Garay, Luisão e Siqueira; Ruben Amorim (André Almeida, 38’), Gaitán, André Gomes e Salvio; Cardozo (Lima, 64’) e Rodrigo (Markovic, 77’).

Fonte: SLB

Fotos: http://www.slbenfica.pt/Fotos/detalhealbum/tabid/2803/cat/2776/language/pt-PT/Default.aspx

Veja aqui a ficha do jogo

 

publicado por Benfica 73 às 15:15

Abril 03 2014
Jorge Jesus deverá apostar em Rúben Amorim e André Almeida para formar a dupla mais recuada no meio campo do Benfica no jogo desta noite (20.05 horas) com o AZ Alkmaar, referente à primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.
Os dois jogadores portugueses são os principais candidatos a ocupar os lugares habitualmente preenchidos por Enzo Pérez (castigado) e Fejsa (ficou de fora por opção técnica) no miolo do terreno, atuando à frente do quarteto defensivo que deverá ser formado por Maxi Pereira, Luisão, Garay e Siqueira.
No ataque, Salvio, Djuricic e Sulejmani serão os municiadores de Óscar Cardozo, a referência mais ofensiva das águias no relvado do AFAS Stadium.

Onze provável do Benfica: Artur, Maxi Pereira, Luisão, Garay e Siqueira, Rúben Amorim e André Almeida; Salvio, Djuricic e Sulejmani; Cardozo.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:31

Abril 03 2014

O médio André Gomes considera que o AZ Alkmaar merece todo o respeito da parte do Benfica, lembrando que a equipa holandesa, apesar de ser sétima classificada no campeonato, ainda não perdeu na Liga Europa.

«Vamos jogar com respeito pelo AZ. Não estão muito bem no campeonato, mas na Liga Europa ainda não perderam. É uma equipa para ser respeitada, por isso vamos dar o nosso máximo, como sempre, para levar um bom resultado para a segunda mão», afirmou André Gomes na antevisão ao jogo desta quinta-feira.

O médio raramente tem sido utilizado no campeonato, mas tem tido várias oportunidades na Europa. Questionado se espera ser também titular no encontro de amanhã, André Gomes referiu: 
«Essa pergunta é para o mister, pois ele é que toma as decisões, pensando no melhor para a equipa. Nós temos de estar preparados e dar o máximo pela equipa.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:09

Abril 03 2014
Com cerca de cinco centenas de adeptos a assistir, os 21 jogadores que Jorge Jesus levou à Holanda realizaram o treino de adaptação ao AFAS Stadium, palco do encontro desta quinta-feira com o AZ Alkmaar.
Apenas 15 minutos do treino foram abertos à imprensa, logo pouco foi possível descortinar, além de muito boa disposição, com Jorge Jesus em evidência, ao acompanhar os jogadores num ligeiro sprint.
Nas bancadas também reinou a boa disposição, incluindo alguns dos habituais cânticos de apoio à equipa. 
Fonte: A Bola
/
/
/
/
/
/
/
/
/
publicado por Benfica 73 às 11:31

Abril 02 2014
A comitiva do Benfica já está na Holanda, onde amanhã, quinta-feira, defronta (20.05 horas) o AZ Alkmaar na primeira “mão” dos quartos de final da Liga Europa.
O treino de adaptação ao relvado do AFAS Stadium está marcado para as 18.30 horas, sessão que arranca depois de Jorge Jesus se apresentar, acompanhado por um jogador, na sala de imprensa para fazer a antevisão ao jogo.
Os encarnados voaram para a Holanda sem os médios Enzo Pérez e Fejsa, destacando-se os regressos de Sulejmani, Djuricic, Steven Vitória e Paulo Lopes como principais novidades na convocatória.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 15:06

Abril 02 2014

O Arouca-Benfica relativo à 27.ª jornada da Liga vai disputar-se no Estádio Municipal de Aveiro [ver pág. 19]. A decisão foi tomada pelo presidente do Arouca, Carlos Pinho, que com esta medida espera realizar uma receita recorde, pois o recinto desportivo onde habitualmente joga o Beira-Mar tem capacidade para receber 30 mil espectadores, uma capacidade seis vezes superior à do Estádio Municipal de Arouca. Convém sublinhar que as águias podem, e beneficiando de terceiros, festejar o 33.º título nacional na citada ronda[ver peça em baixo], o que deixa antever uma forte afluência de adeptos encarnados a Aveiro.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:29

Abril 02 2014
Jorge Jesus convocou 21 jogadores para o encontro com o AZ Alkmaar, na Holanda, referente à primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.
Enzo Pérez, a cumprir um jogo de castigo nas competições europeias, e Fejsa não figuram na convocatória.
Paulo Lopes, Steven Vitória, Djuricic e Sulejmani estão de regresso às opções de Jorge Jesus.

Lista de convocados: 
Guarda-redes: Artur Moraes, Oblak e Paulo Lopes;
Defesas: Steven Vitória, Garay, Maxi Pereira, Jardel, Sílvio, Siqueira e Luisão;
Médios: André Almeida, Djuricic, Gaitán, André Gomes, Salvio e Rúben Amorim;
Avançados: Sulejmani, Cardozo, Markovic, Rodrigo e Lima. 
Fonte: A Bola
Garay
André
Cardozo,
Maxi
Rodrigo
Cardozo
publicado por Benfica 73 às 10:13

Abril 01 2014
Nuno Gomes está de regresso ao Benfica, agora para trabalhar nos gabinetes. Depois de colocar ponto final na carreira de jogador, o antigo avançado dos encarnados e da Seleção Nacional começou hoje a trabalhar no clube da Luz, num cargo próximo de Luís Filipe Vieira, virado para a expansão internacional do emblema da águia.

O regresso de Nuno Gomes à Luz era falado há muito tempo, tendo sido desejo sempre assumido pelo presidente. O jogador, contudo, decidiu prolongar a carreira mais uns anos, consumando agora um cenário que há muito se anunciava.

Nuno Gomes jogou de águia ao peito durante 12 épocas (1997/2000 e 2002/2011), tendo apontado 166 golos com a camisola encarnada. Pelo meio, interregno de dois anos em Itália, onde representou a Fiorentina entre 2000 e 2002. 
No verão de 2011 rumou ao SC Braga, tendo decidido pendurar as botas na passada temporada, ao serviço do Blackburn Rovers.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 14:39

Março 31 2014

A equipa principal de Futebol do Sport Lisboa e Benfica disputou, este domingo, no estádio AXA, no Minho, a 25.ª jornada da Liga portuguesa. Diante do SC Braga, Jorge Jesus voltou a dar a titularidade a seis jogadores que não tinham entrado de início no estádio do Dragão, e as “águias” venceram por 0-1, com golo de Lima.

O encontro arrancou numa toada equilibrada, com disputa de bola acesa mas leal no “miolo”. O Benfica foi ganhando preponderância ofensiva através de posse de bola e troca do esférico entre os seus jogadores, obrigando o adversário a correr.

O futebol rendilhado e com troca de bola de pé para pé quase tiveram os seus resultados aos oito minutos, quando Enzo Perez fez uma assistência a rasgar para Gaitán. Este contornou Eduardo e atirou às malhas laterais da baliza deserta.

 

Os minutos iam passando e o Benfica fazia das transições rápidas o seu modelo de jogo para ultrapassar a pressão alta e a toda a largura do relvado do SC Braga. Numa delas, Gaitán conduziu o ataque, deixou o esférico para Rodrigo após ser carregado por Dabó e o camisola 19 teve um pormenor delicioso antes de entregar de bandeja a Lima para o primeiro da partida (12’). Cachecóis benfiquistas ao alto! Faziam a festa os adeptos do líder da tabela classificativa.

A vencer veio a versão controlo do Benfica. A gestão da posse de bola apareceu na Pedreira, com a turma comandada por Jorge Jesus a ser menos vertiginosa e mais gestora, colocando no desafio o ritmo mais lhe convinha. O SC Braga, por sua vez, foi muito lutador mas criou poucas oportunidades de golo. A única da primeira metade foi aos 29 minutos, quando Rusescu cabeceou perto da barra da baliza defendida por Oblak.

Ao intervalo, o 0-1 era justo face ao produzido pelo Benfica na cidade de Braga. Na etapa complementar, o jogo desenvolveu-se a um ritmo mais baixo e viram-se menos oportunidades de golo em ambos os lados.

 

Curiosamente, o lance em que o Benfica mais perto está do 0-2 foi criado por Paulo Vinicius que, ao atrasar a bola

para Eduardo, quase o traiu e colocou-a dentro da baliza (59’).

A essa gestão, o SC Braga respondeu com maior atrevimento ofensivo e criou algumas vezes “frisson” na baliza benfiquista. A vencer apenas por 0-1, os futebolistas da Luz perceberam que gerir esse resultado poderia trazer dissabores e o minuto 84 foi de perigo para a baliza de Eduardo. Primeiro Markovic, com um remate de ressaca após um pontapé de canto, e segundos depois, Lima apareceu isolado, tentou fazer um “chapéu” a Eduardo, mas o bracarense opôs-se bem.

Cinco minutos depois, Rodrigo fez uma incursão pelo lado esquerdo e é carregado à margem das leis dentro da área. Pedro Proença apontou para a marca da grande penalidade, mas Rodrigo permitiu a defesa de Eduardo.

Até final, nada mais se passou e o Benfica passa a somar 64 pontos e continua na liderança da tabela classificativa.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Oblak; Sílvio, Luisão, Garay e Siqueira; Fejsa, Enzo Pérez (Ruben Amorim, 68’), Gaitán, Markovic (Salvio, 85´); Lima e Rodrigo (André Gomes, 90’+2).

Fonte: SLB

Ficha de Jogo: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=169827

Fotos: http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/fotos/braga-benfica-13-14/

publicado por Benfica 73 às 10:00

Março 29 2014
Impressionado pelas exibições na UEFA Youth League, o Manchester City pediu informações sobre Thierry Graça, guarda-redes dos juniores do Benfica que tem estado em evidência na competição europeia. 

O guardião cabo-verdiano, de 19 anos, foi eleito pela imprensa inglesa o melhor em campo na vitória (2-1) sobre o Manchester City, que valeu o apuramento do Benfica para as meias-finais da Youth League.

Thierry Graça foi contratado em janeiro ao Oeiras e logo agarrou a titularidade na equipa de João Tralhão, que está nas meias-finais da Youth League e na liderança do campeonato de juniores.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 18:19

Março 29 2014
Uma vitória em Braga, no domingo, deixará o Benfica embalado na caminhada para o título, segundo o avançado Pizzi, cedido pelos encarnados ao Espanhol de Barcelona.

«O Benfica tem tudo para ser campeão, tem uma vantagem grande em relação aos principais rivais. Se o Benfica vencer em Braga, o título já não vai fugir», disse em declarações àRenascença, antevendo deslocação difícil para a equipa de Jorge Jesus ao estádio AXA: «O Benfica está a um nível muito elevado e o SC Braga quer voltar às vitórias, vai ser um jogo bem disputado.»

Pizzi acredita ainda que o desaire com o FC Porto, para a Taça de Portugal, não vai afetar a equipa no campeonato: «São competições diferentes. No campeonato, o Benfica está tranquilo, praticamente campeão. Uma derrota contra o Porto afeta sempre a moral mas os jogadores do Benfica estão preparados para isso e sabem que se ganharem em Braga o título fica mais perto.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 09:43

Março 27 2014
O Benfica renovou contrato com João Nunes, defesa-central de 19 anos da equipa de juniores. 
O capitão da equipa de sub-19 prorrogou contrato até 2019. 
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:16

Março 27 2014

A quarta-feira europeia deu lugar à não menos importante quarta-feira de clássico a contar para a 1.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. No estádio do Dragão, o Sport Lisboa e Benfica perdeu por 1-0, mas deixa tudo em aberto para o jogo da 2.ª mão que terá lugar a 16 de Abril, no Estádio da Luz.

O Benfica entrou equilibrado e com uma disposição táctica inteligente no relvado, mas num lance de bola parada – pontapé de canto – a equipa da casa adiantou-se no marcador. Ricardo Quaresma colocou na área e Jackson Martínez cabeceou para o golo (5’). Os minutos seguintes foram de algum desnorte do Benfica, mas com o decorrer, o jogo assentou e a equipa conseguiu explanar o seu Futebol na Invicta.

 

Num jogo sem muitas e flagrantes oportunidades de golo, o Benfica (com menos posse de bola) foi acutilante e assertivo na hora de levar perigo à baliza de Fabiano. Aos 22 minutos, Rodrigo centrou e Maxi Pereira rematou. Reyes cortou o esférico quando este ia para a baliza. No lance do pontapé de canto viu-se a primeira aparição negativa do árbitro, Marco Ferreira, ao assinalar uma falta inexistente sobre Fabiano, na medida em que foi Mangala quem o derrubou.

Os primeiros 45 minutos foram bastante disputados a meio-campo, com o Benfica a tentar sair a jogar através das laterais, com Sulejmani a acabar por estar mais em jogo do que o seu companheiro, Salvio. Por sua vez, os “azuis-e-brancos” afunilavam mais o seu Futebol através do “tridente” do meio-campo que servia Jackson Martínez com passes a rasgar. Num destes passes, Varela apareceu isolado na cara de Artur aos 36’. O guardião fez uma excelente intervenção, mas destaca-se mais um momento negativo do juiz da partida, pois o lance é precedido de uma falta de Fernando que entrou de forma violenta sobre Fejsa.

 

Indiferente a esse facto, o Benfica preocupou-se em recuperar da desvantagem no marcador e aos 41 minutos,

Sílvio centrou e Rodrigo, de cabeça, atirou ao lado. Ao intervalo, o marcador registava 1-0 e na segunda parte a toada manteve-se morna, com ambas as equipas a correrem poucos riscos, pois ainda há jogo no Estádio da Luz.

O jogo foi ganhando algum movimento em ambas as áreas com as substituições, após os 60 minutos, com o Benfica a incidir bem nos flancos. Aos 76 minutos, Jackson Martínez rematou ao poste com Luisão a afastar. O Benfica respondeu três minutos depois num pontapé de canto marcado de forma rasteira para Ruben Amorim que proporcionou a defesa a Fabiano. O conjunto lisboeta estava mais perigoso e aos 82 minutos, Markovic, num lance de ressaca, tentou surpreender com um “chapéu” que saiu um tudo-nada ao lado.

O desaire sabe a injustiça pelo que as “águias” fizeram na segunda parte. O empate seria, no mínimo, o resultado que mais se ajustava.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay, Sílvio; Fejsa, Ruben Amorim, Salvio (Markovic, 81’), Sulejmani (Gaitán, 65’); Rodrigo (Lima, 67’) e Cardozo.

Fonte: SLB

Fotos: http://desporto.sapo.pt/futebol/taca_de_portugal/fotos/fc-porto-benfica-taca-13-14/

Ficha de Jogo: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=187506

publicado por Benfica 73 às 09:18

Março 26 2014
O treinador do Benfica, Jorge Jesus, preferiu que os seus jogadores ficassem no hotel, em Vila Nova de Gaia, em vez de realizaram o habitual treino.
O grupo irá continuar a descansar no hotel até perto das 19 horas, altura em que irá partir para o Dragão.
Estiveram algumas dezenas de adeptos perto da unidade hoteleira, mas a polícia criou um perímetro de segurança e rapidamente os simpatizantes encarnados foram embora.
O presidente Luís Filipe Vieira apenas irá chegar esta tarde ao hotel.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 14:58

capture-20121012-172734.png
BENFICA 73
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
comentários recentes
Bem vindo Grande Nuno es talisman e o nosso orgul...
Bem vindo Grande Nuno es talisman e o nosso orgul...
Para estas declarações só tenho uma coisa a dizer:...
O Sporting merecia descer de divisão por causa da ...
Nem me passava pela ideia que o Fejsa fosse 'grego...
Quem nao tem classe e aquela bosta Inglesa que dev...
Proposta de Parceria - Troca de LinksCaro Webmaste...
O João Gabriel esmerou-se ao escrever esta mensage...
ainda pouco haviam de pagar mais
Também ós, benfiquistas, o que passamos contigo na...
Jorge Sousa não tem condições para arbitrar jogos ...
O futebol português no seu melhor... E 3 minutos p...
Atenção que o circo começou... Mais uma vez os cor...
Por mais defeitos que tenha Jesus, o jogador x ou ...
Mais um futuro campeão europeu trabalho na oficina...
Platini e igual a corrupção o Messi ...
Este anormal destila ódio aos portugueses,t...
E normal que Platini nao esteja contente e Frances...
Estas sempre no coração dos benfiqui...
Então se nessa página de orgulho Ben...

contador visitante