Fevereiro 06 2016

capture-20160206-093954.png

A presença do defesa central sueco, Victor Lindelöf, no onze da equipa de Futebol do Sport Lisboa e Benfica foi a única alteração operada por Rui Vitória face à formação inicial que jogou em Moreira de Cónegos.

Uma vez mais, o Benfica apresentou-se em 4-4-2, com o ataque a ser entregue à dupla Jonas e Mitroglou, que estivera goleadora até então e que assim se manteve num estádio do Restelo “pintado” de vermelho. Aos 40 minutos, o grego inaugurou o marcador, de cabeça, a passe de Pizzi. É a 5.ª jornada consecutiva de Mitroglou a marcar na Liga NOS.

 

O jogo começou de forma viva, com o Belenenses a errar sobremaneira nos primeiros minutos, sem que o Benfica aproveitasse para faturar. No minuto inicial, Gaitán teve o golo no pé esquerdo, mas atirou um pouco ao lado da baliza de Ventura.

Poucos minutos volvidos, aos cinco, queda de Pizzi na área. Lance duvidoso que Nuno Almeida optou por nada assinalar.

Com mais bola, as “águias” sentiam dificuldades em penetrar na área “azul” perante um Belenenses que atuava com as linhas muito próximas, suprimindo espaço para jogo entrelinhas, e que saía rápido em transições através de Fábio Nunes e de Miguel Rosa.

Ao invés, o Benfica tentava abrir brechas através de tabelinhas curtas entre os jogadores, mas o Futebol mais afunilado não resultava. Na largura, os comandados por Rui Vitória encontravam mais espaço e foi daí que surgiu o golo. Antes disso, aos 31’, André Almeida atirou uma “bomba” que saiu um tudo-nada ao lado. Ventura parecia batido.

O conjunto da casa pareceu nada aprender do início do jogo para o seu reinício. Arranque da segunda parte, erro da defensiva do Belenenses, recuperação de bola de Jonas e Pizzi a rematar para defesa de Ventura. Não quis ficar atrás Jardel que, num mau atraso, colocou Júlio César em problemas que resolveu com serenidade.

 

Momentos sublimes

Decorria o minuto 52 quando Gaitán e Jonas tiraram da “cartola” um lance de pura magia. O argentino viu o brasileiro à entrada da área, endossou-lhe o esférico que, com uma finta sublime, ultrapassou o oponente e rematou colocado para o 0-2.

Bola cá, bola lá! O Belenenses não se ficava, também queria ser feliz e tentou através de Ortuño. O espanhol esgueirou-se até à área e só foi parado pela excelente intervenção de Júlio César. Adenda ao lance: deveria ter sido anulado por fora de jogo de Ortuño.

Renato Sanches, que cresceu no jogo com o decorrer dos minutos, esticava o jogo do Benfica. Esse facto foi aproveitado da melhor forma por Mitroglou para bisar aos 57 minutos após passe “açucarado” de Pizzi. Estava feito o 0-3 no Restelo e os adeptos Benfiquistas apoiavam até… que a voz lhes doesse.

Minuto 64 travou um duelo de titãs. Carlos Martins e Júlio César como protagonistas. O médio fez uso do seu forte pontapé, correspondeu o guarda-redes com uma excelente intervenção. Caso para dizer a ambos: quem sabe nunca esquece.

Mas o homem do jogo foi mesmo Mitroglou. Confirmou em Belém o seu excelente momento de forma ao completar o “hat-trick” aos 75 minutos. Mais um erro da defesa do Belenenses, Gaitán assistiu de calcanhar e o grego fez o resto.

Do banco de suplentes, Carcela trouxe a “manita”. O marroquino foi à linha de fundo, centrou atrasado e Jonas fazia o “bis” a três minutos do apito final.

O Benfica passa a somar 52 pontos na tabela classificativa e chega ao clássico, no dia 12 de fevereiro, extremamente motivado.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com Júlio César; André Almeida, Jardel, Victor Lindelöf, Eliseu (Sílvio, 69’); Samaris, Renato Sanches, Pizzi (Carcela, 79’), Gaitán; Jonas e Mitroglou (Talisca, 83’).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 09:36

Fevereiro 03 2016

Numa espécie de vingança por ter trazido Jorge Jesus da Luz para Alvalade, o Benfica confirmou esta terça-feira a chegada de André Carrillo ao clube. O peruano, em final de contrato com os 'leões', depois de um longo impasse para renovar, assinou pelas 'águias' até 2021 e esta quarta-feira, A Bola, dá os primeiros detalhes dos milhões que irá receber de 'vermelho'.

Porém, interessa antes recuperar que o Sporting terá tido uma proposta de 12 milhões de euros para vender o jogador durante o defeso. A oferta foi rejeitada. Em Alvalade acreditava-se no potencial do jogador e na possibilidade de renovar com o clube. O atleta tinha uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros e a ideia era ser ainda mais valorizado.

Porém, entre o 'sim' e o 'não', Carrillo optou pela via da saída e, face ao processo disciplinar de que é alvo pela SAD 'verde e branca', decidiu que o melhor para a sua carreira seria trocar para o clube rival dos 'leões'.

Agora, oficializada a partida, sabe A Bola que o jogador irá auferir um salário de 4 milhões de euros brutos por temporada, o que, na prática, quererá dizer que levará para casa cerca de 2 milhões de euros.

Além disso, há que juntar a este valor os 2,5 milhões de euros encaixados com a assinatura do contrato, sendo que o atleta chegará a custo zero à Luz.

Por último, há que referir que o internacional sul-americano esteve também nas cogitações do Atlético Madrid, mas as boas relações entre a Luz e Madrid terão feito cair a possibilidade de representar o clube da capital espanhola, optando assim por assinar pelos 'encarnados'.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 08:53

Fevereiro 02 2016

A menos de duas semanas do Benfica-FC Porto, Rui Vitória conta com duas (grandes) dores de cabeça para o jogo que poderá ser decisivo na luta pelo título.

Lisandro López, que teve de ser substituído na última partida, frente ao Moreirense, após sofrer uma lesão muscular na coxa direita, pode ficar afastado dos relvados durante duas semanas.

O central argentino sabe que irá falhar a deslocação ao Restelo, para a 21ª jornada da I Liga, e a receção ao Sporting de Braga, para as meias-finais da Taça da Liga, ficando, por enquanto, em dúvida para o clássico.

Também Eliseu está em risco de não defrontar o FC Porto, embora por outras razões. O internacional português leva quatro cartões amarelos esta temporada – frente a Sporting de Braga, Vitória de Setúbal, União da Madeira e Nacional – pelo que, se for novamente admoestado na próxima jornada, frente ao Belenenses, ficará automaticamente afastado do jogo com os ‘dragões’.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 10:16

Fevereiro 01 2016

capture-20160201-085614.png

 

Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, a receber esta noite de domingo a 20.ª jornada da Liga NOS. Volvidos seis dias da goleada (1-6) imposta para a Taça da Liga, os mesmos intervenientes mediram novamente forças, agora para um objetivo bem diferente.

Os treinadores anteviram, à partida, um desafio completamente distinto, com rostos diferentes… certo é que houve nova goleada (com números mais singelos), e a superioridade dentro das quatro linhas bem como os três pontos de novo triunfo pertenceram ao mesmo protagonista… o SL Benfica!

 

Entrada mais calculada e calculista, o último confronto estava ainda muito presente e, aos 4’, lance muito polémico na área do anfitrião. Jardel é claramente agarrado e impedido de discutir o lance… mas Manuel Oliveira mandou jogar, negando uma grande penalidade óbvia.

Aos 6’, Pizzi, em grande forma, remata forte e dá o mote para o que seguiria. Boa combinação do coletivo, Samaris abre para o camisola 21 – na direita - cruzar com conta peso e medida para o coração da área onde apareceu o suspeito do costume – Jonas - a cabecear para 0-1, para delírio dos milhares de Benfiquistas que fizeram do Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas um “mini” Estádio da Luz!

Os comandados de Miguel Leal bem tentaram responder, mas na baliza dos “encarnados” mora um enorme Júlio César que, aos 23’ e 37’, disse não a Iuri Medeiros.

Em cima do intervalo, o 0-2, com um xadrez perfeito do Futebol do Bicampeão! Abertura de Renato Sanches a rasgar a esquerda, Eliseu em esforço não desiste e, no limite da linha final, cruza para um golaço de Mitroglou que, de primeira, “fuzila” Stefanovic.

 

Personalidade e Futebol bonito!

Segunda metade com menos oportunidades, mas com o Benfica, sempre por cima, a gerir em qualidade e a firmar a sua ambição.

Minuto 67’ e mais um desenho perfeito do coletivo de Rui Vitória. Jardel oferece a Pizzi, e o médio luso, de bandeja, serve Jonas para o 0-3. O brasileiro bisou no jogo e já são 21 os golos apontados na I Liga, a piscar o olho à Bota de Ouro…

Por falar em desenho perfeito… minuto 75’, futebol em velocidade e ao primeiro toque, agora com o “artilheiro” a oferecer o 0-4 a Gaitán que, com uma trivela mágica, sentencia a conquista de mais três pontos inequívocos.

Já em tempo de compensação, Iuri Medeiros, faz o golo de honra dos locais: 1-4! 

Nota ainda para uma grande penalidade cometida sobre Jonas que Manuel Oliveira deixou passar em claro….

Com este resultado, o Bicampeão mantém-se no 2.º lugar da tabela classificativa, somando agora 49 pontos (16V1E3D), com 54 golos marcados e 14 sofridos.

O SL Benfica alinhou de início com Júlio César; Eliseu, Jardel, Lisandro (Lindelof, 59’) e André Almeida; Samaris (Talisca, 80’), Renato Sanches, Pizzi e Gaitán, Jonas e Mitroglou (Raúl, 72’).

Segue-se nova deslocação, bem mais curta, até ao Restelo para as contas da 21.ª ronda da Liga NOS! Belenenses e SL Benfica têm encontro marcado para as 20h30 da próxima sexta-feira, dia 5 de fevereiro e o objetivo é só um: vencer!

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 08:21

Janeiro 21 2016

O Benfica está muito preocupado com as consequências financeiras e desportivas resultantes do mau comportamento de alguns adeptos.

Fonte do clube ouvida por A BOLA lembra os graves prejuízos que os encarnados têm tido e poderão vir a ter, apelando por isso ao bom senso:

«Os adeptos têm de ser sensíveis aos custos e consequências disciplinares que este tipo de comportamentos representam para o Benfica.»

O Benfica, recorde-se, está na `lista negra´ da UEFA, por comportamento incorreto dos adeptos nos jogos europeus, com o expoente máximo do uso de material pirotécnico a ser registado na visita ao Atlético Madrid.

«O grau de tolerância vai diminuindo. Estamos sob vigilância da UEFA e qualquer deslize vai levar à interdição da Luz. Com o Zenit, já não é só a questão pirotécnica que nos preocupa, mas também qualquer incidente que possa ser interpretado como manifestação racista», alertou o representante das águias.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:54

Janeiro 17 2016

capture-20160117-090510.png

 

Bancadas bem preenchidas no estádio António Coimbra da Mota. Adeptos Benfiquistas em maioria a demonstrarem que acreditam na equipa e que estão no melhor momento do Sport Lisboa e Benfica na temporada, que alcançou, este sábado, a quinta vitória consecutiva no Campeonato.

Corresponderam os jogadores à flor da relva com uma entrada a “todo o gás”. À passagem do minuto quatro, Pizzi atirou por cima, bem perto da baliza do Estoril. Pouco depois, aos sete minutos, Jonas atirou ao poste e Carcela, na ressaca, rematou à malha lateral.

 

No minuto seguinte, André Almeida trabalhou bem na área e disparou para defesa de Kieszek. Só dava Benfica na Amoreira, mas faltava o golo. Esse apareceu aos 11’, mas na baliza do Benfica. Contra a corrente, Leo Bonatini desviou um cruzamento de Anderson Luís para o 1-0.

À adversidade respondeu o Benfica com mais uma oportunidade clamorosa. Passe de Jonas para Raúl Jiménez, que aproveitando uma falha defensiva do Estoril, esteve perto de empatar.

Apesar de ter mais posse de bola, a verdade é que as “águias” sentiam dificuldades nas transições defensivas e não raras vezes o contra-ataque da formação da casa punha os da Luz em sentido. Com o passar dos minutos, o Benfica subiu as linhas, optou por uma pressão alta na primeira zona de construção do Estoril, que perdeu capacidade ofensiva.

O cerco à área adversária ia dando golo de Jonas num cabeceamento perigoso aos 41 minutos. Ao intervalo, o Benfica saía a perder.

 

Mitroglou virou o desafio

Tal como no início da partida, no reatamento o Benfica “encostou às cordas” um Estoril incapaz de travar a avalanche ofensiva. Rui Vitória mexeu no jogo ao intervalo, colocando Mitroglou no lugar de Raúl Jiménez.

Do banco, o grego trouxe o golo aos 52 minutos. O camisola 11 trabalhou bem na área após um cruzamento de André Almeida. Aos 65 minutos, lance muito caricato na Amoreira. Pizzi, Kieszek e a defensiva estorilista não afastaram o esférico que caprichosamente se dirigiu para a baliza. As imagens não elucidam totalmente, mas fica a ideia de que a bola ultrapassou completamente a linha de golo.

Havia cada vez mais Benfica no António Coimbra da Mota e “remontada” deu-se aos 67’. Jonas assistiu Pizzi para um remate cruzado e colocado que deixou em êxtase os vários milhares de Benfiquistas que encheram as bancadas e nunca deixaram de apoiar a equipa.

Mitroglou virou o jogo do avesso. Forte na área, o grego era uma dor de cabeça como aos 73’ em que ofereceu a Jonas a oportunidade do 1-3. Kieszek negou!

Dois minutos depois, jogo interrompido pelo facto de alguns holofotes na bancada central se terem apagado; retomou volvidos três minutos. AS “águias” estavam sempre mais perto do 1-3 do que sofrer o empate, como atesta o cabeceamento de Jardel aos 85’.

 O Benfica segue no 2.º lugar com 43 pontos e na terça-feira enfrenta o Oriental para a Taça da Liga.  

O SL Benfica começou com Júlio César; André Almeida, Lisandro, Jardel, Eliseu; Fejsa, Renato Sanches, Pizzi (Talisca, 88’), Carcela (Gonçalo Guedes, 90'+5); Jonas e Raúl Jiménez (Mitroglou, 45’).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 09:02

Janeiro 15 2016

O castigo imposto pela FIFA ao Atlético Madrid - o clube espanhol só pode inscrever novos jogadores no verão de 2017 - deixou a SAD do Benfica em alerta, segundo pode ler-se em A BOLA.
O extremo argentino encontra-se na agenda do Atlético Madrid há algum tempo, sendo um dos jogadores que o treinador Diego Simeone mais admira.
O Atlético tem, assim, até dia 31 para fazer uma proposta por Gaitán. Senão... só daqui a ano e meio.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:45

Janeiro 05 2016

Foi a 5 de janeiro de 2014, faz esta terça-feira dois anos, que o futebol português recebeu uma das suas mais tristes notícias: Eusébio, o king, tinha morrido, deixara-nos para sempre, ascendera à eternidade.

A marcar a efeméride, o Benfica, clube de sempre do pantera negra, vai homenagear o ídolo, primeiro no Panteão Nacional, onde estão os restos mortais de Eusébio e onde, pelas 14.45 horas, será depositada uma coroa de flores, e depois, na Igreja do Seminário da Luz, às 19 horas, onde será rezada uma missa pelo padre Delmar Barreiros.

Nas duas cerimónias, as águias estarão representadas pelo vice-presidente Alcino António, pelo vice da Assembleia-Geral Virgílio Duque Vieira e pelo presidente do Conselho Fiscal, Nuno Afonso Henriques.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:26

Janeiro 04 2016

César foi cedido ao Flamengo depois de uma experiência menos bem sucedida no Benfica, mas o central brasileiro não perdeu a esperança de vingar com a águia ao peito e promete regressar para voltar.

“Vou conseguir mostrar que tenho condições para jogar na Luz. Não me arrependo de ter ido para o Benfica, pois foi muito bom a nível profissional. Hoje sou visto com outros olhos. A exigência tática é muito maior e precisamos de mudar o jeito de jogar. Também tive uma lesão que atrapalhou, mas na próxima época espero mostrar que tenho condições”, disse, segundo dá conta o Record.

O central de 23 anos destacou a amizade que mantém com Luisão e Jarde, seus companheiros de setor, realçando a sua importância na sua integração no clube da Luz.

“Ele foi muito importante, pois, tal como o Jardel, acolheu-me e disse-me o que o técnico esperava de mim. É complicado um jovem chegar a um novo país e o Luisão fez com que me sentisse da família”, confessou, recordando depois os clássicos como jogos de elevada pressão.

“Defrontei o FC Porto [vitória por 2-0] e aqui joguei contra o Fluminense e o Vasco da Gama. Para mim o que pesou mais foi o desafio com o FC Porto, pois quando entrei no Dragão para render o Luisão até senti um frio na barriga. O estádio estava cheio, pois as duas equipas disputavam o título. Os clássicos aqui são fortes, mas em Portugal a pressão é maior”.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 10:45

Janeiro 03 2016

capture-20160103-065452.png

O Sport Lisboa e Benfica viajou este final de tarde de sábado até à Cidade Berço onde, numa partida relativa à 15.ª jornada do Campeonato Nacional, defrontou o Vitória de Guimarães.

O encontro no Estádio D. Afonso Henriques assinalou o regresso de Rui Vitória a Guimarães e também o regresso do SL Benfica ao palco onde festejou a conquista do Bicampeonato na temporada transata.

 

Na antevisão ao primeiro desafio de 2016, os treinadores não se enganaram, perspetivando uma luta interessante e complicada para ambas as formações… e assim aconteceu!

Sem Samaris – castigado – e como principal destaque o regresso de Gaitán diretamente ao onze de Rui Vitória, os “encarnados” – cientes da importância dos três pontos – entraram em campo com uma postura ambiciosa e aguerrida.

Do outro lado, o 9.º classificado, orientado por Sérgio Conceição e em claro crescendo, respondeu da mesma moeda, situação traduzida numa primeira metade muito intensa, disputada até aos limites e com algumas situações de golo.

Carlos Xistra, no dia em que fez 42 anos, teve tarefa complicada, com os cartões a saírem do bolso do juiz da AF Castelo Branco em diversas ocasiões face às muitas faltas e à agressividade excessiva por parte dos atletas vimaranenses… uma constante na partida!

O SL Benfica teve mais oportunidades, mais remates, mais posse de bola… mas a “redondinha” não quis entrar!

Destaque para os minutos finais dos primeiros 45 minutos. Depois de Licá (34’) ameaçar, os “encarnados” carregaram com tudo e, não fosse o guarda-redes Miguel Silva a mostrar serviço, as “águias” teriam ido para o descanso em vantagem, com Jonas a dispor de três boas ocasiões consecutivas para marcar.

 

O “miúdo” Renato Sanches resolveu!

Segunda metade a começar com mais velocidade, ritmo intenso, muita vontade e as quezílias a manterem-se!

Desafio mais aberto, com os jogadores a jogarem muitas vezes mais com o coração do que com a cabeça… e as oportunidades de golo começaram a surgir com maior frequência, com Pizzi (65’ e 69’) em plano de evidência, depois de um bom reinício dos anfitriões a que Júlio César correspondeu.

Aos 74’, finalmente, o golo do Bicampeão! Na sequência de um livre, a bola sobra para Renato Sanches que, à primeira vê a bola embater na muralha de jogadores adversários, mas não desiste e, à segunda, remata forte e colocado para mais um golaço!

Um golo pleno que raça e que valeu três pontos muito importantes nas aspirações do grupo, face a um janeiro em que enfrentará em ciclo exigente de oito jogos em somente 30 dias.

Com este resultado, o SL Benfica ocupa a 3.ª posição da tabela classificativa, soma 34 pontos, fruto de 11 vitórias, um empate e três derrotas, com 35 golos marcados e dez sofridos.

O SL Benfica alinhou de início com Júlio César, André Almeida, Jardel, Lisandro, Eliseu; Fejsa, Pizzi, Renato Sanches, Gaitán (Carcela, 67’); Raúl (Cristante, 88’) e Jonas (Mitroglou, 90+1’).

O Bicampeão torna a entrar em ação já na próxima quarta-feira, com o regresso ao Estádio da Luz, no primeiro jogo do ano 2016 em casa. O adversário é o Marítimo, numa partida referente à 16.ª jornada da Liga NOS, agendado para as 19h00.

Segue-se uma viagem à Pérola do Atlântico, marcada para o próximo domingo, dia 10 de janeiro. O SL Benfica defronta, no Estádio da Madeira, a formação do CD Nacional. Esta partida é alusiva à 17.ª ronda da Liga NOS e tem apito inicial às 20h30.

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:46

Dezembro 30 2015

cats.jpg

publicado por Benfica 73 às 10:35

Dezembro 28 2015

O negócio do FC Porto com a MEO apanhou desprevenido muitas pessoas, mas o Benfica não foi uma dessas entidades, dá conta o Record.

Na altura em que o emblema da Luz anunciou o acordo com a NOS, Luís Filipe Vieira garantiu que este viria a ser uma referência para os outros clubes e a verdade é que foi mesmo. Prova disso foi o acordo anunciado com o FC Porto.

Os ‘encarnados’ ficam a ganhar com a parceria com o FC Porto, uma vez que o acordo assinado com a NOS prevê um aumento de 10% dos valores envolvidos no caso de os rivais superarem o seu acordo.

Apesar disso, ainda reina a dúvida acerca dos valores envolvidos na venda dos direitos televisivos, pois ainda não foram divulgados os montantes quer no caso do Benfica, quer no do FC Porto.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 09:57

Dezembro 15 2015

Nolito, extremo que representa o Celta, mas que já foi do Benfica, garante esta terça-feira à imprensa espanhola que vai renovar pelo clube. O atleta é bastante cobiçado em Espanha, mas não esquece o seu passado, nomeadamente a passagem pelo estádio da Luz.

Em declarações ao jornal A Marca, o extremo explica que o salto da equipa B do Barcelona para um 'grande' foi importante para a sua carreira, até porque foi em Lisboa que ganhou maturidade e aprendeu a trabalhar mais para ter a sua oportunidade de brilhar.

“Cresci como homem e jogador no Benfica. No ano e meio que lá estive ganhei maior maturidade. Quando não jogava trabalhava mais duro ainda, não baixava os braços e não vinha abaixo. Pensava constantemente naquilo em que estaria a falhar para ter sucesso e muitas vezes ficava mais uma hora no treino e repetia o mesmo exercício 20 vezes”, afirmou Nolito.

“Passei de jogar no Barcelona B para vir jogar num grande de Portugal, onde partilhei o balneário com jogadores como Saviola ou Aimar… Era espectacular. Isso fez com que melhorasse”, terminou.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 11:45

Dezembro 14 2015

David Luiz.jpg

O central David Luiz confessou, em entrevista a um jornal francês, que escondeu uma lesão de Luís Filipe Vieira, em 2007, para poder assinar pelo Benfica.

«Devia ter saído de Salvador a 30 de janeiro. O problema é que o meu passaporte estava em São Paulo. Apanhei o voo para São Paulo e depois um outro para Lisboa, onde cheguei mesmo antes do fim do mercado para assinar, mesmo sem fazer exames médicos. Se tivesse chegado um dia mais cedo, como previsto, não teria assinado. Tinha uma pubalgia e mal conseguia andar. A 1 de fevereiro, quando fiz os exames, o médico ficou chocado. Isso foi escondido do presidente do Benfica», revelou o jogador brasileiro ao Journal du Dimanche.

David Luiz chegou ao emblema da Luz em janeiro de 2007, deixando o clube quatro anos depois para rumar ao Chelsea a troco de 25 milhões de euros.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 13:02

Dezembro 13 2015

capture-20151213-095417.png

O estádio do Bonfim recebeu a 13.ª jornada, com o jogo entre o V. Setúbal e o Benfica. Desde logo realce para a ausência de Gaitán, ausente do encontro devido a lesão contraída com o Atlético de Madrid, na última terça-feira.

Depois de, em Braga, Rui Vitória ter colocado a equipa a jogar num sistema de 4-5-1, na cidade das margens do Sado, o técnico optou pela tática que mais vezes tem usado esta época: 4-4-2, com Jonas e Mitroglou na frente de ataque.

O jogo começou vivo, muito disputado a meio-campo, com muita intensidade e com as duas equipas a tentarem surpreender através de transições rápidas. O primeiro sinal de perigo saiu mesmo do pé direito de Jonas aos sete minutos, com um remate de fora da área para defesa de Ricardo.

Com o passar dos minutos, o Futebol assentou e o Benfica tomou conta da posse de bola e acercou-se da área sadina. À passagem do minuto 20, de novo Ricardo em ação, com uma intervenção a um cabeceamento perigoso de Lisandro. A equipa da casa sentia dificuldades em sair da pressão alta exercida pelo Benfica e só raras vezes conseguiu apanhar a defensiva Benfiquista desprevenida como aconteceu ao minuto 25, com Suk a rematar ao lado após roubo de bola de André Horta a Samaris, que endossou logo ao coreano.

 

Havia cada vez mais Benfica no Bonfim e o golo acabou por surgir aos 35’. Passe de André Almeida para Pizzi, este bailou na área e rematou forte. Ficou a ideia de que Ricardo foi mal batido. Três minutos volvidos, novamente André Almeida no papel decisivo do último passe ao fazer um cruzamento com conta, peso e medida para a cabeça de Jonas. Estava feito o 0-2.

O jogo foi assim para o intervalo e no reinício, o Benfica esteve perto do 0-3! Rúben Semedo perdeu a bola, Jonas saiu isolado, Ricardo tapou-lhe os caminhos da baliza, o brasileiro passou para Mitroglou que rematou para as mãos de Ricardo (48’). Não foi neste lance, foi no seguinte. Jonas descobriu Mitroglou a fugir nas costas da defesa sadina e o grego, só com Ricardo pela frente, atirou a contar (54’).

 

Djuricic estreia-se e mexe com o jogo

Quando se esperava que o jogo ficasse mais tranquilo para os da Luz, eis que o V. Setúbal acordou. À passagem do minuto 58, Suk trabalhou bem na área, rematou, o esférico vai ao poste e na recarga Vasco Costa reduz. Estranhamente, o Benfica sentiu o tento sofrido e percebeu isso o conjunto da casa, que fez subir as linhas, exerceu maior pressão, com a bola a rondar a área “encarnada” nos minutos seguintes. O 2-3 esteve eminente aos 74 minutos, de novo, por Vasco Costa.

Antes deste lance parece ter ficado por marcar uma grande penalidade a favor do Benfica por falta sobre Djuricic.

O tento da tranquilidade surge aos 79 minutos. Djuricic arrancou até à área contrária, assistiu Gonçalo Guedes que não conseguiu marcar. A bola sobrou para Mitroglou que rematou ao poste. O esférico resvalou para Ricardo e entrou na baliza. Azar para o guardião sadino.

Uma vez mais, o V. Setúbal não se deu como vencido e aos 88’, Suk desviou para o 2-4, contudo insuficiente para evitar o desaire.

O Benfica alcança a quinta vitória consecutiva na Liga NOS e soma 27 pontos na classificação. O calendário Benfiquista fica acertado na 3.ª feira, às 21h00, com o U. Madeira.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com Júlio César; André Almeida, Lisandro, Jardel, Eliseu; Samaris, Renato Sanches (Fejsa, 80’), Gonçalo Guedes, Pizzi; Jonas (Djuricic, 69’) e Mitroglou (Raúl Jiménez, 87’).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 09:50

Dezembro 12 2015

No início desta semana, o Atlético Madrid veio a Lisboa para jogar com o Benfica, naquele que foi o último jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões. Para além do encontro, as duas equipas aproveitaram para celebrar um acordo de cavalheiros, referente à formação de jovens.

A direção do Atlético Madrid esteve no centro de estágios do Seixal, local que deixou impressionados os responsáveis ‘colchoneros’, devido às instalações e os métodos de trabalho ali encontrados.

O acordo que ambos os clubes fizeram para o futuro regista o seguinte: O Atlético Madrid é sempre previligiado, no caso de mostrarem interesse num dos muitos jovens que evoluem no Caixa Futebol Campus. Já o Benfica também terá preferência sobre qualquer promessa que venha a despontar em Madrid.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 11:35

Dezembro 11 2015

Quando questionado por aquele que pode ser o próximo grande negócio do Benfica, Luís Filipe Vieira não quis tecer grandes comentários mas deu a entender que a parceria para a venda do naming do estádio da Luz pode ir mais além, do que aquilo que previa, e que pode também passar por investimento estrangeiro.

“No Benfica, todos os dias temos desafios. E para quem lidera este clube e sabe que tem Domingos Soares de Oliveira como CEO, tendo uma marca como o Benfica, as coisas não passarão só pelo naming. Hoje, e com a equipa que temos, o país é pequeno para a marca Benfica. Por isso, outros horizontes teremos”, referiu Luís Filipe Vieira na apresentação do acordo do clube ‘encarnado’ com a NOS.

Importa referir que o Benfica tem em mãos, segundo o jornal O Jogo, uma oferta de 10 milhões de euros por ano, da Yokohama, para a venda do naming do estádio da Luz, num acordo que pode ter a duração de 10 anos e render ao Benfica um total de 100 milhões de euros.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 09:54

Dezembro 10 2015

A transferência de Lisandro López para a Fiorentina de Paulo Sousa tem-se ‘arrastado’ durante o último mês, mas a imprensa italiana garante que a ‘novela’ estará perto de chegar ao fim.

O site Calciomercato revela que, pese embora considere os oito milhões de euros pedidos pelo Benfica um valor exagerado, a Fiorentina pretende fechar a contratação o mais rápido possível, até para evitar que a concorrência se acumule na reabertura do mercado.

Para o seu lugar, poderá chegar Victor Cuesta. O jornal Record noticia que o central argentino do Independiente é uma das hipóteses para suceder ao compatriota, embora Luís Filipe Vieira se mostre relutante devido à sua idade (27 anos).

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 09:58

Dezembro 07 2015

O lançamento de petardos por adeptos do Benfica contra aficionados do Atlético de Madrid, durante o encontro da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, ainda não foi esquecido.

Por isso mesmo, os 'encarnados' convidaram o jovem que acabou atingido por um petardo para estar presente no jogo desta terça-feira.

Segundo o jornal Marca, o jovem e o seu pai irão estar presentes no Estádio da Luz para assistir ao encontro entre Benfica e Atlético de Madrid.

Contudo, os adeptos dos ‘colchoneros’ recusaram o convite e decidiram assistir ao jogo em casa, na capital espanhola.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 10:52

Dezembro 05 2015

capture-20151205-101152.png

Noite fria no Estádio da Luz aquecida pelo bis de Jonas e pelo golo de antologia de Renato Sanches! Apesar de ser sexta-feira, o público apareceu nas bancadas – cerca de 35 mil espectadores – e não se cansou de apoiar o Sport Lisboa e Benfica frente à Académica, no jogo que abriu a 12.ª jornada.

A equipa da casa entrou dominadora e empurrou o adversário para o seu meio-campo, com uma troca assertiva da bola, privilegiando a posse ou através de transições rápidas para o ataque. O oponente, por seu lado, sentiu sempre dificuldades em sair a jogar fruto de uma intensa pressão sobre a bola, nomeadamente na primeira metade.

 

O assalto concreto à área estudantil dá-se aos 15 minutos através de uma “bomba” de Pizzi que sai pouco por cima (15’). O médio português estava em todas e aos 24 minutos, após um “slalom” impressionante, atirou para defesa de Trigueira.

O Futebol Benfiquista era perfumado e à passagem do minuto 34 houve oportunidade clamorosa para os da casa. Jonas trabalhou bem à entrada da área, descobriu Gaitán, que foi derrubado por Trigueira. Grande penalidade!... Que Jonas não desperdiçou. Estava feito o primeiro na Luz.

Antes do intervalo, Renato Sanches deu um ar da sua graça ao atirar por cima após uma boa jogada individual. Pouco depois, o jogo foi para o descanso com o SL Benfica na frente por 1-0.

Sem alterações no onze, o Benfica voltou do intervalo com a mesma vontade que já demonstrara nos primeiros 45 minutos. A Académica manteve a toada defensiva e de expectativa com que chegara a Lisboa.

Maior domínio das “águias” acabou por obrigar Ofori a fazer grande penalidade ao cortar com a mão um cruzamento de Eliseu para Mitroglou. Aproveitou Jonas para bisar na partida aos 69 minutos. Mesmo a vencer por 2-0, o Benfica não estava satisfeito. Queria mais e aos 78 minutos foi Mitroglou a tentar o golo após bom contra-ataque conduzido por Gaitán.

 

Golo Olímpico encerra noite

Esse mais apareceu aos 84 minutos e da melhor forma possível. Renato Sanches, o “miúdo” de 18 anos, do meio da rua, atirou uma “bomba” que se fixou na gaveta da baliza de Trigueira. Que golão! Estava feito o 3-0 e a estreia do camisola 85 a marcar pelas “águias”.

O Benfica soma agora 24 pontos na tabela classificativa e na terça-feira recebe o Atlético de Madrid, em jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com Júlio César; André Almeida, Lisandro, Jardel, Eliseu; Fejsa (Samaris, 67’), Renato Sanches, Pizzi (Gonçalo Guedes, 74’), Gaitán; Jonas e Mitroglou (Carcela, 80’).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:07

Dezembro 04 2015

O Benfica pode mesmo deixar sair Mehdi Carcela na reabertura do mercado de transferências em janeiro, se porventura aparecer uma proposta que satisfaça os responsáveis ‘encarnados’ e que cubra o dinheiro inicialmente investido na compra do internacional marroquino.

Até à data ainda não existem propostas, mas a SAD das ‘águias’ está aberta a negociar alguma possível oferta. Recorde-se que Carcela foi comprado esta época ao Standard Liège, por 4 milhões de euros.

Neste momento, o jogador marroquino realizou seis jogos de águia ao peito, enquanto foi apenas titular em um desses encontros. Esta situação não agrada aos responsáveis do Benfica, podendo até vir a piorar, tendo em conta que em janeiro, Salvio poderá estar recuperado e deixar Carcela ainda com menos espaço no plantel ‘encarnado’.

Fonte: Notias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 09:33

Dezembro 03 2015

O Benfica comunicou ontem, quarta-feira, ter chegado a acordo para a venda dos seus direitos televisivos. Os 'encarnados' passam a receber 40 milhões de euros por temporada.

O anúncio caiu esta quarta-feira que nem uma bomba. O Benfica vendeu os seus direitos televisivos por 10 anos. O valor? 400 milhões de euros, ou seja, 40 milhões de euros por temporada.

Esta quinta-feira, escreve A Bola que o Sporting e FC Porto ficaram a ver à distância o negócio com a NOS e sabe-se agora que 'dragões' e 'leões' juntos, por temporada, não chegam sequer a atingir os valores que passam a entrar, já na próxima temporada, nos cofres da Luz.

Os portistas recebem qualquer coisa como 16 milhões de euros por temporada no seu contrato com a PPTV/Olivedesportos, e os 'verde e brancos' 15 milhões, com um contrato com a mesma entidade. Os vinculos duram até 2018 e só aí poderão ser renegociados

Relembre-se que, em 2012, as 'águias' chegaram a rejeitar uma oferta por 22,4 milhões de euros, sendo que no relatório de 2014/15, onde se examinavam as contas 'encarnadas', o clube apresentou 34,6 milhões de receitas advindas do seu canal, o que retirando os custos da BTV – 11 milhões de euros – rendeu cerca de 23,5 milhões em proveitos.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 09:29

Dezembro 02 2015

A afirmação de Gonçalo Guedes na equipa principal do Benfica promete tornar-se num verdadeiro quebra-cabeças para os lados da Luz. As boas exibições carimbadas pelo jovem extremo têm valido um coro de interessados na sua contratação ou, pelo menos, olhares redobrados ao seu talento.

Escreve esta quarta-feira o jornal O Jogo que o Valência está a seguir de perto a evolução do talento despontado no Seixal, sendo que ponderam mesmo poder avançar para um negócio.

Para trás ficaram vários negócios realizados entre os dois clubes, sendo que de Valência já 'voaram' para os cofres da 'águia' qualquer coisa como 85 milhões de euros, à conta das transferências de Rodrigo (30 milhões), André Gomes (15 +10 milhões por objetivos), Enzo Pérez (25 milhões) e João Cancelo (15 milhões).

Assim, a ideia do clube do país vizinho é ir trabalhando na possibilidade de transferir o atleta, fazendo uma espécie de cerco negocial que culmine no final da temporada com a concretização de um negócio.

Por outro lado, o atleta internacional português também é seguido por outros clubes de renome, nomeadamente o Arsenal que já terá feito um conjunto de observações ao jogador.

Com contrato até 2021 e cláusula de 60 milhões, o extremo poderá ser o próximo protagonista de uma transferência milionária.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 12:13

Dezembro 02 2015

O mercado de janeiro já começou a mexer para os lados da Luz. O bicampeão nacional deverá apostar em alguns reforços para o plantel, para tentar a conquista do tricampeonato. Porém, um dos atletas em maior evidência no plantel de Rui Vitória poderá também deixar Lisboa.

De acordo com o que escreve esta quarta-feira o jornal Record, Siqueira é possibilidade para ingressar no Benfica já em janeiro, vindo, claro do Atlético Madrid. Com pouca utilização na capital espanhola, os 'encarnados' estão a tentar o seu regresso já em janeiro.

O brasileiro de 29 anos reúne, de acordo com os responsáveis da Luz, os requisitos necessários para se afirmar de imediato no plantel às ordens do ex-Vitória de Guimarães, podendo concorrer com Eliseu por um lugar na esquerda.

Por outro lado, escreve o mesmo jornal que Nico Gaitán é pretendido pelo Atlético Madrid, sendo que os 'colchoneros' ponderam abrir fogo com milhões para contratar o argentino.

O extremo tem estado em evidência no 'novo' Benfica, ganhando ainda maior destaque na manobra ofensiva das 'águias' do que quando o clube era treinado por Jorge Jesus.

Porém, neste ponto, o Atlético Madrid terá concorrência de peso, uma vez que Gaitán é há muito seguido pelo Manchester United que recentemente voltou a observar o jogador.  

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 10:08

Dezembro 01 2015

1. Considerando as declarações e as condutas públicas, protagonizadas de forma reiterada ao longo da presente época desportiva por parte da «Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD», através dos seus dirigentes Bruno Miguel Azevedo Gaspar de Carvalho, presidente do conselho de administração, Jaime Marta Soares, presidente da mesa da assembleia geral do «Sporting Clube de Portugal” (accionista clube fundador da «Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD»), Octávio Joaquim Coelho Machado, director-geral de futebol da «Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD», e Jorge Fernando Pinheiro de Jesus, treinador principal da equipa da «Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD», o conselho de administração da «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» decidiu apresentar participações disciplinares junto da Comissão de Instrução e Inquéritos (CII) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

 

2. Com tais participações disciplinares, pretende a «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» que os órgãos jurisdicionais desportivamente competentes averiguem e apreciem tais condutas, no local próprio e em aplicação dos regulamentos aplicáveis.

 

3. Nessas participações constam comportamentos que se enquadram na prática de ilícitos disciplinares muito graves e/ou graves, tais como, entre outros, “exercício e abuso de influência”, “coacção sobre árbitros”, “declarações sobre arbitragem antes dos jogos”, “declarações sobre a organização das competições” e “lesão da honra e da reputação dos órgãos da estrutura desportiva e dos seus membros, árbitros e demais agentes”.

 

4. A «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» aguardará pela investigação e apreciação dos factos pelas entidades jurisdicionais competentes, sem prejuízo das providências a tomar em sede criminal, cível e contra-ordenacional.

 

5. A «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» informa que não tem intenção de emitir quaisquer outras declarações públicas sobre a matéria objecto de participação, de modo a preservar o bom nome e imagem das competições e de assegurar o respeito pelos agentes desportivos e pelos titulares dos órgãos desportivos competentes.

 

6. A «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» informa ainda que se reserva a faculdade de comunicar a sua conduta processual junto da CII da LPFP à Secretaria de Estado do Desporto e Juventude (para o efeito de aplicação do artigo 14º do Regime Jurídico das Federações Desportivas – DL n.º 248-B/2008, de 31 de Dezembro).

Lisboa, 01 de Dezembro de 2015

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 14:38

Dezembro 01 2015

A NOS, operadora de telecomunicações que patrocina a liga portuguesa de futebol, terá feito chegar à Luz uma proposta de 400 milhões de euros pelos direitos de transmissão dos jogos do Benfica.

A notícia, ontem avançada pela TVI24, é hoje confirmada pelo jornal A Bola, que refere que o acordo, válido por 10 anos – 40 milhões de euros por época – seria o maior negócio de sempre no futebol português.

A confirmar-se, os ‘encarnados’ perderiam a possibilidade de transmitirem os próprios jogos na BTV, mas aumentariam, substancialmente, as receitas televisivas, que, no último exercício financeiro do clube, ascenderam aos 17,3 milhões de euros.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 12:01

Dezembro 01 2015

capture-20151201-091130.png

O Estádio Municipal de Braga foi esta noite de segunda-feira o palco do desafio da 11.ª jornada da Liga NOS. Sport Lisboa e Benfica e SC Braga defrontaram-se num desafio intenso, com as “águias”, com oito atletas impossibilitados de ir a jogo entre castigados e lesionados… mas com a ambição e responsabilidade de sempre!

Entrada fortíssima do Bicampeão a dar força e expressão no relvado às palavras de Rui Vitória na antevisão ao desafio… “O Benfica vai a Braga para ganhar”… e ganhou e ganhou bem!

 

Três minutos volvidos desde o apito inicial de Hugo Miguel, Mitroglou trabalha bem na área e, de calcanhar, oferece o primeiro golo a Pizzi que, vindo de trás, remata sem hipóteses.

Aos dez minutos o mesmo Pizzi remata de meia distância… com a bola a rasar o poste mas o segundo golo dos “encarnados” não tardaria!

Minuto 11’, canto cobrado na esquerda por Pizzi com a dupla de centrais do Glorioso a construir o 0-2. Jardel assiste Lisandro – grande receção – e remate de primeira (à ponta de lança) a desfeitear as redes minhotas.

Desafio intenso, com lances de perigo nas duas balizas com destaque ainda na primeira parte para uma grande defesa de Júlio César (15’). Primeiro o cabeceamento ao poste de Hassan, depois a recarga de Rafa para o guardião brasileiro brilhar!

 

Traves e um penálti não assinalado!

No reatar, grande oportunidade para os comandados de Rui Vitória. Na cobrança de um livre, Gaitán, com classe, atira à trave, com Kritciuk - batido - colado ao relvado.

Aos 68’, lance tirado a papel químico do anterior… só que na outra baliza: Livre marcado de forma exímia por Filipe Augusto, com a trave a devolver o esférico.

Com quinze minutos para jogar, o recém-entrado Jonas remata forte para defesa de Kritciuk. Na tentativa de recarga, no coração da área, Pizzi é carregado em falta por Baiano… mas Hugo Miguel nada assinalou! Grande penalidade claríssima favorável ao Benfica que o árbitro não assinalou, numa arbitragem em que mais uma vez a dualidade de critérios, nomeadamente a amostragem de cartões, foi gritante!

Com uma vantagem de dois golos, o SL Benfica geriu e controlou com qualidade, espreitando com perigo sempre que possível as redes contrárias; do outro lado, os anfitriões, que até esta segunda-feira se mantinham invencíveis na Pedreira, bem tentaram inverter o marcador mas, face a um coletivo maduro e coeso, viram os seus intentos gorados! Vitória justa de uma equipa inteligente!

Com este resultado, e menos um jogo, os “encarnados” somam 21 pontos (sete vitórias e três derrotas), ultrapassando o anfitrião desta noite na Pedreira e subindo ao 3.º lugar da tabela classificativa.

O SL Benfica alinhou de início com Júlio César; André Almeida, Jardel, Lisandro e Eliseu; Fejsa, Renato Sanches, Pizzi (Cristante, 88’), Nico Gaitán e Gonçalo Guedes (Jonas, 72’); Mitroglou (Raúl Jiménez, 64’).

O Bicampeão Nacional torna a entrar em campo já na próxima sexta-feira, dia 4 de dezembro, com a receção à Académica de Coimbra, uma partida referente à 12.ª ronda da Liga NOS com início às 20h30 no Estádio da Luz.

Na terça-feira, pelas 19h45, abre-se a janela da Liga dos Campeões, com a Catedral a ser o palco da 6.ª e derradeira jornada da Fase de Grupos da prova. Já com o apuramento garantido, SL Benfica e Atlético de Madrid decidem a liderança do Grupo C.  

Fonte: SLB

Ficha de Jogo Aqui

Fotos Aqui

capture-20151201-094424.png

publicado por Benfica 73 às 09:15

Novembro 30 2015

O Sporting de Braga-Benfica pode ser essencial para manter os ‘encarnados’ na luta pelo título – caso saia vencido da ‘Pedreira’ e o Sporting vencer, em casa, o Belenenses, o ‘fosso’ para a liderança aumenta para os 11 pontos, embora com menos um jogo – e Rui Vitória tem preparado um meio-campo nunca antes visto.

Com Samaris castigado, depois de ter sido expulso frente ao Sporting, o técnico deverá apostar em Ljubomir Fejsa para dar maior consistência no ‘miolo’. O sérvio está recuperado da lesão contraída no primeiro dérbi do campeonato e, visto dar mais garantias do que o jovem Cristante, deverá mesmo ocupar o lugar em aberto no centro do terreno.

Ao seu lado, o ‘menino’ Renato Sanches, que surpreendeu tudo e todos ao ter assinado uma exibição de ‘encher o olho’ em Astana, deverá, aos 18 anos, estrear-se a titular no campeonato português, complementando o mais defensivo Fejsa com maior velocidade e controlo de bola.

No resto da equipa, deverão registar-se algumas alterações, mas todas elas por lesão ou castigo. Júlio César é ‘dono e senhor’ da baliza ‘encarnada’. Na defesa, Lisandro López e André Almeida deverão render os lesionados Luisão e Sílvio, fazendo, assim, companhia a Jardel e Eliseu. Nas alas, Gaitán e Gonçalo Guedes são ‘intocáveis’, enquanto que, no ataque, Jonas, recuperado de lesão, deverá regressar para fazer companhia a Jiménez.

Fonte: Noticias ao Minuto

publicado por Benfica 73 às 10:05

Novembro 29 2015

O presidente do Benfica reforçou, este domingo, no Luxemburgo, a ideia que esta época será determinante para o futuro do clube. Perante cerca de 170 adeptos, Luís Filipe Vieira mostrou-se ciente que o caminho não é fácil, mas deixou discurso de otimismo.

«Este ano é um ano de mudança, por várias razões. É um ano que será decisivo para garantir a sustentabilidade e o futuro do clube por muitas e muitas gerações. Quando tomamos decisões, não o fazemos por capricho ou de forma leviana. Fazemo-lo em função daquilo que acreditamos ser o melhor para o Benfica, fazemo-lo em função daquilo que nos dá garantias de que nunca mais vamos voltar aos tempos em que o clube quase desapareceu. É para isso que trabalhamos», disse Luís Filipe Vieira.

O líder do clube da Luz reconheceu que muitos podem no curto prazo não entender, mas garantiu convictamente: «O futuro passa pelas opções que hoje estamos a tomar.»

«Vão surgir sempre algumas dificuldades – é inevitável –, mas há algo de que nunca devemos desistir: das nossas convicções, do rumo que decidimos seguir e, acima de tudo, do nosso otimismo. Não de um otimismo cego que ignora as dificuldades, mas sim de um otimismo que sabe que as dificuldades vão surgir e que temos de as saber contornar. Este ano é um ano marcado por decisões estratégicas que vão definir o futuro do Benfica, e esse futuro depende de todos nós, mais uma vez», vincou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:29

Novembro 28 2015

O avançado Jonas está determinado em ajudar o Benfica a realizar uma excelente campanha na Liga dos Campeões, onde já estão apurados para os oitavos-de-final da Champions.

«É um privilégio estar na Champions, porque são pouco jogadores que estão nesta competição. Estamos aqui fruto do nosso trabalho na época passada», afirmou Jonas, em declarações à «Adidas Magazine».

Sobre os objetivos na participação na Liga dos Campeões.
«Temos de desfrutar desta competição, que é a mais bonita em termos europeus. Queremos fazer uma grande campanha em 2016.»

Jonas está a utilizar um novo modelo da Adidas e revelou que espera que as botas também façam a diferença nas suas exibições.
«Espero fazer muitos golos e ajudar o Benfica a vencer jogo. Espero que estas botas ajudem na finalização.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:28

BENFICA 73
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29


subscrever feeds
comentários recentes
claro que o meu comentärio ë relativo ao "jornalis...
Deves ser uma mente brilhante. Nao ë nada disso qu...
Benfica está em alta! :D
OláVocê foi negado pelo seu banco ou qualquer outr...
BoasSe vai sair? Vai, não irá fazer toda a carreir...
Sou enfermeira de profissão e após ter-se divorcia...
O tareco e o bobi de dentuça arreganhada; a miss P...
PETIÇÃO VMOC ZPORTING LISSABONPetição contra a dis...
para alem da vantagem moralizadora do desvio, obri...
Que bela gestão desportiva.... comprar por 6M e ve...
Quando é que temos uma verdadeira equipa, Rui Vitó...
Depois de no jogo com o zporten ter fechado os olh...
Quando está o Glorioso em jogo já viste algum laga...
Vamos ver como se vai comportar desta vez o «artis...
Que venha 2016! Com um Benfica a jogar à Benfica e...
Comentário de um Sportinguista ao Contrato da Bobo...
http://global-vote.blogspot.pt/2015/12/FEYENOORD-v...
É do treinador que não o soube relegar para a B, d...
A mim os servios nao me convencem tem a mania que ...
O homem nestes últimos anos teve vários treinadore...

contador visitante