Agosto 31 2010

O Marítimo assegurou, esta terça-feira, a cedência de Romeu Ribeiro, por empréstimo do Benfica.

O jovem, de 21 anos, já tinha sido emprestado a dois clubes do segundo escalão nacional nas últimas três temporadas. Entre 2007 e 2009 esteve no Desportivo das Aves, e na passada temporada atuou no Trofense.

Na Vila das Aves, Romeu Ribeiro fez 38 jogos, apontando um golo, enquanto que na Trofa fez apenas 8 partidas, não marcando qualquer tento. Ribeiro conta ainda com várias internacionalizações nas camadas jovens, sendo internacional sub-21 por Portugal.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 22:22

Agosto 31 2010

Águias enviam novos contratos para a Liga

No último dia do mercado de transferências, o Benfica enviou 11 novos contratos para a Liga Portuguesa de Futebol Profissional. O destaque vai para o jovem Bakar Mirtskhulava, jovem defesa georgiano no clube desde 2008, que assinou um vínculo profissional.

Além de Bakar Mirtskhulava, de 18 anos, o Benfica enviou ainda vínculos com mais dez jovens da formação, que assinaram e/ou renovaram os anteriores: Ederson Santana de Moraes (17 anos, guarda-redes, Brasil), Vinícius Nascimento da Silva (18 anos, defesa, Brasil), Fábio Reis (18 anos, guarda-redes, Portugal), Daniel Santos Martins (17 anos, defesa, Portugal), Luís Martins (18 anos, defesa, Portugal), Pedro Dias (17 anos, médio, Portugal), Ruben Pinto (18 anos, médio, Portugal), Francisco Júnior (18 anos, médio, Guiné-Bissau), Pedro Almeida (17 anos, defesa, Portugal), Diego Lopes (16 anos, médio, Brasil).

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:20

Agosto 31 2010

O médio não esteve às ordens do treinador do Benfica, Jorge Jesus, no treino vespertino desta terça-feira, que contou com a presença de aproximadamente 1300 benfiquistas nas bancadas do Centro de Treinos do Seixal. Rúben Amorim está lesionado no joelho esquerdo.
Portanto, Amorim realizou apenas tratamento e trabalho de ginásio face à tendinite rotuliana no joelho esquerdo, num treino onde os dois Fábios – Coentrão e Faria – não marcaram presença por estarem ao serviço da selecção A e Sub-21, respectivamente.
Roderick (mialgia na face posterior da coxa esquerda) e Alan Kardec (lesão tendinosa face anterior da coxa esquerda) desenvolveram de forma condicionada e Javier Balbia recupera de intervenção cirúrgica ao menisco externo do joelho direito.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 19:02

Agosto 31 2010

De vilão a herói. Roberto tornou-se o "herói" do Benfica no jogo de sábado frente ao V. Setúbal, ao defender uma grande penalidade numa altura em que Júlio César acabara de ser expulso e os sadinos, se convertessem o castigo máximo, empatariam 1-1. E esta terça-feira, no regresso do plantel das águias ao trabalho, o guarda-redes espanhol foi bastante saudado.

Alguns adeptos colocaram mesmo uma mensagem nas bancadas com a  frase "Força Roberto".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 18:59

Agosto 31 2010

O único jogador português, suspenso pela UEFA (aí não houve Madaís ou FPF que o pudessem salvar, foi à vista de todos), durante um ano, por dar literalmente uma cacetada num fiscal de linha, foi Zé Beto, jogador do clube do patético Pinto da Costa, que juntou 300 num almoço em Caminha, disse umas palermices, que a subserviente Imprensa, chama de ironia. Acha que o Norte gosta dele, mais uma revista de Beja e que isso é o País. Falou de um país que se orgulha dele e do seu clube. Um país que como Guerra Junqueiro escreveu, pela existência de indivíduos como ele, anda a reboque de: “Uma burguesia, cívica e politicamente corrupta até à medula, não discriminando já o bem do mal, sem palavras, sem vergonha, sem carácter (…) de pantomineiros e sevandijas, capazes de toda a veniaga e toda a infâmia, da mentira à falsificação, da violência ao roubo (…), escândalos monstruosos (…) A Justiça ao árbitro da Política, torcendo-lhe a vara, ao ponto de fazer dela saca-rolhas.”

Atacou Pragal Colaço, por apelar às armas. Que apelo às armas? Se bem me lembro, deveria estar a referir-se a uma entrevista de António Oliveira à “falecida” “Gazeta dos Desportos”, quando na 1.ª página disse que além de ter estado metido no caso N’Dinga, iria a Lisboa de metralhadora, matar uns quantos. Como Luther King disse: - “O que mais me preocupa, não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos sem carácter, nem dos sem-ética. O que mais me preocupa é o silêncio dos Bons.” Obrigado Pragal Colaço, obrigado João Malheiro, Afonso Melo, Alberto Miguéns, Ricardo A. Pereira, Miguel Góis, Tiago Dores, Zé Diogo Quintela, L. Pinhão e a esmagadora maioria deste povo sério, que é o português.

Pinto da Costa uma vez provinciano, provinciano até morrer! E morrerá admirado por imbecis e lambe-botas. E morrerá sem saber o que significa honestamente.

Autor: António Melo

Fonte: Jornal O Benfica

publicado por Benfica 73 às 14:11

Agosto 31 2010

O Benfica anunciou esta terça-feira no seu site oficial que chegou a acordo com o Paços de Ferreira para a cedência, a título de empréstimo, de Nelson Oliveira até ao final da temporada.

Os encarnados esclarecem ainda que "não ficou estabelecida qualquer cláusula de opção para a compra do futebolista no fim deste período".

O jovem avançado de 19 anos formado pelo Benfica junta-se assim ao médio David Simão, também formado no clube e cedido ao emblema pacense.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 14:09

Agosto 31 2010

Alexandr Hleb recuou e deu nega ao Benfica, em cima da data limite para inscrever jogadores no mercado europeu. O internacional bielorrusso, de 29 anos, escolheu o Birmingham, de Inglaterra, para jogar na próxima temporada, deixando a SAD benfiquista sem opções para o substituir no meio-campo.

Rui Costa ainda esteve em Barcelona no domingo, dia combinado para o jogador dar a resposta, mas regressou a Lisboa com a pior das respostas: a vontade do jogador em regressar à Premier League falou mais alto.

Apesar de ter estado reunido com o polivalente médio, e com o seu empresário, Olivier Mirtzfall, os argumentos apresentados pelo diretor-desportivo das águias não convenceram o jogador, que escolheu o Birmingham em detrimento da equipa liderada por Jorge Jesus.

O Benfica tinha alcançado o acordo total com o Barcelona para o empréstimo por uma temporada e faltava apenas o “sim” do jogador, que esteve a pensar nos últimos dias, como o seu agente chegou a confirmar a Record.

O emblema catalão afastou-se sempre deste processo. Tanto o Benfica como o Birmingham asseguravam as condições pretendidas pelos blaugrana, que passavam pelo pagamento dos ordenados, pelo que para os responsáveis do clube catalão era indiferente qual o clube que Hleb escolheria para representar na próxima época, pelo que deixaram ser o jogador a tomar a opção.

Mesmo estando o Benfica na Liga dos Campeões, Hleb preferiu jogar num clube mediano do futebol inglês, que não está nas competições europeias.

As condições financeiras apresentadas por Benfica e Birmingham também não foram problema e o jogador chegou a alegar razões familiares para a tomada de decisão. Recorde-se que foi devido à sua passagem pelo Arsenal que Hleb consumou a transferência para o Barcelona.

Perante tantos argumentos dados para explicar os motivos da recusa, Rui Costa desistiu e virou as costas ao médio, que joga nas duas alas e também em terrenos mais centrais. Terminou, assim, um namoro que já durava há algum tempo e que, sem um final feliz para o lado da Luz, deixou o Benfica sem soluções.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:18

Agosto 31 2010

Rodrigo Cabeça assinou pelo Benfica e vai ser inscrito pela equipa de juniores das águias, podendo alinhar também na Liga Intercalar, competição que conquistou na época passada ao serviço do Estoril.

O avançado brasileiro, de 18 anos (14/01/92), destacou-se no Campeonato Paulista de juniores em 2009, com apenas 17 anos, no qual marcou 14 golos ao serviço do Desportivo Brasil. No início de 2010, a empresa Traffic, que gere o clube brasileiro e é também acionista maioritária da SAD do Estoril Praia, colocou o jogador no plantel do clube da linha de Cascais.

Sem vaga para ser inscrito, Cabeça alinhou apenas na Intercalar, na qual marcou 3 golos, um deles na final da Zona Sul quando os canarinhos venceram precisamente os encarnados.

Esta época, o atacante ia jogar nos juniores do Estoril mas surgiu o convite e mudou-se para o Benfica.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:23

Agosto 31 2010

Hoje é o dia decisivo para as equipas que ainda pretendem fazer os últimos retoques nos respetivos planteis. A janela de transferências encerra e é possível que ainda aconteçam algumas movimentações no mercado, que dificilmente vão acontecer para os lados da Luz.

Os campeões nacionais deram o mercado por encerrado e, salvo alguma surpresa de última hora, Jorge Jesus terá de ir à luta com as armas que tem à disposição. Gorada a hipótese de contratar Hleb, os responsáveis encarnados entendem que não vale a pena ir contratar de forma desesperada, correndo o risco de o fazer com alguém que pouco acrescente ao atual plantel.

Nesta altura, grande parte dos jogadores do futebol europeu já têm as suas situações resolvidas e só um negócio relâmpago e muito favorável a nível financeiro poderia fazer com os responsáveis encarnados mudassem de ideias e avançassem para a aquisição de um novo jogador. Recorde-se ainda que as águias já gastaram uma verba considerável em contratações neste defeso e o atual plantel está municiado de várias soluções, que dão garantias para atacar as várias competições, principalmente o campeonato e a Liga dos Campeões.

Neste contexto, a SAD vai esperar pela reabertura do mercado, em dezembro, para fazer mais alguma aquisição. Nesse período será possível agir com mais calma e identificar os principais alvos a atacar.

Após o último encontro do campeonato, no sábado, diante do V. Setúbal, Jorge Jesus admitiu que o Benfica ainda iria contratar mais um jogador de características ofensivas. Assegurados os serviços de Salvio, o técnico queria contar com mais um atleta para o meio-campo que pudesse dar outras soluções à equipa. Hleb era o alvo definido e o treinador estava esperançado em contar com o bielorrusso, algo que não veio a confirmar-se.

Agora, o treinador terá de trabalhar com os atletas que tem à disposição a não ser que ainda apareça alguma novidade de última hora, o que não seria virgem no reino da águia. Lembre-se, por exemplo, a época passada, quando o brasileiro Felipe Menezes foi contratado no soar do gongo do fecho das inscrições.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:15

Agosto 31 2010

Um potencial enorme. Esta é a opinião dos antigos treinadores de Eduardo Salvio no Lanús, Ramón Cabrero e Luis Zubeldía. Os dois são unânimes em destacar a capacidade física do extremo cedido pelo At. Madrid.

“Trata-se de um jogador com um coração enorme. Mas tem é de estar fisicamente na melhor forma”, sublinha Zubeldía, atual treinador do emblema argentino, considerando que, como extremo, é um jogador que “faz lembrar Jairzinho”, pilar da seleção brasileira que venceu o Campeonato do Mundo de 1970, no México.

Apresentado em cima da partida com o Nacional, jogo a que assistiu da bancada, o último reforço dos encarnados para 2010/11 estreou-se diante do V. Setúbal. Mas a presença em campo foi fugaz [saiu para entrar Roberto] e não houve tempo para os adeptos tirarem uma conclusão quanto ao valor do futebolista.

Cabrero, que lançou o jovem futebolista na equipa principal do Lanús, vaticina, contudo, época risonha para o camisola 8 das águias. “Ele vai dar muitas alegrias aos adeptos”, não hesita em afirmar, sublinhando: “Trata-se de um jogador com grande potência. É muito forte no um contra um e está sempre à procura do golo.”

Com a chegada de Salvio, Jorge Jesus ganha opções para as alas. Embora possa alinhar nos dois flancos, é na direita que o extremo “se sente mais cómodo”, advoga Zubeldía, secundado por Cabrero.

Os encarnados reforçaram a aposta no mercado argentino, depois da saída de Di María, mas não há comparações possíveis entre os dois jovens craques. “Além de jogar na esquerda, o Di María jogava mais para o coletivo, assistindo os companheiros. Já o Salvio gosta de ser mais ambicioso, está sempre à procura da baliza. Marca muitos golos.”

Depois da estreia, o que Salvio precisa agora é de “fazer muitos jogos”.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:00

Agosto 31 2010

Nélson Oliveira, avançado de 19 anos formado no Benfica, está a ser disputado por Paços de Ferreira e Vitória de Setúbal.

Uma das promessas da nova geração de jovens futebolistas saídos do centro de estágio do Seixal, Nélson Oliveira é um jogador que os encarnados pretendem ceder a outro clube, no sentido de que ganhe experiência. Isto após ter sido emprestado ao Rio Ave, em janeiro passado.

A primeira experiência num clube do escalão principal do futebol português não foi totalmente negativa. Em meia época em Vila do Conde, registou 10 presenças (cinco vezes titular) na Liga, somando 444 minutos. Mas não confirmou os dotes de goleador, pois não obteve qualquer golo.

Nélson Oliveira continua a ser bastante requisitado. Orientado por Rui Vitória, ex-treinador dos juniores do Benfica, e que já conta com um jogador cedido pelas águias, o Paços de Ferreiras quer garantir a contratação do internacional jovem português. Mas enfrenta a concorrência dos sadinos. Hoje, vai ser conhecido o destino do jogador.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:57

Agosto 31 2010

Aquisição de Hleb era vista como uma mais-valia e não uma necessidade SAD e equipa técnica satisfeitas com equilíbrio e soluções do plantel. Não são esperadas surpresas hoje.
A não contratação de Alexander Hleb [ver pormenores mais à frente] não constituiu qualquer contratempo para o Benfica do ponto de vista da formação do seu plantel. O bielorrusso do Barcelona era visto, pelo seu reconhecido talento, como uma mais valia, como a cereja no topo do bolo, e não como um reforço fundamental para preencher qualquer tipo de lacuna no plantel.
Antes mesmo de ser colocada a possibilidade de aquisição do médio ofensivo já os responsáveis da SAD e a equipa técnica tinham dado por concluído o puzzle para atacar a temporada 2010/11, até porque o último a chegar, o argentino Salvio, pode actuar em qualquer das alas e Fábio Coentrão também pode constituir, sempre que necessário, opção ofensiva à esquerda.
Na Luz considera-se que o leque de jogadores à disposição de Jorge Jesus é equilibrado e dispõe das soluções necessárias para o clube atingir os objectivos traçados nas diversas frentes, o que não invalida que, até ao encerramento do mercado de transferências, esta tarde, a SAD se mantenha atenta a qualquer bom negócio de última hora.
Ainda assim, e até à hora de fecho desta edição, todas as indicações apontavam para o encerramento do plantel encarnado com o actual figurino, sem mais surpresas reservadas.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:52

Agosto 31 2010

publicado por Benfica 73 às 09:47
Tags:

Agosto 30 2010

Salvio não salvou ninguém. Mas deu o peito à bala pela salvação da equipa. Eu não ocupei o meu cativo, podia lá eu! Estava a sul, a mais de 300 quilómetros, ainda que o “Mancha Amarela” não estivesse à baliza. Nem Moreira no banco. E quem diria que Júlio César, quase pondo em causa o resultado aos 25’, seria o melhor amigo de Roberto e lhe traria uma espécie de redenção?

Aquele abraço pareceu tomar as vezes dos 36 mil que estavam na Luz, e dos outros 6 milhões e tal que andamos pelo Mundo. Transportar a fé, já desgraçada, dos benfiquistas numa vitória ao Vitória que não podia falhar. E Roberto, de cinzento e não de amarelo, defendeu o penálti que Júlio César e Maxi Pereira fizeram e ao primeiro valeu o vermelho. E defendeu mais duas ou três bolas, com os pés, pelo ar. Seria do equipamento? Não acredito. Tal como não acredito que Roberto tenha chegado à redenção e seja imune ao curto passado que transporta às nossas costas e que já é tão pesado. O ideal seria emprestar o guarda-redes, mas se Roberto ficar por cá com outra fibra e segurança, que volte, então, às gloriosas malhas. Como parece ter voltado Cardozo, que finalmente em tempo oficial fez o gosto ao golo e cabeceou para dentro da baliza do Setúbal. Jesus diz que o coletivo está a recuperar do cansaço dos regressados do Mundial. Mas quem fez o serviço no sábado foi Pablito Aimar, que serviu dois golos e marcou um. E Gaitán, que cruzou para Tacuara marcar. E Fabito, que parece capaz de fazer 20 Mundiais e voltar e defender, assumir o corredor e deliciar-nos com as suas “madeixas de bola”.

Para mim, ninguém passa de besta a bestial numa hora. Cá estaremos para assistir aos próximos capítulos da vida de Roberto. O futebol é paixão irracional. Enquanto o Benfica faz recuperação técnica e tática – a ver se nos soltamos para o 4x3x3, ó míster! –, aproveitando a pausa para os jogos da Seleção, tudo se vai concentrar agora na “saga Queiroz”. Ou na falta dele.

E parabéns ao Braga, que está merecedor.

Autor: MARTA REBELO
Fonte: Record
publicado por Benfica 73 às 21:35

Agosto 30 2010

CLIQUE NO LINK E OUÇA.

 

Roberto, o guarda-redes que se tem dedicado à criação de aves de capoeira

 

Fonte: MAGALHÂES-SAD-SLB

publicado por Benfica 73 às 21:25

Agosto 30 2010

Dado não entrar nas contas de Jesus, o jovem avançado Rodrigo, contratado ao Real Madrid, vai ser emprestado. Havia vários clubes na corrida, mas foi o Bolton, de Inglaterra, a garantir o seu empréstimo por uma época. O jogador sub-19 pela Espanha já está a caminho de Inglaterra, e vai ficar emprestado sem opção de compra.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:46

Agosto 30 2010

Alexander Hleb não vai ser reforço do Benfica. O jogador bielorruso do Barcelona será cedido ao Birmingham de Inglaterra.
Apesar da ida de Rui Costa a Barcelona para acertar o empréstimo ao Benfica, o clube catalão parece ter preferido o negócio para a Premier League.
Recorde-se que o mercado de transferência fecha esta terça-feira.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:43

Agosto 30 2010

O que parecia resolvido complicou-se. Hleb estava a um passo de se tornar jogador do Benfica mas nas últimas horas o negócio ficou muito difícil. À hora do fecho desta edição, os responsáveis da SAD encarnada estavam em conversações com os representantes do jogador, de forma a fazerem reverter a situação novamente para o lado das águias, mas o cenário afigurava-se complicado.

Isto porque apareceram outros clubes interessados nos serviços do internacional bielorrusso, de 29 anos, e que ofereceram melhores condições financeiras. Na imprensa surgiram os nomes do Sevilha e do Tottenham e é conhecido o mercado que o jogador tem na Alemanha, onde despontou ao serviço do Estugarda.

Nesta altura o grande trunfo das águias é a presença na Liga dos Campeões. O médio terá uma cláusula no contrato com o Barcelona que, no caso de saída, lhe permite escolher um clube que esteja inserido na maior prova de clubes da UEFA e as águias reúnem esse predicado. O jogador também já manifestou o interesse em vir para a Luz, mas todos estes argumentos podem ser insuficiente para a transferência chegar a bom porto.

As negociações por Hleb decorrem há vários dias e na tarde de ontem, o empresário do atleta, Olivier Mirtzfall, admitiu que a transferência para o Benfica poderia ficar concluída dentro de horas. “Ligue-me daqui a pouco porque tudo pode estar resolvido”, frisou.

No entanto, poucas horas depois o negócio deu uma volta de 180 graus e o agente afirmou taxativamente que o destino do jogador não passaria por Lisboa. “Ele não vem”, referiu. Contudo, as águias não desistem e continuam na luta por Hleb.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:51

Agosto 30 2010

Juanma López, empresário de Roberto, garante condições para o guardião continua no Benfica. Após saltar do banco para defender a penalidade cobrada por Hugo Leal (V. Setúbal), anteontem, recolheu unanimidade na admiração e aplausos dos adeptos encarnados e da crítica, após mais de mês e meio de hesitações.
Com um jogo de suspensão, pelo menos, que o guardião brasileiro Júlio César terá de cumprir pela expulsão (cartão vermelho directo) diante do V. Setúbal - se não forem dois jogos... e apanhar o derby, com o Sporting, na Luz (quinta jornada), um risco real nesta altura -, é garantido que Roberto Jiménez estará, na próxima jornada, em Guimarães, sendo sem surpresa, depois da redenção de sábado à noite na Luz, que Jesus lhe confiará a titularidade, com Moreira ainda para uma emergência... Roberto, aliás, terá agora duas semanas para se tranquilizar.
«Roberto está orgulhoso, muito feliz e agradecido aos adeptos do Benfica. Passou de vilão a herói, é assim, é futebol! Está mais tranquilo e confiante. O azar não o podia perseguir sempre, o que estava a suceder não era normal. Com o apoio de todos os adeptos, tudo ficou mais fácil. Fez grande época em Saragoça, vários clubes me contactaram entretanto para tentar saber da possibilidade de um empréstimo, mas ele quer triunfar no Benfica. Roberto tinha muitas noivas. Agora, num momento difícil, deu a cara», disse a A BOLA Juanma López, seu empresário.

A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:49

Agosto 30 2010

Com poucas hipóteses de alinhar regularmente no Benfica, Rodrigo está a estudar outras propostas que tem em carteira, e que lhe permitam continuar a jogar.

Segundo foi possível apurar nas últimas horas, o jogador de 19 anos foi sondado pelo Bolton, uma equipa que já o seguia e tentou a sua contratação. O internacional Sub-19 espanhol tem a garantia que será utilizado regularmente na Premier League, um cenário que, como é natural, lhe agrada.

Sem ainda ter sido inscrito pelos campeões nacionais, Rodrigo gostava de prosseguir a carreira em Espanha ou Inglaterra, dois campeonatos competitivos onde poderá mostrar todas as qualidades que levaram a direção encarnada a investir seis milhões de euros no seu passe.

Uma possibilidade que ainda não está descartada é eventualidade de continuar em Portugal, numa formação da 1.ª Liga, o que permitiria uma observação mais cuidada por parte de Jorge Jesus. No entanto, este cenário já não se adivinha tão convidativo para o atleta.

O Benfica tem até amanhã para decidir o futuro do ex-merengue.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:45

Agosto 30 2010

Como um bom relógio suíço, que segue sem falhas o curso do tempo, Oscar Cardozo marcou o seu primeiro golo no campeonato – e em provas oficiais – diante do V. Setúbal. A 3.ª jornada parece ser fetiche para o internacional paraguaio, se atentarmos aos anos anteriores.

Contratado ao Newell’s Old Boys em 2007, Tacuara iniciou a saga goleadora de águia ao peito no reduto do Nacional, a 2 de setembro, em encontro a contar para a 3.ª ronda. Os encarnados venceram por 3-0 e Cardozo bisou.

Na temporada seguinte, o camisola 7 das águias começou a abrir o livro à 2.ª jornada, confirmando a regra de que a 1.ª serve apenas de aquecimento. Em 2009/10, a da consagração como bota-de-ouro, título que juntou ao de campeão nacional, e nesta o V. Setúbal foi a primeira vítima do internacional paraguaio. Em ambos os casos, os sadinos visitaram a Luz à 3.ª jornada.

Numa outra comparação, Cardozo, de 27 anos, é um carro desportivo que se destaca não tanto pelo arranque, mas pela velocidade de ponta. Quando ganha rapidez, dificilmente o agarram. Traduzindo: ele costuma faturar mais na segunda volta do campeonato. Desde que chegou à Luz, foi sempre o melhor marcador da equipa.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:41

Agosto 30 2010

O preparador físico João Aroso considera que os lamentos de Jorge Jesus têm fundamento – o técnico do Benfica sustentou que a chegada tardia dos mundialistas e de alguns reforços custou caro ao Benfica, derrotado na Supertaça e nas duas primeiras jornada do campeonato.

“Há jogadores que estão a fazer a pré-época com o campeonato a decorrer”, vincou o responsável pelo conjunto encarnado, na véspera da receção ao V. Setúbal, onde os campeões conquistaram a primeira vitória da temporada.

Para o antigo adjunto de Fernando Santos e Paulo Bento no Sporting, esta contrariedade não se esgota no plano físico. “Este ano chegaram alguns reforços ao Benfica. E se faltam alguns elementos que habitualmente são titulares, isso torna mais difícil a organização de jogo da equipa”, observa Aroso, de 37 anos. Ainda assim, lembra que o FC Porto também passou por problemas parecidos, nomeadamente com os uruguaios Fucile e Alvaro Pereira.

Para este técnico, a competição “é uma boa forma” de acelerar a preparação de quem chega mais tarde, encurtando as diferenças de andamento. Aroso alerta, aliás, para os riscos da sobrecarga de esforço para quem se junta mais tarde aos trabalhos.

“Nestes casos, há quem defenda o trabalho suplementar. Não quer dizer que é o melhor”, refere o preparador físico. “A recuperação daqueles que têm um ritmo inferior deve ser feita com cuidado. Se não se respeita a progressividade, isso pode causar problemas a nível muscular”, conclui.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:35
Tags:

Agosto 30 2010

No defeso, quando se estudava a contratação de um guarda-redes, os responsáveis do Benfica definiram um critério base: alguém que fosse capaz de garantir pontos durante toda a temporada. O escolhido foi Roberto, e depois de um começo algo titubeante o espanhol já começou a justificar a contratação e a calar algumas vozes críticas, que ameaçavam subir de tom.

No jogo com o V. Setúbal, o camisola 12 foi do inferno ao céu em apenas 25 minutos. Começou no banco de suplentes, mas as contingências do jogo obrigaram-no a entrar em campo, em substituição do brasileiro Júlio César. O espanhol correu para a baliza, ouviu os incentivos dos companheiros e parou o penálti de Hugo Leal, evitando o golo do empate e dando outra tranquilidade à equipa, que despachou os sadinos com três golos sem resposta.

O guardião, de 24 anos, acabou por sair em ombros da Luz, apelidado de herói, e festejou com a família benfiquista, agradecendo a todos o apoio dado durante o jogo. Roberto foi mesmo um dos últimos jogadores a deixar o relvado, retribuindo o carinho que recebeu após entrar em campo e sendo saudado por todos os companheiros de equipa.

E ontem, após o sucesso, o espanhol dedicou-se à outra família e optou por passar o dia com as pessoas mais próximas: a namorada Marta e a sua pequena filha. Jesus deu folga ao plantel, até porque no próximo fim-de-semana há compromissos das seleções, e Record apurou que Roberto optou por festejar o êxito com os que lhe são mais íntimos, na paz do lar, em Lisboa. O internacional pelas camadas jovens espanholas ainda é jovem mas muito chegado à família, que o acompanhou desde o primeiro minuto nesta primeira aventura fora de Espanha.

O encontro do último sábado serviu como ponto de viragem para a carreira de Roberto na Luz. O nosso jornal apurou que o guarda-redes está decidido a mostrar o seu real valor e quer assumir-se, em definitivo, como indiscutível da baliza encarnada no resto da temporada. Os maus momentos e a falta de sorte já ficaram para trás e a defesa da grande penalidade funcionou como alavanca para iniciar uma nova era no Estádio da Luz.

Aliás, esta ideia é partilhada também por todos os companheiros de equipa, que sempre estiveram ao lado do guardião. No final do jogo com os setubalenses, Javi García confessou a sua felicidade pela exibição do compatriota e assumiu que o encontro iria dar “uma volta de 180 graus” na carreira de Roberto de águia ao peito.

A Liga volta dentro de duas semanas, com o Benfica a visitar o V. Guimarães, e uma coisa é certa: se não acontecer nenhum problema físico, o titular da baliza voltará a ser o novo herói da Luz: Roberto Gago Jiménez.

publicado por Benfica 73 às 09:26

Agosto 30 2010

O Deportivo Corunha tentou contratar o internacional português Ariza Makukula, mas as condições exigidas pelos encarnados e o ordenado do futebolista abortaram o negócio. O clube galego ficou a saber que a SAD pretende 3 milhões de euros pela cedência definitiva do avançado, de 29 anos. Por outro lado, o ordenado de Makukula é considerado elevado, e daí que o Depor tenha recuado. O luso-congolês tem vários pretendentes, mas nenhum está disposto a satisfazer as exigências financeiras. O tempo é curto para Maku.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:19

Agosto 30 2010

Logo após a derrota com o FC Porto, em Aveiro, Jorge Jesus não hesitou em apontar um dos problemas que estiveram na base do desaire encarnado: o Mundial. Pela primeira vez na sua carreira, o técnico de 56 anos teve de lidar com a situação de começar a temporada no dia 2 de julho sem seis internacionais. A este elevado número de ausências há ainda a acrescentar as chegadas tardias de Salvio, cuja contratação só foi assegurada há duas semanas, e a participação de Roderick no Europeu de Sub-19.

As palavras do treinador no dia 7 de agosto perderam alguma força por terem sido proferidas após um desfecho negativo. Contudo, se levarmos em conta o plano de trabalho das águias e o compararmos com a temporada transata, podemos encontrar algumas diferenças significativas que ajudem a explicar o mau arranque dos campeões nacionais.

Em relação ao número de sessões de trabalho é possível verificar uma ligeira diminuição, que pode ser facilmente explicada pelo facto de a nova época ter começado mais cedo devido à disputa na Supertaça. O que de facto preocupa JJ é o trabalho desenvolvido pelos internacionais e, neste aspeto, Luisão pode ser o ponto de referência. O central, que em 2009 disputou a Taça da Confederações, participou em 23 sessões de treino durante a pré-época... Este ano só marcou presença em 12, praticamente metade. Este problema também atingiu Ramires, entretanto transferido para o Chelsea, e foi mais relevante em Maxi Pereira, que nem defrontou os dragões, pois tinha menos de uma semana de trabalho nas pernas a 7 de agosto. Coentrão e Amorim, com mais treinos, têm conseguido disfarçar as dificuldades físicas que sentem.

Além das dificuldades em trabalhar o aspeto tático, o técnico também não pode descurar as lesões que costumam surgir quando o trabalho no estágio não é o mais satisfatório. Luisão acabou por ser a primeira vítima, ao sofrer uma lesão muscular no duelo com a formação nortenha. Na Luz, nunca uma paragem no campeonato foi tão bem recebida.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:16

Agosto 30 2010

Rui Costa deslocou-se a Barcelona para concretizar empréstimo de Hleb ao Benfica. O negócio está bem encaminhado e "preso" apenas pela percentagem salarial a repartir entre clubes.
A SAD do Benfica espera oficializar durante o dia de hoje a sétima, e provavelmente a última, contratação da época. Alexander Hleb, 29 anos, natural de Minsk, na Bielorrússia, será a prenda deste final de defeso para Jorge Jesus trabalhar com vista à reconquista do campeonato e a uma boa campanha no regresso à Liga dos Campeões.
Rui Costa, director desportivo e administrador da SAD, empenhou-se activamente no desfecho deste processo, tendo-se deslocado este domingo a Barcelona para se encontrar com o jogador e o seu representante, bem como com os responsáveis do Barcelona.
Vinculado aos quadros do Barça mas sem espaço nas contas do treinador Pep Guardiola, Hleb deverá chegar cedido por uma temporada. Ontem, à hora de fecho desta edição, ainda decorriam contactos entre as duas instituições, uma vez que com o jogador o entendimento estava praticamente encerrado.
O seu empresário, o alemão Oliver Mintzlaff, permanecia em Barcelona aguardando o desfecho do processo, pendente da definição de verbas a repartir entre Benfica e Barcelona para o pagamento salarial do atleta, que ronda os 2,4 milhões de euros/mês.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:48

Agosto 30 2010

publicado por Benfica 73 às 08:38
Tags:

Agosto 29 2010

”Sei bem por que despedem treinadores: porque perdem. Só não percebo porque os contratam. É um mistério tão grande como o da Coca-Cola”. Juan Manuel Lillo, treinador do Almería, é um colecionador de pérolas deste género e uma das figuras mais fascinantes do futebol espanhol. Vive num estilo desalinhado, nunca passou por clubes de topo, mas há quem garanta que é apenas uma questão de tempo. O mistério que Lillo compara à Coca-Cola é uma realidade que não distingue competência. Ainda há pouco mais de um ano o Benfica despediu aquele que é hoje um dos treinadores da moda – Quique Sánchez Flores.

Nunca se percebeu muito bem durante a sua passagem por Portugal se Quique era ou não o tal “mestre” que tinha deixado tão boa impressão no Valencia. Anunciava-se a chegada de um metodólogo de fina qualidade, que viria implementar na Luz processos de treino vanguardistas e enquadrar as águias, a este nível, na primeira divisão europeia. Era essa a grande promessa e, ainda por cima, vivia-se o tempo do revolucionário LORD – Laboratório de Otimização do Rendimento Desportivo, à medida de estudiosos e apreciadores de uma linha mais científica. O desenho parecia compor-se na perfeição para aquele treinador simpático e afável, que adorava falar de futebol na altura em que ainda existiam conferências de imprensa no Seixal.

O Benfica de Quique prometeu muito, mas na verdade nunca chegou a ser brilhante. Pelo contrário, era mais enfadonho do que entusiasmante. Ainda foram semeadas ideias interessantes e os adeptos mais atentos lembram com facilidade a semana em que os encarnados derrotaram, no espaço de cinco dias, Nápoles e Sporting, ambos pelo mesmo resultado (2-0). À distância dá para recordar que o modelo de jogo pretendido pelo espanhol estava acima de tudo. Primeiro o molde, depois o resto. Miguel Vítor fazia dupla com Sidnei; Jorge Ribeiro era o titular no lado esquerdo da defesa, Yebda mandava no centro e Nuno Gomes marcava golos. Parece que foi há uma eternidade, mas não: foi no final de 2008.

Faltou paciência na Luz para um treinador que talvez merecesse mais tempo e outras oportunidades, mesmo considerando que cometeu erros de avaliação e se precipitou nalgumas decisões que resultaram em verdadeiros desastres (Balboa é um exemplo). Pior do que tudo: demorou uma eternidade a entender que o futebol português é como é e não como nós gostaríamos que fosse. É possível criticar Quique por ter deixado Cardozo no banco ou posto Aimar a jogar longe da sua posição natural. É possível criticar a ausência de um plano B para o futebol dos encarnados, razão porque o Benfica jogava da mesma forma contra todos os adversários, fossem eles o poderoso FC Porto ou o modesto Trofense. É possível pegarmos por onde quisermos.

O problema para a coleção de inimigos que deixou em Portugal é que Quique Flores está hoje entre aqueles cujo valor não se discute, depois de ter pegado nos cacos do Atlético Madrid para fazer o que parecia impossível: vitória na Liga Europa, finalista da Taça do Rei e vencedor da Supertaça Europeia, com uma lição tática ao Inter que durou do primeiro ao último minuto. O futebol tem destas coisas, felizmente.

Autor: Nuno Farinha

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 22:33

Agosto 29 2010

O plantel encarnado só vai regressar às atividades na terça-feira, dia em que o técnico Jorge Jesus irá orientar dois treinos: o matinal, às 10 horas, será fechado; já o vespertino, às 18 horas, poderá ser visto por adeptos e comunicação social, prevendo-se, deste modo, mais uma pequena romaria ao Seixal, especialmente depois da primeira vitória no campeonato - 3-0 na receção ao V. Setúbal, no sábado à noite.

O próximo jogo do Benfica na Liga Zon Sagres é contra o V. Guimarães, no dia 12 de setembro, no Estádio D. Afonso Henriques, em encontro da 4.ª jornada da prova.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 22:30

Agosto 29 2010

From: Domingos Amaral

To: Jorge Jesus

Caro Jorge Jesus

As grandes equipas que nos últimos anos têm dominado o futebol europeu, como o Manchester, o Barcelona, o Milão ou o Chelsea, não têm dúvidas sobre o sistema tático em que jogam. O Manchester joga há vinte anos em 4x4x2, e mesmo quando perdeu Ronaldo (na altura o melhor do Mundo) não alterou o sistema. Apenas mudou o jogador, como se ele fosse uma peça de um puzzle. Com o Barça passou-se o mesmo: saiu Ronaldinho, entrou Henry, saiu Eto’o, entrou Ibrahimovic, mas continuou o 4x3x3.

Sendo assim, não compreendo como, depois de um ano tão bem-sucedido, em que o Benfica foi enorme, jogando num 4x4x2 que lhe está na genética, tu tiveste dúvidas. Em equipa que ganha não se mexe, é o que se diz sempre, e por isso estranhei ver-te a experimentar Jara e Saviola nas linhas, onde rendem bem menos, e Aimar e Martins a interiores, onde menos rendem. O Benfica não deve ter dúvidas e deve jogar, sempre, em 4x4x2. Ontem foi o que se viu: Salvio e Gaitán nas alas, dois avançados móveis, um número 10 a sério, e o regresso da dinâmica imparável da época passada. Simples, não é? Portanto, espero que as tuas dúvidas tenham terminado ontem. O Benfica nem sempre vai ganhar, há jogadores melhores e outros piores, e Roberto continuará a ser um problema, apesar do penálti defendido. Mas o importante é não hesitar na questão de fundo. Ontem, e para sempre, 4x4x2, e ainda vamos ter muitas alegrias este ano. Acredita em mim, que eu também acredito em ti.

publicado por Benfica 73 às 18:16

BENFICA 73
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





subscrever feeds
comentários recentes
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...
Fosse eu a tratar deste assunto e se este está a d...
Semeaste muitos ventos ó nalguinhas! Agora, aguent...

contador visitante