Fevereiro 28 2013

A lotaria das grandes penalidades ditou esta quarta-feira o afastamento do Sport Lisboa e Benfica da edição 2012/13 da Taça da Liga, após um nulo com o SC Braga no tempo regulamentar.

Na abordagem ao encontro das meias-finais da Taça da Liga, o treinador Jorge Jesus procedeu a várias alterações no onze inicial relativamente ao desafio com o Paços de Ferreira, com especial destaque para a presença de Roderick na chamada posição 6 e de Urreta no lado direito do ataque. Do triunfo sobre a equipa pacense, foram titulares Artur Moraes, Luisão e Cardozo.

 

A entrada da equipa em Braga foi bastante positiva por parte dos homens da Luz, obrigando o adversário a jogar de forma muito recuada. Numa saída rápida para o ataque aos cinco minutos, o conjunto “encarnado” teve a melhor situação de perigo do primeiro tempo. O avançado Rodrigo escapou para o interior da área bracarense e rematou à trave da baliza defendida por Quim.

Os minutos passaram e a partida foi gradualmente ficando mais equilibrada, com o adversário a ter também algumas acções perigosas, uma delas após o árbitro ter assinalado incorrectamente um fora-de-jogo a Urreta (17’). A principal situação ocorreu aos 22 minutos, altura em que Artur Moraes travou os remates de Custódio e Mossoró.

Para o início da segunda parte, o técnico benfiquista operou a entrada de Aimar para o lugar de Óscar Cardozo. Com Rodrigo a passar a ser a referência do ataque, a equipa mostrou-se sólida nos seus processos defensivos e ofensivos.

 

A equipa de arbitragem já não se mostrou tão consistente e coerente em algumas decisões, uma delas claramente

sem margem para dúvidas. Gaitán foi visivelmente derrubado por Leandro Salino aos 76 minutos. Aliás, o argentino foi duplamente travado, já que Quim também impediu o jogador de disputar o lance. Incrível!

O encontro aproximou-se da parte final e o Benfica foi quem teve mais clarividência junto das redes contrárias. Aimar, aos 82 minutos, quase sem ângulo, permitiu a defesa do guarda-redes dos visitados, enquanto Melgarejo disparou pouco tempo depois para fora.

Apesar da pressão final, a equipa não conseguiu marcar e a eliminatória teve de ser decidida através da marca das grandes penalidades. O adversário foi mais certeiro e acabou por vencer, por 3-2. Rodrigo e Enzo Perez converteram os castigos máximos do lado "encarnado".

O Sport Lisboa e Benfica apresentou a seguinte equipa: Artur Moraes; André Almeida, Luisão, Jardel e Melgarejo; Roderick, Carlos Martins (Ola John, 82'), Urreta (Enzo Perez, 61') e Gaitán; Rodrigo e Cardozo (Aimar, 45').


Veja aqui a ficha do jogo
publicado por Benfica 73 às 09:53

BENFICA 73
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


21
22
23

24


comentários recentes
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...
Fosse eu a tratar deste assunto e se este está a d...

contador visitante