Maio 21 2016

capture-20160521-100022.png

Aí está mais um Troféu para o Museu Benfica Cosme Damião.

Têm sido dias de intensidade, com as competições 2015/16 a atingirem o seu culminar. Conquistado o 35.º título de Campeão Nacional, o Tricampeonato, findos os festejos – e que festejos! – o Sport Lisboa e Benfica centrou atenções na última final da época.

Estádio Cidade de Coimbra lotado – perto de 29 mil espectadores! - para receber o Glorioso, com a “maré vermelha” a inundar a Briosa num apoio incansável… arrepiante!

Pela frente o Marítimo, no reeditar da final da Taça CTT da temporada transata… um ano volvido e escreveu-se a mesma História!

Mas o início do desafio trouxe surpresas! É que foram mesmo os insulares a começarem melhor, com Ederson - em dois minutos - a negar o golo em duas ocasiões flagrantes. Primeiro Edgar Costa, depois Fransérgio viram o jovem brasileiro a dizer não!

O SL Benfica aguentou a pressão e na primeira oportunidade que dispôs marcou. Lance do coletivo, um par de ressaltos e o “matador de serviço”, Jonas (10’) a colocar as águias em vantagem.

Sete minutos volvidos e novo golo! Lançamento de linha lateral, grande trabalho individual de Pizzi a ir à linha cruzar, com Mitroglou – oportuno – a encostar para o 2-0.

Eficácia total, pragmatismo e inteligência, com o guardião Haghighi sem hipóteses nos dois tentos.

Partida intensa, com o Marítimo a acreditar e Ederson a dizer não! Aos 33’ Gaitán tirou as medidas à baliza insular para cinco minutos depois oferecer o terceiro a Mitroglou.

Processos simples, eficazes, Grimaldo descobre Gaitán, com o argentino a servir o grego que, vindo de trás, remata sem hipótese para o 3-0.

Ainda antes do intervalo, e depois de Haghighi ter negado o quarto a Gaitán, o Marítimo reduziu para o 3-1, com golo de João Diogo.

Reinício à semelhança do apito inicial! Mais Marítimo, com o ferro (54’) e depois Ederson (55’) a negar o golo a Djoussé.

Numa final emocionante, com as duas equipas na procura incessante do golo, não houve tática que resistisse e, em largos momentos, o jogo “partiu” por completo.

As oportunidades sucederam-se em ambas as balizas e, aos 75’, magia de Gaitán, com Jonas a oferecer o quarto ao argentino.

Antes do apito final, 4-2, com Fransérgio a converter uma grande penalidade assinalada por Fábio Veríssimo... Jardel, em cima dos 90' faz o 5-2 e Raúl, também de penálti, sentencia a partida num 6-2 final.

Triunfo, justo, para os “encarnados”, perante um Marítimo que – com a sua postura - valorizou ainda mais esta vitória.

Termina, assim, “em beleza”, como pediu Rui Vitória, a temporada do Sport Lisboa e Benfica. Grande campanha na Liga dos Campeões, conquista do 35.º título nacional - o Tricampeonato 39 anos volvidos - e a 7.ª Taça CTT em nove edições do troféu.

O SL Benfica alinhou de início com o seguinte onze: Ederson; André Almeida, Luisão, Jardel e Grimaldo; Samaris, Gaitán (78’, Gonçalo Guedes), Pizzi, e Renato Sanches; Mitroglou (67’, Talisca) e Jonas (86’, Raúl).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

publicado por Benfica 73 às 10:01

BENFICA 73
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
16




comentários recentes
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...
Fosse eu a tratar deste assunto e se este está a d...
Semeaste muitos ventos ó nalguinhas! Agora, aguent...

contador visitante