Janeiro 29 2015

Benfica e Peñarol chegaram finalmente a entendimento e Jonathan vai ficar na Luz até 2017, segundo noticia esta quinta-feira A BOLA.
O acordo foi obtido ao início da madrugada e, hoje, enfim, Jonathan já deve apresentar-se no treino do plantel orientado por Jorge Jesus.
A SAD encarnada paga de imediato dois milhões de euros por 40 por cento do passe do jogador, mais quatro milhões quando exercer o direito de opção sobre os restantes 60 por cento.
Com Jonathan fica também Elbio Álvarez.

Fonte: A Bola

 

publicado por Benfica 73 às 10:26

Janeiro 23 2015

Em final de contrato com o Benfica, Maxi Pereira vai aguardar pela chegada do empresário Paco Casal a Lisboa, no final do mês, para discutir os termos do novo vínculo com as águias.
Conforme pode ler-se na edição desta sexta-feira d´ A BOLA, o clube já tomou conhecimento da situação pelo próprio jogador, que reserva para o agente as decisões mais importantes da carreira
O contrato de Maxi Pereira expira a 30 de junho próximo.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:08

Janeiro 23 2015

Per Jonsson, empresário de Victor Lindelof, deu conta da intenção do Benfica de renovar contrato com o defesa sueco – o atual vínculo expira no próximo mês de junho –, descartando negociar a transferência do defesa-central para o Malmo.

«Parece complicado. Vamos ver. O Benfica quer oferecer-lhe um contrato de primeira equipa», adiantou o agente em declarações FotbollDirekt.

Com poucas oportunidades na equipa de Jorge Jesus, Lindelof não enjeitaria o regresso à Liga sueca, de onde saiu em 2012 (representava o Vasteras SK) para ingressar nos juniores das águias.

«Num clube grande como o Benfica, com um plantel tão vasto, provavelmente as hipóteses de ser utilizado com regularidade na próxima época não serão tão grandes. E o Victor sente que precisa de jogar na equipa principal», indicou Per Jonsson.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:06

Janeiro 22 2015

A equipa de Futebol do Sport Lisboa e Benfica garantiu, na noite desta quarta-feira, no estádio Comendador Joaquim Almeida Freitas, a passagem para as meias-finais da Taça da Liga após vencer o Moreirense por 0-2. A 3.ª fase foi terminada só com triunfos, com sete golos marcados e nenhum sofrido.

 

Em Moreira de Cónegos percebeu-se aquilo que já se tinha visto na visita do Moreirense à Luz. Não ia ser fácil, e não foi! Desde os minutos iniciais, a equipa da casa exerceu uma pressão grande sobre o portador da bola a toda a largura do terreno. Por sua vez, o Benfica – com algumas mexidas no onze face ao apresentado na Madeira – tentou sair a jogar com a bola controlada, seja pelo meio, seja pelas alas, com tabelinhas curtas que abrissem espaços para a finalização.

Sem grandes oportunidades de parte a parte, os primeiros “frissons” foram criados por Arsénio aos 17’ e aos 18 minutos. Em ambas as situações, Artur respondeu bem. À passagem do minuto 23, Derley fez uma incursão pela esquerda, entrou na área e no frente-a-frente com Danielson caiu. O árbitro Jorge Tavares optou por mostrar cartão amarelo ao avançado por simulação, mas a verdade é que se nota um toque de Danielson no pé esquerdo do Benfiquista.

 

A circulação de bola do Benfica com eficácia de passe e rapidez obrigou o Moreirense a baixar as linhas a partir da meia hora. O esférico rondou a área de Marafona com maior intensidade, como foi o caso aos 33’, com o remate de Luisão um tudo-nada ao lado. O perigo acercava-se e acentuou-se aos 42 minutos com o remate cruzado de Jonas que passou a centímetros do poste da baliza minhota.

Ao intervalo era o nulo que reinava em Moreira de Cónegos. Após um reatamento algo incaracterístico, Jonas deu um pontapé no marasmo e obrigou Marafona a estirada vistosa (54’). Da ameaça ao golo houve um hiato de 10 minutos. O camisola 17 combinou com Derley e rematou em jeito sem hipóteses de Marafona que ficou a olhar para a bola a aninhar-se nas redes.

 

A vencer parece que tudo corre ainda melhor. Aos 68 minutos, Derley trabalhou bem e só com Marafona pela

frente picou-lhe o esférico para o 0-2. O Moreirense sentiu os tentos sofridos, ficou nervoso e podiam as “águias” aproveitar para ampliar o resultado. Derley esteve muito próximo de bisar aos 75’, mas o guardião contrário defendeu por instinto.

Foi a 10 minutos do fim e já com Gonçalo Guedes em campo que o Benfica poderia ter feito o 0-3. O jovem português centrou e Pizzi rematou para a baliza sem Marafona, mas um defesa do Moreirense cortou sobre a linha de golo.

Até final nada de significativo aconteceu e o Benfica fica agora à espera do adversário nas meias-finais da Taça da Liga.

O Sport Lisboa e Benfica alinha com o seguinte onze: Artur Moraes; André Almeida, Luisão, Jardel e Eliseu (Sílvio, 45’); Cristante, Pizzi, Ola John e Sulejmani (Samaris, 52’); Derley e Jonas (Gonçalo Guedes, 73’).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 11:05

Janeiro 21 2015

O Benfica anunciou, esta terça-feira, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), ter chegado a acordo com o Mónaco para a transferência definitiva de Bernardo Silva por 15,750 milhões euros.
Bernardo Silva, de 20 anos, foi emprestado no início da época ao clube do principado, que decide agora avançar para a compra definitiva dos direitos do jogador.

Eis o comunicado:
«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo com o AS Mónaco para a transferência a título definitivo dos direitos desportivos e económicos do atleta Bernardo Silva, pelo montante de € 15.750.000 (quinze milhões e setecentos e cinquenta mil euros).»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:53

Janeiro 20 2015

O médio alemão Hany Mukhtar, contratado ao Hertha de Berlim, realizou, esta segunda-feira, o seu primeiro treino junto do plantel principal do Benfica.
O jogador, de 19 anos, foi oficializado como reforço na passada quinta-feira, tendo assinado contrato com as águias até 2020.
No entanto, Mukhtar ainda não estará inscrito na Liga, segundo a informação prestada pelo organismo no seu site oficial.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:07

Janeiro 19 2015

benficamaritimo218195918.jpg

No meio do Atlântico, a exibição da equipa de Futebol do Sport Lisboa e Benfica foi uma pérola para os olhos de quem pôde ver. Golos para todos os gostos, pressão alta, combinações maravilhosas. Enfim… “Nota artística” em todo o seu esplendor. Resultado? 0-4 para o líder da classificação.

Ponto prévio: Bancada sul inaugurada nesta partida, excelente moldura humana… Tudo reunido para um interessante jogo de Futebol.

 

O equilíbrio foi a nota nos minutos iniciais, com o Benfica a ter mais bola e estar mais perto de ser feliz, nomeadamente através do livre directo superiormente marcado por Jonas ao qual José Sá correspondeu com intervenção vistosa. Minutos antes já Gaitán se tinha queixado de dores. Foi substituído por Ola John.

Ironia do destino! O holandês fez um passe magistral aos 18 minutos para Salvio. O argentino teve uma recepção de bola exemplar e bateu José Sá. Inaugurado o “placard” no estádio do Barreiros.

Com o tento viu-se ainda mais Benfica e menos Marítimo. O cerco à área insular intensificava-se e a atenção da defensiva contrária era testada. Jonas, Lima, Salvio, Ola John ou Talisca abriam constantes brechas perto do último reduto do Marítimo. Porém, alguma cerimónia teimava em adiar o remate certeiro que levaria para o 0-2. Ao intervalo, o 0-1 até parecia curto face ao que se viu nos primeiros 45 minutos no relvado do estádio dos Barreiros.

 

Em antítese, na segunda metade, o Marítimo entrou melhor, subiu as linhas e encurtou os espaços para o

Benfica explanar o seu Futebol. Todavia, foram as “águias” a facturar. José Sá mal num alívio após um atraso de bola, Talisca recebeu e conduziu até endossar a Ola John, que à saída do guardião “picou-lhe” para o 0-2 (53’).

A partir daqui, muita emoção nos Barreiros. À passagem do minuto 57, Jonas descobriu Salvio na meia direita, com o camisola 18 a rematar cruzado, batendo, inapelavelmente, José Sá. No minuto seguinte, Danilo, do “meio da rua”, disparou com intencionalidade e o esférico bateu na barra. Referência para o desvio de Júlio César com os dedos, fundamental que o conjunto da casa não reduzisse.

Se dúvidas houvessem, a “nota artística” chegou para trazer a goleada. Triangulação perfeita entre Jonas e Salvio, com o argentino a soltar para Lima na área, que atirou a contar (63’).

Daí até final, o Benfica controlou a partida a seu bel-prazer, fixando-se na posição cimeira da tabela classificativa com 46 pontos. Segue-se a Taça da Liga, com o Moreirense, na quarta-feira.

O SL Benfica alinhou de início com Júlio César; Maxi Pereira, Luisão, Jardel e Eliseu; Samaris, Gaitán (Ola John, 15’), Salvio e Talisca; Lima (Pizzi, 67’) e Jonas (Derley, 79’).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:10

Janeiro 16 2015

10383000_10154147408045716_5797078064980049569_n.p

Comunicado: Mercado fechou

Perante o continuo desfilar de nomes que a comunicação social insiste em associar ao Sport Lisboa e Benfica, a Benfica SAD informa que, com a chegada de Hany Mukhtar e com uma situação pendente relacionada com o jogador Jonathan Rodríguez, não haverá mais nenhuma contratação nesta janela de transferências. Todos os restantes nomes veiculados pela imprensa não têm fundamento por muita vontade que alguns agentes possam ter em valorizar os jogadores que representam.

publicado por Benfica 73 às 12:05

Janeiro 11 2015

gaitan510192353.jpg

Em dia de homenagem ao Rei, nada melhor que uma vitória “à Benfica”, uma vitória como aquelas que ele tantas vezes festejou e para as quais contribuiu! Num Estádio da Luz engalanado, vibrante, o SL Benfica recebeu e venceu esta tarde de sábado o Vitória de Guimarães, por 3-0, com golos de Jonas, Ola John e Gaitán. Vitória justíssima, de uma equipa plena de Mística!

Tarde de sol na capital de Portugal, com cerca de 50 mil Benfiquistas a vestirem a Catedral de vermelho rubro, vermelho paixão… num dia de emoções! Objectivos? Vencer, manter a liderança da I Liga e homenagear Eusébio da Silva Ferreira, falecido a 5 de Janeiro de 2014.

 

E foi um Benfica de personalidade, pleno de Mística, e ciente das suas responsabilidades, com várias mexidas no onze inicial (devido a lesões e castigo) aquele que subiu ao relvado da Luz na disputa da 16.ª jornada da I Liga.

Entrada dominadora, intensa e de raça… o mesmo que dizer uma entrada a pedir golo… e, quando assim é, o golo não tarda em aparecer.

13 segundos e a primeira oportunidade, com Jonas, isolado, a permitir a defesa a Assis. Seis minutos volvidos, primeiro Gaitán, depois André Almeida, a “cheirarem” o golo… e a festa chegaria aos 13’. Livre na direita, cobrado com conta, peso e medida por Gaitán, e Jonas, “à matador”, em voo picado cabeceia para o primeiro golo da tarde. Estava feito o 1-0.

Em vantagem, os “encarnados” carregavam com tudo e, não fossem os ferros da baliza vimaranense, ao intervalo o resultado seria bem mais dilatado: Gaitán, aos 20’; Talisca, aos 28’ e Jonas, aos 34’, viram os postes dizer não ao golo.

Aos 40’, destaque para uma grande defesa, a dois tempos, de Júlio César, a garantir o 1-0, escasso, com que se chegou ao descanso.

 

Resolver cedo… com qualidade!

Na segunda metade resposta do 3.º classificado da I Liga, mas sem consequências, com os “encarnados” a resolverem de

pronto e a manterem o controlo das operações com serenidade.

Minuto 54’, Lima ganha a linha, cruza e Ola John, à segunda, remata de forma poderosa e sem qualquer hipótese de defesa para o 2-0.

Dilatada a vantagem, o ritmo de jogo diminuiu, mas a intensidade manteve-se, com o SL Benfica sempre mais perto de fazer o 3-0 do que sofrer qualquer golo… o que acabaria por acontecer.

Em cima do apito final, o 3-0. Salvio assiste Gaitán que, livre de marcação, coloca o marcador num 3-0 que, face ao produzido, acaba por ser natural.

Contas feitas, mais três pontos, liderança isolada assegurada, vitória justa de uma equipa plena de inteligência e Mística – como o Rei tanto gostava! – face a um Vitória de Guimarães que até tentou, mostrou qualidade, mas foi impotente face a este Benfica.

Já na próxima quarta-feira abre-se uma nova janela competitiva, com a Taça da Liga a surgir na agenda “encarnada”. O SL Benfica recebe a equipa do Arouca, numa partida relativa à 2.ª jornada da 3.ª Fase da prova, agendada para as 20h45, no Estádio da Luz.

No próximo fim-de-semana joga-se a 17.ª jornada do Campeonato Nacional, com o SL Benfica a viajar até à Pérola do Atlântico, onde vai defrontar a formação do Marítimo. Este desafio está agendado para as 18h00 de domingo, no Estádio dos Barreiros.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Júlio César; André Almeida, César, Jardel e Eliseu; Samaris, Gaitán, Ola John (83’, Salvio) e Talisca (88’, Sulejmani); Lima e Jonas (78’, Cristante).

Fonte: SLB
Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

 

publicado por Benfica 73 às 11:23

Janeiro 09 2015

O interesse da Juventus na contratação de Maxi Pereira esbarra no desejo do lateral-direito de renovar contrato com o Benfica.
Segundo A BOLA, o acordo entre o internacional uruguaio e as águias sobre os detalhes do novo vínculo deve ficar fechado ainda este mês, frustrando assim a intenção do clube italiano de assegurar o concurso do experiente jogador.
Maxi Pereira, 30 anos, termina contrato com o Benfica no próximo mês de junho.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:14

Janeiro 07 2015

Os jogadores do Benfica envergaram esta quarta-feira, durante o treino realizado no Seixal, uma camisola alusiva à homenagem a Eusébio da Silva Ferreira prevista para o jogo do próximo sábado, com o V. Guimarães, no Estádio da Luz.
Fonte: A Bola
Cristante
Sílvio
/
publicado por Benfica 73 às 12:20

Janeiro 07 2015

Bebé vai jogar até ao final da época no Córdova, noticia esta quarta-feira o jornal A BOLA.
Com poucos minutos na equipa de Jorge Jesus, o extremo de 24 anos está de malas feitas para o antepenúltimo classificado da Liga espanhola.
Depois de Nélson Oliveira, cedido ao Swansea, Bebé é o segundo jogador do plantel principal a ser emprestado na reabertura do mercado de transferências.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:38

Janeiro 06 2015

Hélder Cristóvão, treinador da equipa B do Benfica, não tem dúvidas: Rui Fonte é o melhor avançado a atuar em Portugal.
«Rui Fonte é o melhor marcador da Liga 2, é um líder nato, quer em 4x4x2 ou em 4x2x3x1. Para mim é o melhor em Portugal. O nosso trabalho é fazer jogadores para a equipa A, por isso, se eles forem para a equipa A ficamos felizes», salientou no final do derby com o Sporting B, em Alcochete.

Jorge Jesus, recorde-se, anunciou depois do jogo com o Penafiel, no passado domingo, a promoção de Rui Fonte ao plantel principal dos encarnados.

Além do avançado, também Gonçalo Guedes – esteve para ser emprestado ao Gil Vicente – vai continuar às ordens de Jesus, enquanto João Teixeira passará a ter mais oportunidades.

Fonte: A Bola

 

publicado por Benfica 73 às 11:21

Janeiro 06 2015

Cumprido um ano sobre a morte de Eusébio da Silva Ferreira, a equipa de futebol do Benfica vai deixar de usar fumos negros e gravatas negras.
Escreve A BOLA que o plantel profissional voltará, a partir de agora, a apresentar-se em campo sem o fumo negro no braço e, fora dos relvados, as gravatas encarnadas voltarão à indumentária das águias.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:34

Janeiro 05 2015

O Sport Lisboa e Benfica entrou em 2015 a vencer tal como pedira Jorge Jesus. Pragmática, voluntariosa e unida, a equipa da Luz alcançou um triunfo confortável por 0-3, em jogo da 15.ª jornada do Campeonato Nacional.

Um mar, maioritariamente, vermelho encheu o estádio Municipal 25 de Abril e viu um jogo que começou vivo, com as duas equipas a disputarem cada bola como se fosse a última e a não se esquecerem de se aproximar das áreas. Nem sempre com “nota artística” mas com muita intensidade, o jogo teve um início interessante.

 

Após os primeiros 10 minutos jogados a bom ritmo, o jogo pausou. Porém, o Benfica tentou dar um “safanão” no desafio através de Ola John que se esgueirava para a área quando foi derrubado por Vítor Bruno à entrada desta. Paulo Baptista errou ao mandar seguir (13’). Sete minutos volvidos, o holandês de novo em jogo. Cruzou, Coelho largou o esférico e Jonas só não marcou porque o guardião foi a tempo de afastar para canto.

O jogo entrou depois numa toada algo “mastigada” e com poucas oportunidades de parte a parte. Contudo, aos 37 minutos, Gaitán lançou Lima em profundidade, este tirou um trabalho fenomenal da cartola e assistiu Talisca para o 0-1. Euforia nas bancadas do Municipal 25 de Abril.

Motivadas pelo golo, as “águias” foram atrás do segundo que poderia ter chegado por Gaitán, aos 45’+1, num remate surpreendente do meio da rua e que passou a centímetros da baliza de Coelho.

 

No reatamento, a partida teve largos minutos de Futebol longe das áreas e muito disputado no “miolo”. Estranho, se

pensarmos que os durienses a perderem em casa deveriam tentar jogar para empatar mas não o fizeram. Pior ficaram quando, aos 64 minutos, Tony recebeu ordem de expulsão após ver o segundo cartão amarelo. Aproveitou Talisca quatro minutos depois para testar a pontaria. O remate saiu forte, mas à figura de Coelho.

Com menos um, o Penafiel abdicava de atacar, as suas linhas recuavam cada vez mais e adivinhava-se mais um tento para os da Luz que acabou por acontecer aos 78 minutos por Jonas. Ola John iniciou a jogada, deixou para Maxi Pereira que centrou para o brasileiro encostar com o peito. O 0-3 esteve perto de aparecer aos 85’ após o remate perigoso de Ola John, mas acabou por acontecer dois minutos volvidos por Jardel, que correspondeu da melhor forma a pontapé de canto batido por Gaitán.

O Benfica alcança os 40 pontos na classificação e volta a ter seis pontos de vantagem sobre o 2.º classificado.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Júlio César; Maxi Pereira, Lisandro, Jardel, André Almeida; Cristante, Talisca, Ola John (Sulejmani, 89'), Gaitán; Lima (Gonçalo Guedes, 90') e Jonas (Derley, 89').

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:11

Janeiro 04 2015

O Benfica vai emprestar o defesa-central Victor Lindelof e o extremo Hélder Costa ao Gil Vicente até ao final da época, noticia o jornal A BOLA.
Os dois jogadores, que estavam a atuar na equipa B do Benfica, devem chegar durante a próxima semana a Barcelos.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:47

Dezembro 31 2014

A equipa de Futebol do Sport Lisboa e Benfica despediu-se de 2014, no Estádio da Luz, com a estreia… na Taça da Liga, prova em que é rei com cinco conquistas nas últimas sete edições. Frente ao Nacional, vitória por 1-0 com golo de Jonas.

Os primeiros minutos de jogo foram bastante vivos e perspectivavam uma primeira parte interessante, o que não se veio a verificar. Após o tento de Jonas, aos 11’, após cruzamento de Maxi Pereira, o encontro entrou num marasmo que só pontualmente foi retirado com algumas (poucas) investidas de ambos os emblemas às áreas.

 

Com uma equipa um pouco diferente do habitual, o Benfica não conseguiu imprimir a intensidade que lhe é característica, mas controlou as incidências até perto do intervalo, altura em que Cristante descobriu Maxi Pereira com um passe de antologia, o uruguaio passou pelo seu marcador directo e com o pé esquerdo disparou para a barra madeirense. Gottardi estava batido.

Aquilo que o início da primeira parte prometera apareceu na segunda. Equipas bem mais afoitas, jogo mais e melhor disputado, mais momentos de “frisson”, nomeadamente junto à baliza “alvi-negra”, com Gottardi a ver um fora-de-jogo mal assinalado pelo árbitro assistente de Nuno Almeida a Jonas, num lance que era de perigo; minutos depois, Ola John colocou mesmo o esférico na baliza, mas, aí, foi correctamente assinalado.

 

O Nacional, por sua vez, também tentava assustar o sector mais recuado do Benfica. Responderam os da casa, aos 67

minutos, quando Gaitán – que veio mexer com o jogo – cruzou para cabeceamento de Jonas por cima. Bola cá, bola lá, Júlio César fez uma estrondosa defesa aos 72 minutos a cabeceamento de Lucas João, entretanto entrado para o lugar de Suk. Três minutos depois, Nuno Almeida deveria ter expulso Gomaa por acumulação de cartões amarelos, situação que aconteceu aos 85’.

Aos 82 minutos, após um lance atabalhoado na área insular, a bola sobrou para Lima que rematou de primeira sem deixar cair no chão e por pouco não fez o 2-0.

O Benfica começa a defesa da Taça da Liga com um triunfo e soma os primeiros três pontos no Grupo antes de se deslocar a Penafiel para o Campeonato.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Júlio César; Maxi Pereira, César, Jardel, André Almeida; Cristante, Pizzi (Nico Gaitán, 45’), Talisca (Samaris, 64’), Ola John (Sulejmani, 84’); Lima e Jonas.

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:13

Dezembro 23 2014

Jorge Jesus prefere recuperar os lesionados a gastar dinheiro em contratações. Foi isto que deu a entender o treinador no final do encontro com o Gil Vicente, último jogo da Liga deste ano, avança A BOLA desta terça-feira
«Em janeiro não quero jogador algum. Quero recuperar os lesionados. O resto não tem grande importância», afirmou o treinador de 60 anos.
Eliseu, Luisão e Sílvio devem estar aptos para o jogo com o Penafiel, primeiro compromisso das águias em 2015, ao passo que Salvio poderá regressar à competição no final do primeiro mês do ano.
Rúben Amorim e Fejsa voltam a ser opções em fevereiro.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:43

Dezembro 22 2014

capture-20141222-114337.png

publicado por Benfica 73 às 12:16

Dezembro 22 2014

O SL Benfica venceu, nesta tarde de domingo, o Gil Vicente, por 1-0, na 14.ª jornada do Campeonato Nacional. No jogo que encerrou o ano de 2014 – no que a esta competição diz respeito – Nico Gaitán marcou, aos 29’, o único golo do encontro, ao qual assistiram, na Luz, 40.219 pessoas. 

Mais bola, mais ataques e mais iniciativa, com um Benfica a tomar conta do jogo, tal como lhe competia na recepção ao último classificado da I Liga. Apesar de uma primeira metade morna, as oportunidades surgiram de parte a parte. Primeiro sinal de perigo para os Campeões Nacionais, aos 12’, com um poderosíssimo remate de pé esquerdo de Talisca, para difícil defesa de Adriano Facchini.  

 

Seis minutos depois, aos 18’, foi a vez de Jonas tentar a sorte, obrigando o guardião brasileiro do Gil Vicente a mais uma grande defesa.

Depois das ameaças, Nico Gaitán fez levantar as bancadas da Luz – que receberam 40.219 espectadores. Grande passe do holandês, Ola John para Maxi Pereira, com o lateral a rematar ao poste. Na recarga, Gaitán, aos 29’, encostou para o primeiro golo da partida e o terceiro da sua conta pessoal no Campeonato.

Ao todo, foram nove os remates dos “encarnados” enquadrados com a baliza de Facchini, um dos quais desfez o nulo na Luz.

Na segunda metade, mais uma grande defesa de Adriano. Com um SL Benfica na busca constante do segundo golo e um Gil Vicente na luta pela primeira vitória na prova, o guardião foi chamado a intervir, aos 63’ e fez, talvez, a que poderá ser considerada a defesa da noite, evitando o segundo golo de Talisca.

 

Uma vitória pela margem mínima e um um resultado que permite aos “encarnados” terminar o ano de 2014 na liderança da

tabela classificativa, agora com 37 pontos – mais seis do que o segundo classificado, o FC Porto - fruto de 12 vitórias, um empate e uma derrota.

Ainda antes do final do ano, o Benfica joga para a Taça da Liga. A recepção ao Nacional da Madeira - jogo que encerra a 1.ª jornada da segunda Fase de Grupos - está agendada para as 21h15 do dia 30 de Dezembro.

Jorge Jesus fez alinhar o seguinte onze inicial: Júlio César; Maxi Pereira, César, Jardel e Benito; Samaris, Talisca, Gaitán e Ola John (74’ Derley); Lima (88’ Cristante) e Jonas (65’ Tiago).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:55

Dezembro 19 2014

O SL Benfica despediu-se esta noite de quinta-feira da Taça de Portugal, depois de se ver derrotado, na Luz, por 1-2, pelo SC Braga, numa partida relativa aos oitavos-de-final. Os “encarnados” começaram bem, estiveram em vantagem, contudo, já na segunda metade os arsenalistas concretizaram a reviravolta. Por tudo aquilo que fez em campo, despedida inglória da equipa que mais produziu, construiu e quis… Há noites assim!

Jogo quentinho nos minutos iniciais, com algumas decisões de Artur Soares Dias a serem alvo de contestação por ambos os lados da barricada. Contas feitas, ficou por expulsar Pardo por falta sobre Jonas quando este corria isolado para a baliza…

Aos 16’, grande defesa de Júlio César, a defender com espectacularidade um grande remate de Pardo e a colocar em sentido a defensiva “encarnada”.

Em cima da meia hora (32’), pressão altíssima de Gaitán, Maxi vai à linha cruzar com conta peso e medida para… o suspeito do costume nesta competição: Jonas, de cabeça e com muita classe, inaugura o marcador e aponta o seu sexto golo na Taça de Portugal.

 

Em vantagem, até ao intervalo só deu Benfica! Primeiro foi Gaitán, com um remate espectacular a permitir a defesa da noite a Kritsyuk; depois foi Jardel de cabeça; a fechar os primeiros 45’, a jogada mais bonita do desafio, com uma triangulação perfeita entre Ola John, Gaitán e Jonas, com o brasileiro a chamar novamente o guardião arsenalista a trabalhos redobrados.

Ao intervalo, a vantagem pecava por escassa… e como quem não marca sofre, a segunda metade mostraria a veracidade do dito popular por inteiro!

 

Quem não marca… sofre!

Aos 48’, o empate! Lance muito atabalhoado na área “encarnada” com Aderlan Santos a não a não se fazer rogado e a

restabelecer a igualdade. Golo sofrido, resposta imediata do SL Benfica… Mas mais uma vez a bola não entrou e Pardo aproveitou!

Equipa balanceada na frente ofensiva, contra-ataque viperino dos arsenalistas, com Pardo, aos 57’, a concretizar a reviravolta no marcador e a colocar o SC Braga na frente da eliminatória.

Em desvantagem, o SL Benfica partiu com tudo para cima do adversário… sufoco total, tal a quantidade, volume e qualidade de jogo e oportunidades criadas, com a redondinha a teimar em não entrar.

Ao apito para o final, 1-2 para o SC Braga, despedida inglória e injusta do actual detentor e recordista do Troféu.

Depois do adeus à Taça de Portugal, atenções completamente focadas no Campeonato Nacional. No próximo domingo, pelas 17h00, o SL Benfica recebe, na Catedral, a formação do Gil Vicente, num desafio relativo à 14.ª jornada da prova.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Júlio César; Maxi Pereira, Jardel, César e André Almeida (Derley, 85’); Cristante (Talisca, 77’), Enzo Perez (Pizzi, 45’), Gaitán, e Ola John; Lima e Jonas.

Fonte: SLB
Fotos Aqui
Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:27

Dezembro 18 2014

Luisão não deverá ser opção para o jogo desta noite com o SC Braga, mas o treinador do Benfica, Jorge Jesus, também não deverá contar noite com o argentino Salvio.

A BOLA revela que o extremo argentino não seguiu ontem para estágio, provavelmente, por uma questão de precaução. Durante a primeira parte do FC Porto, Salvio sentiu uma dor no braço esquerdo, e terminou o encontro com uma proteção e tudo indica que o camisola 18 não seja utilizado hoje com o SC Braga.

Recorde-se que, na temporada passada, Salvio foi operado ao braço esquerdo, na sequência de uma fratura ocorrida na receção ao Olhanense, jogo em que a águia festejou o título de campeão. No lugar do argentino de 24 anos poderá jogar o holandês Ola John.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:00

Dezembro 15 2014

O SL Benfica venceu, esta noite, o clássico, por 0-2, reforçando a liderança isolada da Primeira Liga. Dois golos de Lima deram mais três pontos aos “encarnados” que passam a somar 34, rumo ao objectivo: a revalidação do título.

Lotação esgotada no estádio do Dragão, com perto de 50 mil espectadores a assistir ao jogo grande e ao encontro de todas as emoções da 13.ª jornada do Campeonato Nacional.

 

45 minutos de alta voltagem. Foi assim o primeiro tempo do clássico, com um FC Porto agressivo a protagonizar o primeiro momento de perigo da partida, aos 7’, com a bola a sair ao lado da baliza do brasileiro Júlio César.

O SL Benfica respondeu e, aos 14’, Nico Gaitán atirou de fora da área para o lado das redes de Fabiano. Aos 31’ grande defesa de Júlio César, que negou o 1-0 a Jackson.

A resposta do Benfica, aos 35’, fez levantar as bancadas. Maxi Pereira fez um lançamento longo para a área e Lima abriu o marcador. Estava feito o primeiro da noite e o quarto do brasileiro nesta edição do Campeonato. Jorge Sousa apitava para o intervalo com os “encarnados” a vencerem por 0-1.

 

Dez minutos decorridos do segundo tempo e mais uma explosão no Dragão, onde só se ouvia Benfica. Talisca rematou à

baliza de Fabiano que defendeu para a frente e, na recarga, Lima voltou a facturar.

Aos 77’, oportunidade para os “azuis e brancos”. Jackson rematou de cabeça à barra, e depois de um ressalto, o colombiano meteu a bola na baliza, mas o árbitro já tinha assinalado mão. Decisão acertada de Jorge Sousa.

Nos últimos minutos de jogo, um Benfica a manter a posse de bola o máximo de tempo possível e a gerir o resultado até ao final do encontro. Apito final dado por Jorge Sousa e três pontos conquistados rumo ao principal objectivo da temporada: a revalidação do título nacional.

Na próxima jornada, o SL Benfica recebe o Gil Vicente num encontro marcado para o dia 21 de Dezembro. Antes disso, no dia 18, há Taça de Portugal. O conjunto “encarnado” recebe, na Catedral, o SC Braga, nos oitavos-de-final, às 20h00.

Jorge Jesus fez alinhar o seguinte onze inicial: Júlio César; Maxi Pereira, Jardel, Luisão (75’ César), André Almeida; Samaris, Enzo Perez, Gaitán, Salvio; Talisca (80’ Ola John) e Lima.

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 09:39

Dezembro 12 2014

O Museu Benfica-Cosme Damião é um dos três nomeados para o prémio de Melhor Museu Português 2014, galardão atribuído pela Associação Portuguesa de Museologia. Os outros candidatos são o Museu de Imprensa da Madeira e o Museu do Vinho e da Vinha em Bucelas.
A cerimónia de entrega de prémios será hoje no auditório do Museu da Farmácia, na Associação Nacional de Farmácias, a partir das 15 horas.
Aberto ao público desde 29 de julho de 2013, o espaço já recebeu mais de 80 mil visitantes.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:46

Dezembro 11 2014

Como tem sido habitual nos últimos anos, a família benfiquista juntou-se no Circo Victor Hugo Cardinali, em Lisboa, assinalando a quadra natalícia.
Vários jogadores do plantel principal, como Derley, Sílvio, César ou Steven Vitória, marcaram presença, assim como os jovens João Teixeira e Gonçalo Guedes, que foram chamados por Jorge Jesus à convocatória para o jogo com o Bayer Leverkusen, na passada terça-feira.
Marcaram ainda presença elementos da Direção, jogadores das restantes modalidades, assim como antigas glórias e colaboradores do clube.
Fonte: A Bola
Derley
Gonçalo
César
Sílvio
Steven
Steven
/
/
/
/
publicado por Benfica 73 às 10:55

Dezembro 09 2014

É o novo edifício do Caixa Futebol Campus, no Seixal. Lá dentro já está em funcionamento o simulador 360S, máquina que reproduz virtualmente aos jogadores situações reais, com o objetivo de elevar o nível das equipas do Benfica, desde a formação até ao plantel sénior.
Fonte: A Bola

 

publicado por Benfica 73 às 10:30

Dezembro 07 2014

salvio5619431.jpg

A equipa liderada por Jorge Jesus venceu, este domingo, o Belenenses na 12.ª jornada da Primeira Liga. O SL Benfica - que ainda não perdeu nenhum jogo em casa para o Campeonato e que conta com o melhor ataque da prova – somou mais três pontos, cimentando a liderança, agora com 31 pontos. Lima, Enzo Perez e Salvio assinaram os golos.

Na tarde fria da capital portuguesa, foi preciso esperar 11 minutos para as bancadas da Catedral assistirem ao primeiro lance de perigo da tarde. O argentino Nico Gaitán, de pé direito, esteve perto de inaugurar o marcador, mas o forte remate acabou por sair ao lado da baliza de Matt Jones.

 

Aos 19’, esteve à vista o golo do Belenenses. Ao Benfica valeu-lhe Júlio César que, seguro e atento, evitou o cabeceamento de Tiago Caeiro.

Poucos minutos depois – o placard marcava 22’ – o capitão Luisão esteve a poucos centímetros do seu 41.º golo nas principais competições oficiais ao serviço do Sport Lisboa e Benfica. Assistência de Salvio, com o defesa brasileiro a desviar para fora.

Decorridos 29’, pediu-se penálti na Luz. Na área do Belenenses, Enzo Perez caiu em disputa com Nélson, mas o árbitro Manuel Oliveira mandou seguir.  

Nos primeiros 45 minutos, a equipa comandada por Jorge Jesus foi dona e senhora do jogo. Mais ataques, mais remates e mais oportunidades, numa primeira parte em que o Benfica controlou mas sem conseguir desmontar a estratégia defensiva dos “azuis” do Restelo.

 

Na segunda metade, mais Benfica. Aos 64’, explosão na Catedral com o golo de cabeça de Lima – o terceiro esta época

para o Campeonato -, na sequência de um canto batido por Nico Gaitán.

Poucos minutos depois, aos 70’, Manuel Oliveira assinalou grande penalidade a favor do Benfica na sequência da falta de João Afonso sobre Enzo Perez. O argentino assumiu e, na conversão da grande penalidade, fez o 2-0.

Já a noite tinha caído e continuavam a ouvir-se os cânticos nas bancadas. Os adeptos apoiavam e pediam mais. E Salvio concedeu o desejo dos Benfiquistas, aos 82’, após mais uma grande assistência de Gaitán. Um golo que fechou uma vitória importante que antecede o sempre emocionante clássico, isto no que respeita ao Campeonato.

No próximo dia 14 de Dezembro, domingo, os “encarnados” deslocam-se à Invicta, ao estádio do Dragão, na 13.ª jornada da I Liga. O FC Porto – SL Benfica tem o apito inicial marcado para as 20h00.

Antes disso, o Estádio da Luz recebe a 6.ª jornada da Fase de Grupos da Liga dos Campeões, entre SL Benfica e Bayer Leverkusen. A partida está agendada para as 19h45.

Jorge Jesus fez alinhar o seguinte onze titular: Júlio César; Maxi Pereira (85’ Benito), Jardel, Luisão, André Almeida; Samaris, Gaitán, Salvio, Enzo Perez (81’ Pizzi), Talisca (45’ Lima); Jonas.

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:58

Dezembro 05 2014

Os serviços jurídicos dos encarnados vão agir no sentido de colocarem um ponto final no que entendem ser utilização abusiva do termo Casa do Benfica por uma equipa amadora de França.

Esta ação acontece depois de uma formação conhecida como Casa do Benfica, na região Charente, ter abandonado, no último fim de semana, o encontro com o LA Genté, do campeonato distrital, em protesto com o árbitro, que fazia a estreia.

No momento do abandono, a Casa do Benfica perdia, por 1-4. O episódio foi, de resto, relatado pelo jornal “Charente Libre”. A publicação até relatou declarações do presidente da coletividade, Salvador Dias do Canto, que justificou a decisão drástica. “Preferi parar o jogo antes que se tornasse pior. Não é normal colocarem um estreante num jogo entre primeiro e segundo classificados”, argumentou.

Ao que apurámos, as duas casas do Benfica em França, Paris e Tourcoing, têm equipas de futsal e não de futebol. Daí que esteja em marcha uma ação contra aquela equipa dos campeonatos amadores.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:55

Dezembro 05 2014

O empresário do extremo argentino, Agustín Jiménez, encontra-se em Lisboa para tratar das últimas formalidades relativas à renovação de contrato.
Salvio tem já princípio de acordo com a SAD do Benfica para prolongar o atual compromisso, que acaba em 2017, conforme pode ler-se em A BOLA.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:47

Dezembro 04 2014

Em declarações que pode ler esta quinta-feira em A BOLA, o presidente do Benfica fala de um novo ciclo no clube em 2015, considerando irreversível a aposta na formação.

«Na próxima época teremos quatro ou cinco jogadores da formação no plantel profissional, é irreversível», vincou Luís Filipe Vieira, durante uma visita guiada às obras que estão a ser levadas a cabo no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

«Vamos dar início a um ciclo de jogadores formados dentro do Benfica, e foi escolhida a próxima época para iniciarmos esse ciclo. O futuro está no regresso às origens», completou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:40

BENFICA 73
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



27


subscrever feeds
comentários recentes
Benfica a fazer a diferença em Cabo Verde. Veja o ...
Uma vitória importante na luta pelo campeonato... ...
Não é o Valência que é um clube muito importante n...
O meu clube do coração é vermelho, de amor, de san...
Viva o BENFICA!
Ficou no balneário por recomendação do seu médico!
Mais uma importante vitória e o natural destaque n...
O famoso "Eng." Simão bem que podia usar as abunda...
É incrivel o benfica nao renovar o contrato com o ...
"...disse em declarações à Renascença.", "...atiro...
O golo do Talisca é qualquer coisa de especial :DR...
Isseo e o resultado dos melhores do mundo
Afinal a lesão é cronica ou não?
Curioso para ver as capas de amanhã. A propósito, ...
Não me digam que abriu novamente o mercado de tran...
Faz tempo que o vento sopra a anunciar a borrasca!...
Boa tarde amigoAbri um bogue glorioso."Águia de lu...
Coitados dos "Engenheiros" Miguel e Simão, tantos ...
O "Eng" Simão respira de alívio nas férias judicia...
GOLPES, GOLPISTAS, PANÇUDOS E TALIBANSsakanagem69....

contador visitante